The Final Problem (Sherlock)


"The Final Problem" é o terceiro episódio da quarta temporada da série britânica Sherlock e o décimo terceiro da série. O episódio foi originalmente transmitido nos canais BBC One, PBS, Channel One[1][2] e 1+1[3] em 15 de janeiro de 2017.

"The Final Problem"
"O Problema Final" (BR)
3.º episódio da 4.ª temporada de Sherlock
Informação geral
Direção Benjamin Caron
Escritor(es) Steven Moffat
Mark Gatiss
Produção Sue Vertue
Direção de
fotografia
David Luther
Edição Yan Miles
Música David Arnold
Michael Price
Duração 89 minutos
Transmissão original 15 de janeiro de 2017 (2017-01-15)
Convidados
Cronologia
"The Lying Detective"
Lista de episódios de Sherlock

EnredoEditar

Uma garota acorda dentro de um avião e encontra todos os passageiros dormindo. Ela pega um celular e escuta Jim Moriarty falar "Bem-vinda, ao Problema Final".

Sherlock e John desativam a segurança da casa de Mycroft Holmes para fazê-lo revelar que Eurus, irmã de Sherlock e Mycroft, existe. Mycroft revela mais tarde que seus pais mandaram Eurus para uma instituição mental depois que incendiou sua casa. Quando adulto, Mycroft a mandou para uma prisão de instalação de segurança máxima em Sherrinford. Ela foi descrita como um dos maiores gênios do século, com habilidades muito maiores do que as de Sherlock e Mycroft, mas sem empatia, demonstrada por seu roubo e aparente afogamento do cão de estimação de Sherlock. Enquanto discutiam sobre Eurus, um quadrotor pousa no apartamento de Sherlock com um explosivo. John, Sherlock e Mycroft são obrigados a fugir rapidamente quando a bomba detona.

Mais tarde, John e Sherlock sequestram um barco para viajar para Sherrinford e realizar um plano de distração para que Sherlock possa chegar à cela de Eurus. Mycroft e John dominam o governador da prisão, mas descobrem que Eurus tomou o controle da prisão por influenciar alguém com quem ela fala. Enquanto isso, Sherlock fala com Eurus, mas ela o ataca e o deixa inconsciente. Os guardas deixam Sherlock, John, Mycroft e o governador juntos em uma cela. Mycroft revela que há cinco anos, ele concedeu a Eurus cinco minutos sem supervisão com Moriarty como um presente de Natal. Nos dias atuais, Eurus leva os cativos em uma série de provações psicológicas, forçando Sherlock em jogar "joguinhos" para salvar vidas, enquanto vídeos de Moriarty o atrapalha. Embora Eurus força Sherlock em diante com a perspectiva de salvar a menina no avião, ele eventualmente para os jogos, ameaçando se matar quando ela ordena para que ele atire em John ou Mycroft. Irritada, Eurus atira dardos tranquilizantes nos três. Sherlock acorda perto da antiga casa da família dele. Ele fala com a menina no avião para tentar pousá-la com segurança. John acorda no fundo de um poço. Quando ele encontra ossos humanos lá, Sherlock percebe que o que ele pensava que era o seu cão Barba Ruiva era, de fato, seu melhor amigo, Victor Trevor. Eurus o jogou no poço para que ele morresse pois ela sentiu que não tinha a atenção de Sherlock quando criança. Sherlock então decifra o significado real da música que Eurus tocou, quis dizer que ele tem que encontrá-la pois está perdida. Sherlock descobre que a garota no avião é na verdade Eurus em uma metáfora mental e que o jogo foi um grito de socorro. Com o quebra-cabeça de Eurus resolvido, Sherlock é capaz de enviá-la de volta para Sherrinford após resgatar John.

Mycroft revela que contou para seus pais que Eurus havia morrido, e atualmente, que Eurus se recusa a falar com as pessoas, mas Sherlock a visita e tocam violino juntos, dando performances para seus pais e Mycroft. Enquanto reparam o apartamento destruído, john recebe um video de Mary onde é encorajado a continuar trabalhando com Sherlock.

Referências no episódioEditar

O título do episódio é referente ao "The Final Problem" (1893).[4] O episódio foi parcialmente baseado no "The Adventure of the Musgrave Ritual" (1893), com que faz referência diretamente.[4] A menção de Watson ao vento leste e o nome de Eurus Holmes são uma referência para "His Last Bow" (1917), onde Holmes diz, "Existe um vento leste por vir, John". Os três irmãos Garrideb vistos em uma sequência de quebra-cabeça são uma adaptação do "The Adventure of the Three Garridebs" (1924).[4] O personagem Victor Trevor é referente ao "The Adventure of the Gloria Scott" (1893), onde ele aparece como um amigo de Holmes na universidade.[4] O irmão de Jim Moriarty é mencionado como um dono de emissora, uma referência para The Valley of Fear (1915), onde o irmão de James Moriarty é um notável chefe de estação. A mensagem no caixão é uma referência de "The Disappearance of Lady Frances Carfax" (1911).

ProduçãoEditar

A aparência para Sherrinford, a prisão de alta segurança, foi filmada em St Catherine's Fort, St Catherine's Island dentro do Castle Beach em Tenby, Pembrokeshire, País de Gales.[5]

O músico Paul Weller fez uma aparição, em um papel sem fala como um homem deitado no chão com uma fantasia de Viking, visto perto do final do episódio.[6]

Vazamento e investigaçãoEditar

Um dia antes do lançamento do episódio, foi lançado on-line pelo canal russo Channel One.[7] A página oficial de Sherlock no Twitter reconheceu o erro e pediu para que as pessoas não compartilhassem e pudessem manter a internet livre de spoilers.[8]

A BBC, junto com a BBC Worldwide estão envolvidos em uma investigação de grande escala para saber como o episódio foi lançado precocemente na versão russa em 14 de janeiro de 2017.[9][10] O canal russo Channel One está conduzindo sua própria investigação separada.[11]

Transmissão e recepçãoEditar

"The Final Problem" recebeu críticas mistas dos críticos. Entre as críticas mais positivas foi de Sean O'Grady do The Independent que deu o episódio quatro de cinco estrelas, afirmando que "Benedict Cumberbatch e Tim (Martin) Freeman estavam realizando uma obra habitual em dobro", embora ele tenha sugerido para que "Sherlock tenha (tivesse) um pouco mais de releitura".[12] Nesse meio-tempo, Michael Hogan do The Daily Telegraph deu ao episódio cinco de cinco estrelas, elogiando que "o roteiro foi deslumbrante cheio de risos, agitação e emoção... fomos deixados com um sábio Holmes e Watson." Ele também comentou sobre a possibilidade da quarta temporada ser a última série de Sherlock, afirmando que "se este foi o episódio último, que certamente não foi, funcionou bem aberto para próximas temporadas." [13] Louisa Mellor do Den of Geek escreveu "isto foi divertido de assistir. Divertido e ultra tenso com um sentido de impulso fantástico e genial. Foi digno de aplausos, prendeu sua respiração novamente, segurou a respiração um pouco mais até pensar que você pode sentir tontura de tanto prender a respiração".[14] Neela Debnath do Daily Express também elogiou, escrevendo "Eu não posso culpar o passeio de emoção que The Final Problem levou aos espectadores do início até o fim. Sherlock têm-se recuperado desde os episódios anteriores."[15] Dois comentários separados no The Guardian foram positivos, com um deles descrevendo como "muito melhor do que parecia ser".[16]

No entanto, alguns comentários foram mais duros. Kaite Welsh do IndieWire classificou o episódio com um B-, escrevendo "Steven Moffatt e Mark Gatiss embrulharam seu episódio 13 em uma nota elegíaca, meditando sobre a lenda de quem eram Sherlock e Watson. É só uma pena que o resto do episódio foi uma bagunça, realmente".[17] Ian Hyland do The Daily Mirror afirmou que ele preferia "quando Holmes e Watson estavam resolvendo mistérios bastante críveis (plausíveis). Ele disse que poderia receber mais uma ou duas temporadas de braços abertos." Ele comparou a série a série da BBC Taboo, sugerindo que seria uma série de televisão melhor para aqueles que amam o Sherlock.[18] Aja Romano do Vox também criticou o episódio, elogiando o drama habitual de Sherlock, mas sendo crítico no fato de que o episódio "recolheu-se em uma bagunça confusa de melodrama e desordenada... há ainda menos lógica."[19] Christopher Stevens ao Daily Mail acabou premiando o episódio zero estrelas (após a sua revisão de uma estrela de The Six Thatchers),[20] altamente crítico do que ele vê como uma escrita pobre, descrevendo os "problemas" dos episódios como "inexperientes, artificiais, graduados" e ele estaria sendo sincero ao dar suas críticas.[21]

Os problemas de representação dentro do episódio foram levantados por alguns comentaristas. Gavia Baker-Whitelaw do The Daily Dot apelidou o episódio de "o mais sexista" da série. Ela observou que Eurus, é um estereótipo vilã, "fora da casinha para o estilo de louca que fica presa em um manicômio em um melodrama do século XIX" e comete crimes somente motivado "por um desejo por atenção masculina."[22]

ReferênciasEditar

  1. Moskvitin, Egor (1 de janeiro de 2017). «"Шерлок": что мы знаем о четвертом сезоне» [Sherlock: what do we know about the fourth series]. Meduza (em Russian). Consultado em 9 de janeiro de 2017 
  2. Soshin, Dmitry (1 de janeiro de 2017). «Первый канал начинает показ нового сезона британского сериала "Шерлок"» [The fourth series of Sherlock on Channel One]. Channel One (em Russian). Consultado em 9 de janeiro de 2017 
  3. «Шерлок – 4 сезон – 3 серія – онлайн» [Sherlock - Season 4 - Series 3 - Online]. 1+1. Consultado em 15 de janeiro de 2017 
  4. a b c d Louisa Mellor (17 de janeiro de 2017). «Sherlock: 38 Things You Might Have Missed in The Final Problem». Dennis Publishing 
  5. Williams, Kathryn (15 de janeiro de 2017). «Revealed: Sherlock's Sherrinford is Tenby landmark St Catherine's». Wales Online. Consultado em 16 de janeiro de 2017 
  6. O'Connor, Roisin (16 de janeiro de 2017). «Sherlock season four: Paul Weller makes cameo appearance in The Final Problem with friend Martin Freeman». The Independent. Consultado em 23 de janeiro de 2017 
  7. Yelistratov, Vadim (14 de janeiro de 2017). «В сеть досрочно утекла финальная серия "Шерлока" в переводе Первого канала» [Final episode of "Sherlock" with translation by Channel One prematurely leaked]. DTF (em russo). Consultado em 16 de janeiro de 2017 
  8. «Sherlock series finale leaked online». BBC News. 15 de janeiro de 2017. Consultado em 15 de janeiro de 2017 
  9. «Sherlock finale ratings hit all-time low». BBC News. 16 de janeiro de 2017. Consultado em 16 de janeiro de 2017 
  10. Yelistratov, Vadim (16 de janeiro de 2017). «Финал "Шерлока" показал на родине самые низкие рейтинги со времён первого сезона» [Final "Sherlock" has shown in his homeland lowest ratings since the first season]. DTF (em russo). Consultado em 16 de janeiro de 2017 
  11. «Первый канал расследует слив серии "Шерлока"» (em russo). The Village. Consultado em 16 de janeiro de 2017 
  12. Sean O'Grady (24 de novembro de 2016). «Sherlock season 4 episode 3 review: 'The Final Problem' maybe needs reimagining». The Independent. Consultado em 16 de janeiro de 2017 
  13. Michael Hogan. «Sherlock episode 3: The Final Problem, review: 'an exhilarating thrill-ride'». Telegraph.co.uk. Consultado em 16 de janeiro de 2017 
  14. http://www.denofgeek.com/uk/tv/sherlock/46513/sherlock-series-4-episode-3-review-the-final-problem
  15. http://www.express.co.uk/showbiz/tv-radio/754593/Sherlock-The-Final-Problem-review-Moriarty-Andrew-Scott-Benedict-Cumberbatch
  16. Ferguson, Euan (22 de janeiro de 2017). «The week in TV: Horizon: Clean Eating – The Dirty Truth; Sherlock; Endeavour; A Series of Unfortunate Events; Antiques Roadshow». The Guardian. Consultado em 30 de janeiro de 2017 
  17. Kaite Welsh. «Sherlock Review: 'The Final Problem' Is A Problematic Season Finale». IndieWire. Consultado em 16 de janeiro de 2017 
  18. , 16 January 2017Updated10:33, 16 January 2017. «I preferred it when Sherlock and Watson were just solving fairly believable mysteries - Ian Hyland - Mirror Online». Mirror.co.uk. Consultado em 16 de janeiro de 2017 
  19. Johnson, Nathanael. «Sherlock season 4, episode 3: "The Final Problem" might be the series finale. If it is, it's a huge disappointment.». Vox. Consultado em 16 de janeiro de 2017 
  20. Driver, Ben. «CHRISTOPHER STEVENS: Sherlock's now so clever-clever, it's stupid». The Daily Mail. Consultado em 16 de janeiro de 2017 
  21. Stevens, Christopher (19 de outubro de 2016). «Do BBC bigwigs give a fig about Sherlock viewers? | Daily Mail Online». Dailymail.co.uk. Consultado em 16 de janeiro de 2017 
  22. Gavia Baker-Whitelaw. «'The Final Problem' is season 4's most entertaining 'Sherlock' episode—and its most sexist». The Daily Dot. Consultado em 19 de janeiro de 2017 

Ligações externasEditar