The Hurt Locker

The Hurt Locker (bra: Guerra ao Terror[3][4]; prt: Estado de Guerra[2]) é um filme americano, do gênero drama de guerra, lançado em 2008, dirigido por Kathryn Bigelow e escrito pelo ex-correspondente na Guerra do Iraque Mark Boal.[4]

The Hurt Locker
Cartaz promocional
No Brasil Guerra ao Terror
Em Portugal Estado de Guerra
 Estados Unidos
2008 •  cor •  131 min 
Direção Kathryn Bigelow
Produção Kathryn Bigelow
Mark Boal
Nicolas Chartier
Greg Shapiro
Produção executiva Tony Mark
Roteiro Mark Boal
Elenco Jeremy Renner
Anthony Mackie
Brian Geraghty
Christian Camargo
Género drama de guerra
Música Marco Beltrami
Buck Sanders
Figurino George Little
Edição Bob Murawski
Chris Innis
Companhia(s) produtora(s) Voltage Pictures
Grosvenor Park Media
Film Capital Europe Funds
First Light Production
Kingsgate Films
Summit Entertainment
Lançamento
  • 4 de setembro de 2008 (2008-09-04) (Veneza)
  • 26 de junho de 2009 (2009-06-26) (Estados Unidos)[1]
  • 17 de setembro de 2009 (2009-09-17) (Portugal)[2]
  • 5 de fevereiro de 2010 (2010-02-05) (Brasil)[3][4]
Idioma inglês
Orçamento US$ 15 milhões[5]
Receita US$ 49 259 766[5]

No lançamento, foi recebido com elogios por suas performances (particularmente de Renner), direção de Bigelow, roteiro de Boal, efeitos sonoros e cinematografia.

Em 2010, o filme foi o grande vencedor da 82ª entrega de prêmios dados pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas. Além do Oscar de Melhor Filme, a produção venceu em outras cinco categorias: Melhor Diretor, Melhor Roteiro Original, Melhor Edição, Melhor Mixagem de Som e Melhor Edição de Som.[6]

SinopseEditar

Para um grupo de soldados americanos no Iraque, alguns dias os separam do retorno para casa. Um período relativamente curto, se não fosse por tantas ocorrências que transformassem esse fim de jornada em um verdadeiro terror. As forças armadas precisam de especialistas não só nos campos de combate mas também no dia a dia, na proteção do grupo contra insurgentes que promovem atentados com engenhos explosivos improvisados (IEDs, na sigla em inglês), matando tanto civis como combatentes.

TítulosEditar

Os títulos do filme no Brasil e em Portugal passaram longe do significado da expressão inglesa hurt locker, que é uma situação ou período de grande sofrimento físico e emocional — locker é um armário com fechadura ou cadeado (um espaço reduzido onde alguém pode ficar preso ou ser trancado), e hurt (como adjetivo) é algo que causa dor ou sofrimento.[7] Em português, uma expressão mais ou menos equivalente seria poço de sofrimento.

ElencoEditar

  • Jeremy Renner como Sargento William James, líder do esquadrão Anti-Bombas no Iraque.
  • Anthony Mackie como Sargento JT Sanborn, um dos membros do Esquadrão Anti-Bombas.
  • Brian Geraghty como Especialista Owen Eldridge, o membro mais jovem do Esquadrão Anti-Bombas.
  • Christian Camargo como Tenente-Coronel John Cambridge, o psiquiatra da base americana (Campo Vitória).
  • Guy Pearce como Sargento Matt Thompson, primeiro líder do Esquadrão Anti-Bombas
  • Ralph Fiennes como Líder de mercenários aliados que encontra o Esquadrão Anti-Bombas num tiroteio.
  • David Morse como Coronel Reed, comandante dos soldados americanos que fazem a segurança das instalações das Nações Unidas em Bagdá.
  • Evangeline Lilly como Connie James, esposa do sargento James.
  • Christopher Sayegh como Beckham, garoto iraquiano

ProduçãoEditar

Filmado em locação na Jordânia e Vancouver, foram utilizadas câmeras de 16 mm. O filme foi exibido pela primeira vez no 65º Festival de Veneza em 4 de setembro de 2008.[8] No Brasil, o filme foi lançado diretamente em DVD em abril de 2009, porém com as nomeações aos Prêmios Globo de Ouro 2010, a distribuidora no país, Imagem Filmes, decidiu 'relançar' o filme nos cinemas em 5 de fevereiro de 2010.[4]

Prêmios e indicaçõesEditar

OscarEditar

 
Kathryn Bigelow
Ano Categoria Resultado
2010 Melhor Filme Venceu
2010 Melhor Diretor (Para Kathryn Bigelow) Venceu
2010 Melhor Ator (Para Jeremy Renner) Indicado
2010 Melhor Fotografia Indicado
2010 Melhor Edição (Montagem) Venceu
2010 Melhor Trilha Sonora Indicado
2010 Melhor Roteiro Original Venceu
2010 Melhor Som Venceu
2010 Melhor Edição de Som Venceu

  Globo de OuroEditar

Ano Categoria Resultado
2010 Melhor Filme (Drama) Indicado
2010 Melhor Diretor (Para Kathryn Bigelow) Indicado
2010 Melhor Roteiro Indicado

Sag AwardsEditar

Ano Categoria Resultado
2010 Melhor Ator (Para Jeremy Renner) Indicado
2010 Melhores Elenco Indicado

BAFTAEditar

Ano Categoria Resultado
2010 Melhor Filme Venceu
2010 Melhor Diretor (Para Kathryn Bigelow) Venceu
2010 Melhor Ator (Para Jeremy Renner) Indicado
2010 Melhor Fotografia Venceu
2010 Melhor Edição Venceu
2010 Melhor Roteiro Original Venceu
2010 Melhor Som Venceu
2010 Melhores Efeitos Visuais Indicado

Referências

  1. «The Hurt Locker». American Film Institute (em inglês). Estados Unidos. 26 de junho de 2009. Consultado em 21 de janeiro de 2023 
  2. a b «Estado de Guerra». SAPO Mag. Portugal: Altice Portugal. 17 de setembro de 2009. Consultado em 21 de janeiro de 2023 
  3. a b «Guerra ao Terror». AdoroCinema. Brasil: Webedia. 5 de fevereiro de 2010. Consultado em 21 de janeiro de 2023 
  4. a b c d Meneghini, Carla (22 de dezembro de 2009). «Após sair em DVD, filme indicado ao Globo de Ouro vai estrear nos cinemas». G1. Brasil: Grupo Globo. Consultado em 12 de julho de 2010 
  5. a b «The Hurt Locker». Box Office Mojo (em inglês). Estados Unidos: IMDb. Consultado em 21 de janeiro de 2023 
  6. «Com seis prêmios, "Guerra ao Terror" surpreende no Oscar». Uol 
  7. «What is a 'hurt locker'?» (em inglês). BBC News. 8 de março de 2010. Consultado em 15 de outubro de 2010 
  8. «Kathryn Bigelow revela os monstros da guerra em "The hurt locker"». Consultado em 25 de abril de 2013. Arquivado do original em 3 de agosto de 2012 

Ligações externasEditar