The Miracle of Our Lady of Fatima

The Miracle of Our Lady of Fatima (bra: O Milagre de Nossa Senhora de Fátima[1], ou A Virgem de Fátima[2]; prt: O Milagre de Fátima[3]) é um filme norte-americano de 1952, do gênero drama, dirigido por John Brahm e estrelado por Gilbert Roland e Angela Clarke.

The Miracle of Our Lady of Fatima
No Brasil
  • O Milagre de Nossa Senhora de Fátima
  • A Virgem de Fátima
Em Portugal O Milagre de Fátima
 Estados Unidos
1952 •  warnercolor •  102 min 
Direção John Brahm
Produção Bryan Foy
Roteiro Crane Wilbur
James O'Hanlon
Elenco Gilbert Roland
Angela Clarke
Frank Silvera
Gênero drama
Música Max Steiner
Direção de fotografia Edwin B. DuPar
Direção de arte Edward Carrere
Efeitos especiais Robert Burks
Edição Thomas Reilly
Companhia(s) produtora(s) Warner Bros.
Distribuição Warner Bros.
Lançamento Estados Unidos 20 de agosto de 1952
Portugal 13 de março de 1953
Idioma inglês

SinopseEditar

Em 1917, na Cova da Iria, localidade na região de Fátima, Portugal, três crianças -- Lúcia, Francisco e Jacinta -- afirmam ter visto Nossa Senhora no alto do céu. Ela lhes teria dito que voltassem todo dia 13 dos seis meses seguintes, para receber importantes mensagens. Ora, em cada uma dessa visitas, várias profecias são transmitidas às crianças, uma delas sobre a ameaça do Comunismo, que seria parte de um "esquema diabólico" para destruir o planeta. Esses relatos são recebidos com ceticismo, até que, em outubro, Nossa Senhora promete um milagre, que seria a prova de sua sinceridade. O milagre realmente acontece: aleijados recobram o movimento dos membros e cegos voltam a enxergar.[4]

PremiaçõesEditar

Prêmio Categoria Recipientes Situação
Oscar 1953 Melhor trilha sonora - drama ou comédia Max Steiner Indicado[5]

ElencoEditar

Ator/Atriz Personagem
Gilbert Roland Hugo da Silva
Angela Clarke Maria Rosária de Jesus dos Santos
Frank Silvera Administrador Artur dos Santos
Jay Novello António de Jesus dos Santos
Richard Hale Padre Ferreira
Norman Rice Manuel Marto
Frances Morris Olímpia Marto
Carl Milletaire Magistrado distrital
Susan Whitney Lúcia de Jesus dos Santos
Sherry Jackson Jacinta Marto
Sammy Ogg Francisco Marto

RecepçãoEditar

The Miracle of Our Lady of Fátima é tido como um relato reverente e honesto[4] do que teria ocorrido na Cova da Iria, Portugal, em 1917.

Elogiado pela crítica estadunidense,[4][6][7] o filme recebeu uma indicação ao Oscar e concorreu ao Leão de Ouro do Festival de Veneza.[carece de fontes?]

Menos deslumbrado, o crítico brasileiro Moniz Vianna diz, em sua coluna no Correio da Manhã, que o roteiro é "medíocre" e "frio", e o diretor "aparece muito aquém de sua melhor forma", escorando-se na "bem-cuidada" fotografia de Edwin DuPar e na trilha sonora de Max Steiner.[2]

Ver tambémEditar

Referências

  1. «A volumosa e ininterrupta produção da Warner Bros». São Paulo: Cine-Repórter. 21 de junho de 1952. p. 24. Consultado em 29 de outubro de 2018 
  2. a b Moniz Vianna (5 de junho de 1953). «Cinema: A virgem de Fátima». Rio de Janeiro: Correio da Manhã, 1.º Caderno. p. 7. Consultado em 29 de outubro de 2018 
  3. «O Milagre de Fátima». Portugal: CineCartaz. Consultado em 29 de outubro de 2018 
  4. a b c Hirschhorn, Clive (1986). The Warner Bros. Story (em inglês). Londres: Octopus Books. ISBN 9780706427578 
  5. «The 25th Academy Awards (1953)». Oscars.org. Consultado em 11 de agosto de 2021 
  6. Maltin, Leonard (2010). Classic Movie Guide, segunda edição (em inglês). Nova Iorque: Plume. ISBN 9780452295773 
  7. Erickson, Hal. «The Miracle of Our Lady of Fatima» (em inglês). AllMovie. Consultado em 22 de novembro de 2017 
  Este artigo sobre um filme estadunidense é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.