Abrir menu principal

The Prisoner of Zenda (filme de 1937)

filme de 1937 dirigido por John Cromwell
The Prisoner of Zenda
O Prisioneiro do Castelo de Zenda[1] (PRT)
O Prisioneiro de Zenda[2] (BRA)
Ronald Colman e Madeleine Carroll em cena do filme
 Estados Unidos
1937 •  p&b •  101 min 
Direção John Cromwell
Produção David O. Selznick
Roteiro John L. Balderston
Edward E. Rose
Wells Root
Donald Ogden Stewart
Baseado em The Prisoner of Zenda de Anthony Hope
Elenco Ronald Colman
Madeleine Carroll
Douglas Fairbanks Jr.
Gênero aventura
Música Alfred Newman
Direção de arte Lyle R. Wheeler
Direção de fotografia James Wong Howe
Efeitos especiais Jack Cosgrove
Figurino Ernest Dryden
Edição James E. Newcom
Companhia(s) produtora(s) Selznick International Pictures
Distribuição United Artists
Lançamento Estados Unidos 2 de setembro de 1937
Portugal 2 de março de 1938
Idioma inglês

The Prisoner of Zenda (O Prisioneiro de Zenda BRA ou O Prisioneiro do Castelo de Zenda PRT) é um filme norte-americano de 1937, do gênero aventura, dirigido por John Cromwell e estrelado por Ronald Colman, Madeleine Carroll e Douglas Fairbanks Jr..

Índice

Notas sobre a produçãoEditar

Uma das aventuras mais divertidas saídas de Hollywood em qualquer época,[3] esta é a terceira, melhor e mais lucrativa de todas as adaptações do célebre romance de Anthony Hope.[3][4] O livro já fora vertido para o cinema em 1912 e 1922. Novas refilmagens aconteceram em 1952, com Stewart Granger, e em 1979, com Peter Sellers.

Segundo o crítico e historiador Ken Wlaschin, o filme está entre os dez melhores das carreiras de Ronald Colman, Madeleine Carroll e Douglas Fairbanks, Jr.,[5] (que, conforme Leonard Maltin quase "rouba" o espetáculo na pele do vilão Rupert de Hentzau[6]).

SinopseEditar

Em visita à Ruritânia, país da Europa Central, o major inglês Rudolph Rassendyl descobre que é muito parecido com o Príncipe Rudolf, de quem é primo distante. Às vésperas de sua coração como rei, o príncipe é envenenado e entra em coma. Assim, o major toma secretamente seu lugar e torna-se o Rei Rudolf V, com a assistência do Capitão Fritz von Tarlenheim e do Coronel Zatz. Quem mais se espanta é o maléfico Duque Michael, o segundo na linha de sucessão, ao ver o irmão vivo.

O novo rei, então, vai ao encontro da Princesa Flavia, a noiva do príncipe, que fica surpresa pela maneira gentil com que passa a ser tratada. Logo, Rudolph está apaixonado, mas o Duque Michael desconfia que algo não cheira bem e manda Rupert de Hentzau investigar a fundo toda essa história. Seu objetivo final: apossar-se da coroa a qualquer preço.[7]

Principais premiaçõesEditar

Patrocinador Prêmio Categoria Situação
Academia de Artes e Ciências Cinematográficas Oscar Melhor Direção de Arte
Melhor Trilha Sonora Original
Indicado
Indicado
Festival de Veneza Troféu Mussolini Melhor Filme Estrangeiro Indicado

ElencoEditar

Ator/Atriz Personagem
Ronald Colman Major Rudolph Rassendyl
Príncipe Rudolf
Madeleine Carroll Princesa Flávia
Douglas Fairbanks, Jr. Rupert de Hentzau
Mary Astor Antoinette de Mauban
C. Aubrey Smith Coronel Zapt
David Niven Capitão Fritz von Tarlenheim
Raymond Massey Duque Michael
Montagu Love Detchard
Philip Sleeman Albert von Lauengram
Eleanor Wesselhoeft Cozinheira
Torben Meyer Mordomo

Referências

  1. The Prisoner of Zenda (filme de 1937) (em português) no CineCartaz (Portugal)
  2. CinePlayers (Brasil)
  3. a b Betzold, Michael. «The Prisoner of Zenda (1937)» (em inglês). AllMovie. Consultado em 2 de agosto de 2016 
  4. Bergan, Ronald (1986). The United Artists Story (em inglês). Londres: Octopus Books. ISBN 9780706425819 
  5. Wlaschin, Ken (1985). The World's Great Movie Stars and Their Films (em inglês). Londres: Peerage Books. ISBN 1850520046 
  6. Maltin, Leonard (2010). Classic Movie Guide, segunda edição (em inglês). Nova Iorque: Plume. ISBN 9780452295773 
  7. Brenner, Paul. «The Prisoner of Zenda (1937)» (em inglês). AllMovie. Consultado em 2 de agosto de 2016 

BibliografiaEditar

Ligações externasEditar