Thelma Guedes

autora brasileira

Thelma Guedes (Rio de Janeiro, 7 de junho de 1959) é uma escritora e autora de telenovelas brasileira. Vive em São Paulo há mais de trinta anos e é formada em letras e Mestre em literatura brasileira pela Universidade de São Paulo. Casada com o ator Angelo Coimbra.

Thelma Guedes
Nascimento 7 de junho de 1959 (62 anos)
Rio de Janeiro, RJ
Nacionalidade brasileira
Ocupação autora
escritora
poeta
roteirista
Atividade 1997–presente
Cônjuge Ângelo Coimbra
Emmys
Emmy Internacional de Melhor Telenovela
2014 – Joia Rara
2020 – Órfãos da Terra
Outros prêmios
Rose d'Or
2019 – Órfãos da Terra

BiografiaEditar

Em 1997, publicou o livro de contos Cidadela Ardente (Ateliê Editorial), e em 2003 o ensaio Pagu: Literatura e Revolução (Ateliê Editorial e Nankin Editorial). Em 2007, lançou o volume de poemas Atrás do Osso (Nankin), projeto selecionado pelo Programa de Apoio à Literatura da Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo.

Em março de 2010, lançou o livro de contos O outro escritor e alguns contos mais, pela Nankin Editorial, também com o apoio da Secretaria de Estado da Cultura de SP (ProAC).

Participou de diversas coletâneas de contos, entre elas Novelas, Espelhos e um Pouco de Choro (Ateliê Editorial, 1999); Dez Amores (Escrituras e Sesc SP, 2003); Histórias do Olhar (Escrituras, 2003); Álbum de Fotos (Sesc SP e Lazuli, 2005).

Para o teatro, escreveu a dramaturgia do musical Garota de Ipanema: o Amor é Bossa, que estreou no Rio de Janeiro, em 2016, inaugurando o Teatro Riachuelo, dirigido por Gustavo Gasparani e produzido pela Aventura Entretenimento, com os atores Thiago Fragoso, Letícia Persiles e grande elenco.

Em 2019, escreveu a peça Mulheres de Shakespeare, dirigida pelo inglês Luke Dixon e interpretada pelas atrizes Ana Guasque e Suzy Rêgo. O espetáculo teve temporadas em São Paulo e Rio de Janeiro.

No mesmo ano, escreveu a peça Van Gogh por Gauguin, interpretada pelos atores Alex Morenno e Augusto Zacchi, com direção de Roberto Lage, com temporadas em São Paulo e Rio.

Roteirista da TV Globo desde 1997, escreveu para diversos programas, entre eles o Sítio do Picapau Amarelo e A Turma do Didi. Colaborou nas telenovelas Vila Madalena, de Walther Negrão; Esperança (segunda fase); Chocolate com Pimenta e Alma Gêmea, ambas de Walcyr Carrasco

Entre 2006 e 2007 escreveu, em parceria com Duca Rachid, uma adaptação da novela O Profeta, de Ivani Ribeiro, para o horário das 18 horas, com direção geral de Mario Marcio Bandarra e direção de núcleo de Roberto Talma.

Em 2009 foi ao ar pela Rede Globo a novela Cama de Gato, a primeira de Thelma Guedes com roteiro original, novamente em parceria com Duca Rachid. Teve como diretores Ricardo Waddington (direção de núcleo) e Amora Mautner (direção geral).

Em 11 de abril de 2011, estreou a novela Cordel Encantado, a terceira novela das autoras Duca Rachid e Thelma Guedes, e contou com a direção geral de Amora Mautner e direção de núcleo de Ricardo Waddington.

Entre 2013 e 2014, escreveu com Duca Rachid a novela Joia Rara, vencedora do Prêmio Emmy Internacional de melhor telenovela, em 2014, dirigida, novamente, por Amora Mautner e Ricardo Waddington.

Em 2019, escreveu Órfãos da Terra, também em parceria com Duca Rachid, desta vez tendo como tema a questão dos refugiados no Brasil.[1] Com direção geral de André Câmara e direção de criação de Gustavo Fernandez, a novela recebeu três prêmios internacionais, incluindo o Prêmio Emmy Internacional de melhor telenovela, em 2020.

ObrasEditar

NovelasEditar

Título Ano Creditada como Notas Emissora
Autora Colaboradora
Vila Madalena 1999
 
[nota 1] TV Globo
Esperança 2002 [nota 2]
Chocolate com Pimenta 2003 [nota 3]
Alma Gêmea 2005
O Profeta 2006
 
[nota 4]
Cama de Gato 2009
Cordel Encantado 2011
Joia Rara 2013
Órfãos da Terra 2019

SériesEditar

Título Ano Creditada como Notas Emissora
Autora
Sítio do Picapau Amarelo 2002
 
[nota 5] TV Globo

No TeatroEditar

Ano Trabalho Função Direção
2016 Garota de Ipanema: o Amor é Bossa Dramaturga Gustavo Gasparani
2019 Mulheres de Shakespeare Dramaturgia Luke Dixon
2019 Van Gaugh por Gauguin Dramaturgia Roberto Lage

Curadoria culturalEditar

Preocupada em mostrar que o roteirista é também um escritor[2], Thelma Guedes uniu-se em 2013 ao escritor e roteirista Newton Cannito para a curadoria da Casa do Autor Roteirista, um espaço cultural em Paraty que ficou aberto durante a FLIP e integrou a programação paralela daquela festa literária. Os curadores tinham dois objetivos: debater o ofício do roteirista durante a FLIP, que até então não tinha um espaço para esse tipo de discussão[3], e ressaltar a importância da literatura como base das obras produzidas para cinema e TV. Com este norte, foram organizadas mesas de debate e oficinas abertas ao público. Participaram da Casa, em suas duas edições (2013/2014), nomes como os atores José de Abreu, Lima Duarte, Domingos Montagner[4], Marcos Caruso, Maria de Medeiros[5], Mariana Ximenes, Nanda Costa, os escritores/roteiristas Paulo Lins, Nelson Motta, Silvio de Abreu, Adriana Falcão, Ricardo Linhares, Filipe Miguez e Izabel de Oliveira, o humorista/roteirista Gregorio Duvivier, a cantora Clarice Falcão, os diretores Luiz Fernando Carvalho[6] e José Luiz Villamarim e os autores Marcelino Freire e Eromar Bomfim.

Em 2016, ainda em Paraty, Thelma Guedes e Newton Cannito montaram um novo projeto, "A Nau dos Insensatos", que teve como proposta debater a relação entre literatura e loucura[7]. A escritora Maura Lopes Cançado foi a homenageada do evento, que contou com a presença, como debatedores, dos atores Paulo Betti, Leona Cavalli e Caco Ciocler, da pesquisadora Ivana Bentes e do filósofo Peter Pal Pélbart. Em entrevista à jornalista Mônica Bergamo[8], da Folha de S. Paulo, Thelma Guedes disse que os saraus sobre a loucura realizados na "Nau do Insensatos" faziam parte de um estudo para uma futura novela que a autora pretende escrever.

Prêmios e indicaçõesEditar

Ano Prêmio Trabalho Categoria Resultado Ref.
2007 ProAC (Programa de Ação Cultural) de São Paulo Atrás do Osso Obras inéditas Livro selecionado [9]
9° Prêmio Contigo! de TV O Profeta Melhor Novela Indicado [10]
2008 ProAC (Programa de Ação Cultural) de São Paulo O Outro Escritor Obras inéditas Livro selecionado [11]
2010 Banff World Television Festival (Canadá) Cama de Gato Melhor Novela Venceu [12]
12° Prêmio Contigo de TV Melhor Novela Indicado
2011 Prêmio Extra de TV Cordel Encantado Melhor Novela Venceu [13]
Prêmio APCA Melhor Novela Venceu [14]
Prêmio Quem Melhor Autor[nota 6] Venceu [15]
2012 Troféu Imprensa Melhor Novela Venceu [16]
2013 Melhores do Ano NaTelinha Joia Rara Melhor Novela Indicado [17]
Melhor Autor Indicado [17]
Retrospectiva UOL Melhor Novela Indicado [18]
2014 12° Troféu Internet (SBT) Melhor Novela Indicado
16° Prêmio Contigo! de TV Melhor Novela Indicado [19]
Prêmio Extra de Televisão Melhor Novela Indicado [20]
Emmy Internacional Melhor Novela Venceu [21]
2019 Rose d'Or (Suíça) Órfãos da Terra Melhor Novela Venceu [22]
Prêmio APCA Melhor Novela Indicado [23]
2020 Seoul International Drama Awards Grand Prize Venceu [24]
4° Prêmio ABRA de Roteiro Melhor Roteiro de Novela Venceu [25]
Emmy Internacional Melhor Novela Venceu [26]

Notas

  1. De Walther Negrão
  2. De Benedito Ruy Barbosa e Walcyr Carrasco
  3. De Walcyr Carrasco
  4. Com Duca Rachid
  5. Com Walcyr Carrasco
  6. Prêmio dividido com Duca Rachid, co-autora de "Cordel Encantado".

Referências

  1. Pró-TV. «Novela de Thelma Guedes e Duca Rachid estreará em 26 de março». Kogut. Consultado em 18 de agosto de 2018 
  2. Globo Universidade (24 de junho de 2013). «Casa do Autor Roteirista leva à Paraty debate sobre a criação literária». Rede Globo, site oficial. Consultado em 22 de fevereiro de 2021 
  3. Guedes, Thelma (20 de dezembro de 2014). «2013 – Abertura da Casa do Autor Roteirista». Site oficial da autora. Consultado em 22 de fevereiro de 2021 
  4. De Sousa, Jeferson (15 de setembro de 2016). «Uma tarde com Domingos Montagner». Yahoo! Vida e Estilo - Blog Tela Plena. Consultado em 25 de fevereiro de 2021 
  5. Guedes, Thelma (4 de julho de 2013). «Maria de Medeiros, que lembrança boa, lendo um conto meu na Casa do Autor Roteirista». Site oficial da autora. Consultado em 25 de fevereiro de 2021 
  6. Miranda, André (3 de julho de 2013). «Flip vai além das discussões literárias e aborda também a produção cinematográfica». O Globo. Consultado em 25 de fevereiro de 2021 
  7. Martins, Sheilla (1 de julho de 2016). «A Nau dos Insensatos é uma das novidades da programação Off Flip das Letras 2016». Sheilla Martins Blog. Consultado em 25 de fevereiro de 2021 
  8. Bergamo, Mônica (5 de julho de 2016). «Lava Jato gera clima de desconfiança interno na Odebrecht - NOTA "Desvario na Tela"». Folha de S.Paulo. Consultado em 22 de fevereiro de 2021 
  9. Guedes, Thelma (15 de dezembro de 2008). «2007 – Atrás do Osso (poesia)». Site oficial da autora. Consultado em 4 de abril de 2021 
  10. Estrelando, Redação (11 de abril de 2007). «Prêmio Contigo!: Páginas recebe 24 indicações». Estrelando. Consultado em 3 de abril de 2021 
  11. «O outro escritor». MercadoEditorial. 13 de novembro de 2018. Consultado em 3 de abril de 2021 
  12. «Cama de Gato ganha prêmio por melhor Telenovela no Banff World Television Festival». Imprensa Globo.co,. 14 de junho de 2010. Consultado em 3 de abril de 2021 
  13. «Prêmio Extra de TV: Cordel encantado fatura como melhor novela do ano». Jornal Extra. 29 de novembro de 2011. Consultado em 4 de abril 2021 
  14. Redação, Veja (14 de dezembro de 2011). «APCA elege os melhores de 2011 em onze categorias». Veja. Consultado em 7 de abril de 2021 
  15. «Prêmio QUEM 2011: Conheça os vencedores». Revista Quem. 6 de dezembro de 2011. Consultado em 4 de abril de 2021 
  16. «TV - Premiações Artísticas». Consultado em 7 de abril de 2021 
  17. a b «"Melhores do Ano NaTelinha": Globo e SBT dominam lista de vencedores». NaTelinha. 27 de dezembro de 2013. Consultado em 7 de abril de 2021 
  18. «Retrospectiva: Vote nos melhores de 2013». UOL TV e Famosos. 2 de dezembro de 2013. Consultado em 7 de abril de 2021 
  19. E7, Redação (29 de julho de 2014). «Confira os vencedores do Prêmio Contigo! de TV 2014». Portal E7. Consultado em 7 de abril de 2021 
  20. «Confira os indicados ao Prêmio Extra de TV». Extra. 11 de novembro de 2014. Consultado em 7 de abril de 2021 
  21. «Joia Rara recebe prêmio de melhor novela no Emmy Internacional». Rede Globo (site oficial). 25 de novembro de 2014. Consultado em 7 de abril de 2021 
  22. G1, Redação (1º de dezembro de 2019). «'Órfãos da terra' vence prêmio Rose d'Or em Londres». G1. Consultado em 30 de março de 2021 
  23. Tela Viva, Redação (14 de novembro de 2019). «APCA divulga indicados para 2019 nas categorias de Televisão». Tela Viva. Consultado em 31 de março de 2021 
  24. «A novela brasileira 'Órfãos da Terra' ganha o 'Grande Prêmio' no 'Seoul Drama Awards 2020'». K-Pop.Lat (México). 15 de setembro de 2020. Consultado em 7 de abril de 2021 
  25. Redação, O Tempo (31 de outubro de 2020). «4º edição do Prêmio ABRA de Roteiro anuncia seus vencedores». Portal O Tempo. Consultado em 7 de abril de 2021 
  26. Lucas, Naian (23 de novembro de 2020). «Órfãos da Terra quebra tabu e vence o Emmy Internacional; programa de Gugu perde». Na Telinha. Consultado em 7 de abril de 2021 

BibliografiaEditar