Tiago Splitter

jogador de basquetebol brasileiro

Tiago Splitter Beims (nascido em 1 de janeiro de 1985) é um brasileiro ex-jogador de basquete profissional que jogou sete temporadas na National Basketball Association (NBA). Ele está atualmente servindo como treinador de desenvolvimento de jogadores no Brooklyn Nets.

Tiago Splitter
Splitter right.JPG
Informações pessoais
Nome completo Tiago Splitter Beims
Data de nasc. 01 de janeiro de 1985 (36 anos)
Local de nasc. Blumenau, Brasil
Informações profissionais
Período como jogador 2000–2017 (17 anos)
Número da camisa 22, 11, 47
Altura 6 ft 11 in (2.11 m)
Peso 245 lb (111 kg)
Período como treinador 2019–presente
Clubes de juventude
1999–2000 Ipiranga
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (pontos)
2000–2010
2000–2001
2001–2003
2010–2015
2011
2015–2017
2017
2017
Saski Baskonia
→ Araba Gorago Alava
Bilbao Basket
San Antonio Spurs
Valencia
Atlanta Hawks
Philadelphia 76ers
Delaware 87ers
388 (4.323)
311 (2.576)
6 (88)
36 (201)
8 (39)
2 (13)
Times que treinou
Anos Clubes Jogos (V - D)
2019–presente Brooklyn Nets (assistente)
Conquistas
Competidor dos Brasil
Copa América de Basquetebol Masculino
Ouro Santo Domingo 2005 Equipe
Ouro San Juan 2009 Equipe
Ouro Mar del Plata 2011 Equipe
Jogos Pan-Americanos
Ouro Santo Domingo 2003 Equipe
Campeonato Sul‑Americano de Basquetebol Masculino
Ouro Montevideo 2003 Equipe

Três vezes selecionado para a Primeira-Equipe da EuroLeague antes de sua carreira na NBA, ele se tornou o primeiro jogador brasileiro a vencer um título da NBA, em 2014, como membro do San Antonio Spurs.

Carreira profissionalEditar

Brasil e Espanha (1999–2010)Editar

Splitter começou sua carreira profissional em 1999. Em 2000, ele começou a jogar na liga espanhola de primeiro nível, a Liga ACB. Em 2004, Splitter se naturalizou espanhol.[1] Splitter foi nomeado o MVP da Supercopa da Espanha em 2006 e 2007. Ele também foi nomeado para a Primeira-Equipe da EuroLeague na temporada de 2007-08, depois de ajudar o Saski Baskonia a chegar ao Final Four. Na temporada seguinte, Splitter chegou aos playoffs da EuroLeague, mas não conseguiu fazer outra participação no Final Four. No entanto, seu desempenho lhe rendeu um lugar na Segunda-Equipe da EuroLeague. Ele foi eleito o MVP da Liga Espanhola em 2010.[2]

Esperava-se que Splitter se declarasse para o Draft da NBA de 2006, mas a multa alta em seu contrato desencorajou as equipes da NBA e ele permaneceu na Liga ACB naquela temporada. Splitter foi automaticamente elegível para o Draft da NBA de 2007, já que ele tinha pelo menos 22 anos de idade na época do draft. Ele foi selecionado pelo San Antonio Spurs, na primeira rodada do draft, como a 28ª escolha geral.[3]

Em 28 de maio de 2008, a ESPN Brasil informou que Splitter havia renovado seu contrato com o Saski Baskonia em um contrato de dois anos. O contrato permitia ao brasileiro ganhar 8 vezes mais do que o teto salarial para novatos da NBA teria permitido. Em 7 de junho de 2008, o San Antonio Express-News informou que o gerente geral do Spurs, R.C. Buford, afirmou que Splitter informou a equipe que não viria a San Antonio para a temporada de 2008-09.

Em vez disso, Splitter assinou uma extensão com o Saski Baskonia, que o manteria na Liga ACB até 2010.[4] Foi anunciado em 9 de julho de 2010 que Splitter havia optado por não assinar seu contrato com Saski Baskonia, a fim de assinar na NBA com o San Antonio Spurs.

San Antonio Spurs (2010–2015)Editar

Em 12 de julho de 2010, Splitter assinou um contrato com o San Antonio Spurs.[5] O negócio foi estimado em US $ 11 milhões em 3 anos.

Ele teve seu primeiro jogo como titular na NBA em 19 de março, contra o Charlotte Bobcats, no lugar do lesionado Tim Duncan. Neste jogo, Splitter registrou 8 pontos e 6 rebotes.[6]

 
Splitter no banco de reservas em 2012

Em 8 de fevereiro de 2012, Splitter e seu companheiro de equipe, Kawhi Leonard, foram selecionados para jogar no Rising Stars Challenge de 2012. Em 17 de fevereiro, foi revelado que Splitter e Leonard seriam companheiros de equipe do Team Chuck. No entanto, devido a uma lesão, ele foi dispensado do Team Chuck e foi substituído por Derrick Favors.

Em 29 de maio de 2012, no Jogo 2 das finais da Conferência Oeste, o técnico do Oklahoma City Thunder, Scott Brooks, tentou desacelerar o ataque de San Antonio por meio da falta contínua de Splitter, enviando-o para a linha de lance livre com o "Hack-a-Shaq".

Ele jogou sua temporada mais produtiva com os Spurs em 2012–13, com médias de 10,3 pontos e 6,4 rebotes.[7] Ele foi titular em 58 jogos, enquanto os Spurs terminaram como a segunda melhor campanha do Oeste, atrás do Oklahoma City Thunder. Os Spurs avançariam para as Finais da NBA de 2013 mas perderiam para o Miami Heat em sete jogos.[8]

Em 13 de julho de 2013, ele renovou seu contrato com os Spurs.[9] Em 15 de junho de 2014, Splitter venceu seu primeiro título da NBA, depois que os Spurs derrotaram o Miami Heat por 4-1 nas Finais da NBA de 2014.[10]

Depois de perder 20 dos primeiros 21 jogos da temporada de 2014-15 com uma lesão nas costas, Splitter jogou o resto da temporada, até perder os últimos seis jogos da temporada regular com uma lesão na panturrilha. Ele voltou para os playoffs, mas os Spurs foram derrotados na primeira rodada pelo Los Angeles Clippers em sete jogos.[11]

Atlanta Hawks (2015–2017)Editar

Em 9 de julho de 2015, Splitter foi negociado com o Atlanta Hawks em troca de Georgios Printezis e uma futura escolha de segunda rodada do draft.[12] Em 16 de fevereiro de 2016, ele foi descartado pelo resto da temporada, após optar por fazer uma cirurgia para reparar o quadril direito.[13]

Em 11 de outubro de 2016, Splitter foi descartado por quatro semanas com uma distensão de grau 2 no tendão da coxa.[14] Ele foi afastado por mais seis semanas, em 26 de novembro, depois que um exame de ressonância magnética revelou uma distensão grau 2 na panturrilha direita.

Philadelphia 76ers (2017)Editar

Em 22 de fevereiro de 2017, Splitter foi negociado, junto com uma escolha de segunda rodada de draft, para o Philadelphia 76ers, em troca de Ersan İlyasova.[15]

Em 21 de março de 2017, ele foi designado para o Delaware 87ers, o afiliado dos 76ers na D-League.[16] Ele foi chamado de volta seis dias depois.[17] Em 28 de março de 2017, ele fez sua estreia pelos 76ers, registrando dois pontos e três rebotes em sete minutos em uma vitória por 106–101 sobre o Brooklyn Nets. Splitter, que estava se recuperando de uma lesão na panturrilha direita, entrou no jogo no final do primeiro quarto e jogou sua primeira partida desde 31 de janeiro de 2016.[18][19]

AposentadoriaEditar

Em 19 de fevereiro de 2018, Splitter anunciou sua aposentadoria do basquete profissional, devido a uma lesão no quadril que havia prejudicado o andamento de sua carreira.[20]

Pós-carreiraEditar

Em 24 de abril de 2018, Splitter foi contratado pelo Brooklyn Nets, como um olheiro profissional, com funções adicionais relacionadas ao desenvolvimento do jogador em quadra.[21] Em 23 de setembro de 2019, ele foi promovido pelos Nets a treinador de desenvolvimento de jogadores.[22]

Carreira na seleçãoEditar

Splitter conquistou medalhas de ouro com a Seleção Brasileira de Basquetebol Masculino no Campeonato Sul-Americano de 2003, nos Jogos Pan-Americanos de 2003, na Copa América de Basquetebol 2005, no Copa América de Basquetebol de 2009 e na Copa América de Basquetebol de 2011. Com o Brasil, ele também jogou o Campeonato Mundial de Basquetebol de 2002, o Campeonato Mundial de Basquetebol de 2006, o Campeonato Mundial de Basquetebol de 2010, as Olimpíadas de 2012 e a Copa do Mundo de Basquetebol de 2014.[23]

EstatísticasEditar

LEGENDA
 PJ  Partidas jogadas  PI  Partidas iniciadas  MPJ  Minutos por jogo  AP  Arremessos de quadra (%)
 3P  Arremessos de 3 pontos (%)  LL  Lances-livre (%)  RT  Rebotes por jogo  AS  Assistências por jogo
 BR  Roubos de bola por jogo  TO  Tocos por jogo  PPJ  Pontos por jogo  Negrito  Melhor da carreira

EuroLeagueEditar

Ano Equipe PJ PT MPJ AP 3P LL RT AS BR TO PPJ
2003–04 Tau Cerámica 16 1 11.2 .619 .000 .632 2.4 .3 .4 .3 4.0
2004–05 Tau Cerámica 19 2 17.8 .533 .000 .487 4.5 .9 .7 .7 7.0
2005–06 Tau Cerámica 24 11 21.6 .599 .000 .547 4.6 .6 1.3 .5 9.5
2006–07 Tau Cerámica 20 12 24.7 .580 .000 .529 6.0 .8 1.4 .3 10.7
2007–08 Tau Cerámica 25 13 22.5 .618 .000 .645 5.0 1.1 1.0 .8 14.0
2008–09 Tau Cerámica 17 12 24.7 .655 .000 .602 5.4 1.6 .6 1.6 14.0
2009–10 Caja Laboral 16 14 26.7 .535 .000 .636 5.4 1.8 .8 .5 13.0
Carreira 137 65 21.3 .591 .000 .582 4.7 1.0 .8 .6 10.3

NBAEditar

Temporada regularEditar

Ano Equipe PJ PT MPJ AP 3P LL RT AS BR TO PPJ
2010–11 San Antonio 60 6 12.3 .529 .000 .543 3.4 .4 .5 .3 4.6
2011–12 San Antonio 59 2 19.0 .618 .000 .691 5.2 1.1 .4 .8 9.3
2012–13 San Antonio 81 58 24.7 .560 .000 .730 6.4 1.6 .8 .8 10.3
2013–14† San Antonio 59 50 21.5 .523 .000 .699 6.2 1.5 .5 .5 8.2
2014–15 San Antonio 52 35 19.8 .558 .000 .750 4.8 1.5 .7 .7 8.2
2015–16 Atlanta 36 2 16.1 .523 .000 .813 3.3 .8 .6 .3 5.6
2016–17 Philadelphia 8 0 9.5 .452 .333 .818 2.8 .5 .1 .1 4.9
Carreira 355 153 17.5 .537 .047 .720 4.5 1.0 .5 .5 7.3

PlayoffsEditar

Ano Equipe PJ PT MPJ AP 3P LL RT AS BR TO PPJ
2011 San Antonio 3 0 16.7 .625 .000 .000 4.7 .3 1.0 .3 6.7
2012 San Antonio 13 0 12.9 .638 .000 .372 2.8 .8 .4 .3 5.8
2013 San Antonio 19 15 20.4 .536 .000 .788 3.1 1.2 .8 .7 6.1
2014† San Antonio 23 18 22.4 .610 .000 .718 6.1 2.0 .7 .5 7.5
2015 San Antonio 7 7 17.6 .375 .000 .316 4.4 1.3 .6 .1 3.4
Carreira 65 40 18.0 .556 .000 .438 4.2 1.1 .7 .3 5.9

Vida pessoalEditar

Splitter é filho de Cassio e Elisabeth Splitter. Ele foi criado como cristão, apesar de seu pai ser de ascendência judaica.[24] Em 2009, a irmã de Splitter, Michelle,[25] também jogadora de basquete, morreu de leucemia, aos 19 anos.[26][27] Em 2017, Splitter se casou com sua esposa, Fernanda.[28]

Referências

  1. AS, Diario (29 de janeiro de 2004). «Splitter, jura la Constitución española y jugará en Manresa». AS.com (em espanhol). Consultado em 16 de março de 2021 
  2. «Tiago Splitter named MVP of ACB | Spain | Europe | Sportando». web.archive.org. 21 de março de 2012. Consultado em 16 de março de 2021 
  3. «2007 NBA Draft». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 16 de março de 2021 
  4. «Jeff McDonald: Budenholzer still a Spurs employee, Splitter won't be | Courtside | MySA.com». web.archive.org. 11 de junho de 2008. Consultado em 16 de março de 2021 
  5. «Spurs Sign Tiago Splitter». San Antonio Spurs (em inglês). Consultado em 16 de março de 2021 
  6. «Charlotte Bobcats at San Antonio Spurs Box Score, March 19, 2011». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 16 de março de 2021 
  7. «Tiago Splitter 2012-13 Game Log». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 16 de março de 2021 
  8. «2012-13 San Antonio Spurs Roster and Stats». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 16 de março de 2021 
  9. «San Antonio Spurs re-sign Tiago Splitter :InsideHoops». web.archive.org. 16 de novembro de 2016. Consultado em 16 de março de 2021 
  10. «Tiago Splitter 2013-14 Game Log». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 16 de março de 2021 
  11. «Tiago Splitter 2014-15 Game Log». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 16 de março de 2021 
  12. «Hawks Acquire Tiago Splitter From San Antonio Spurs». Atlanta Hawks (em inglês). Consultado em 16 de março de 2021 
  13. «Tiago Splitter Opts For Hip Surgery, Out For The Year». Atlanta Hawks (em inglês). Consultado em 16 de março de 2021 
  14. «Splitter Out At Least Four Weeks With Hamstring Strain». Atlanta Hawks (em inglês). Consultado em 16 de março de 2021 
  15. «Sixers Acquire Draft Pick Considerations, Splitter from Atlanta». Philadelphia 76ers (em inglês). Consultado em 16 de março de 2021 
  16. «76ers' Tiago Splitter: Assigned to D-League». CBSSports.com (em inglês). Consultado em 16 de março de 2021 
  17. «Sixers Recall Tiago Splitter From Delaware 87ers». Philadelphia 76ers (em inglês). Consultado em 16 de março de 2021 
  18. «76ers vs. Nets - Game Recap - March 28, 2017 - ESPN». ESPN.com (em inglês). Consultado em 16 de março de 2021 
  19. «Hawks trade Tiago Splitter, draft pick to 76ers for Ersan Ilyasova». USA TODAY (em inglês). Consultado em 16 de março de 2021 
  20. «Tiago Splitter: Announces retirement from basketball». CBSSports.com (em inglês). Consultado em 16 de março de 2021 
  21. «Brooklyn Nets add former players Pablo Prigioni, Tiago Splitter to staff». www.nba.com (em inglês). Consultado em 16 de março de 2021 
  22. «Brooklyn Nets Announce Basketball Operations Promotions and Additions». Brooklyn Nets (em inglês). Consultado em 16 de março de 2021 
  23. «archive.fiba.com: Players». archive.fiba.com. Consultado em 16 de março de 2021 
  24. «Tiago Splitter's Jewish roots revealed». Ynetnews (em inglês). 15 de fevereiro de 2007. Consultado em 16 de março de 2021 
  25. «Splitter Draws Inspiration From His Late Sister». San Antonio Spurs (em inglês). Consultado em 16 de março de 2021 
  26. «Globoesporte.com > Basquete - NOTÍCIAS - Michelle Splitter, irmã do pivô da seleção brasileira, morre vítima de leucemia». globoesporte.globo.com. Consultado em 16 de março de 2021 
  27. «Euroleague Basketball mourns with Tiago Splitter». Welcome to EUROLEAGUE BASKETBALL (em inglês). Consultado em 16 de março de 2021 
  28. «Tiago Splitter se encontra com Papa Francisco em Roma: "Uma honra"». ge. Consultado em 16 de março de 2021 

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Tiago Splitter