Tigre dourado

O tigre dourado (golden tabby tiger, em inglês) é um tigre-de-bengala com uma variação de cor rara, causada por um gene recessivo. Este felino pertence à subespécie Pantera tigris tigris (a dos tigres-de-bengala), e assim como o tigre branco, é uma forma de cor do tigre-de-bengala, e não uma espécie separada.[1] [2] [3] A sua bela cor dourada é causada por um gene que até agora só foi encontrado precisamente nos tigres de cativeiro. Acredita-se que existam apenas um pouco mais de 30 tigres dourados em todo o mundo, sendo a variação de cor mais rara do tigre-de-bengala. Especula-se que essa formação de cor se camufla muito melhor do que as outras comuns.[1]

Como ler uma infocaixa de taxonomiaTigre dourado
Tigre dourado em cativeiro.
Tigre dourado em cativeiro.
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Subfilo: Vertebrata
Classe: Mammalia
Ordem: Carnivora
Família: Felidae
Género: Panthera
Espécie: P. tigris
Subespécie: P. t. tigris
Nome trinomial
Panthera tigris tigris
Lineu, 1758

Em cativeiro e na NaturezaEditar

Em cativeiroEditar

O primeiro tigre dourado criado em cativeiro foi um cruzamento entre dois tigres-de-bengala, o que prova que qualquer tigre-de-bengala pode carregar o gene chamado “wide-spread”, que resulta no tigre dourado.

 
tigre dourado

Tigres dourados também tendem a ser maiores devido ao colo dele gera um efeito do gene, e por esse motivo têm a pele mais suave do que seus parentes de coloração normal.

Poucos zoológicos têm criado ou exibido tigres dourados e muitos não têm conhecimento da cor ou como reproduzi-lo. Por isso, normalmente tigres com essa coloração aparecem por acaso, quando tigres portadores do gene acasalam, em vez de acontecer através de um planejamento.

Na naturezaEditar

Atualmente essa variação de cor é mais vista em cativeiro. A Índia tem registros de tigres dourados selvagens que datam do início de 1900. Acreditava-se que os últimos tigres dourados selvagens conhecidos foram mortos fora de Mysore Pradesh, na Índia, no início do século XX.[1][2][3] Recentemente em 2014, foi encontrada, através de armadilha fotográfica, uma fêmea selvagem desta coloração (dourada) na reserva de Kaziranga National Park, na Índia.[4] Esta fêmea dourada se encontra em idade reprodutiva, e vem sendo monitorada desde então, sendo fotografada em 2018 e 2019. Mais tarde foi vista em companhia de outro tigre dourado, de acordo com a página oficial da reserva no Facebook.[5] A aparição da cor rara neste caso, revela um problema de consanguinidade devido ao isolamento de pequenas populações de tigre, havendo a necessidade de interligar as populações para aumentar a variação genética e saúde geral.[6][7][8]

Ver tambémEditar

Referências

  1. a b c «Os 6 felinos mais diferentes do mundo». O Verso do Inverso. Consultado em 13 de fevereiro de 2020 
  2. a b «Tigre-dourado - um dos felinos mais raros». Ideias Green 
  3. a b «O raro tigre-dourado». Dementia 
  4. Karthick, Prasanth. «கேமராவில் சிக்கிய அபூர்வ தங்க புலி! – வைரலான புகைப்படம்». tamil.webdunia.com (em tâmil). Consultado em 13 de fevereiro de 2020 
  5. «Kaziranga National Park». en-gb.facebook.com (em inglês). Consultado em 13 de fevereiro de 2020 
  6. January 2013, Becky Oskin 24. «In Images: Tigers Thrive in India National Park». livescience.com (em inglês). Consultado em 13 de fevereiro de 2020 
  7. «Golden tiger spotted, some blame inbreeding for recessive gene». Glibs Quick (em inglês). Consultado em 13 de fevereiro de 2020 
  8. «Golden tiger spotted, some blame inbreeding for recessive gene». Glibs Quick (em inglês). Consultado em 13 de fevereiro de 2020 
  Este artigo sobre carnívoros, integrado no Projeto Mamíferos, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.