Tim Hardaway

basquetebolista estadunidense

Timothy "Tim" Duane Hardaway (1 de setembro de 1966) é um americano ex-jogador de basquete profissional.

Tim Hardaway
Tim Hardaway
Hardaway no verão de 2015
Informações pessoais
Nome completo Timothy Duane Hardaway Sr.
Data de nasc. 01 de julho de 1966 (56 anos)
Local de nasc. Chicago, Illinois,  Estados Unidos
Informações profissionais
Período como jogador 1989–2003 (13 anos)
Posição em que jogava Armador
Número da camisa 5, 10, 14
Altura 6 ft 0 in (1.83 m)
Peso 175 lb (79 kg)
Período como treinador 2005–presente
Clubes de juventude
1985–1989 Estados Unidos UTEP Miners
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (pontos)
1989–1996
1996–2001
2001–2002
2002
2003
Estados Unidos Golden State Warriors
Estados Unidos Miami Heat
Estados Unidos Dallas Mavericks
Estados Unidos Denver Nuggets
Estados Unidos Indiana Pacers
422 (8.337)
367 (6.335)
54 (518)
14 (134)
10 (49)
Times que treinou
Anos Clubes Jogos (V - D)
2005–2006
2014–2018
Estados Unidos Florida Pit Bulls
Estados Unidos Detroit Pistons (Assistente)
Conquistas
Campeonatos Mundiais
Ouro Sydney 2000 Equipe

Hardaway jogou pelo Golden State Warriors, Miami Heat, Dallas Mavericks, Denver Nuggets e Indiana Pacers. Ele foi chamado cinco vezes para o All-Star Game e ganhou a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de 2000.

Ele é o pai do jogador da NBA, Tim Hardaway Jr.

Carreira universitáriaEditar

Hardaway nasceu em Chicago, Illinois, e se formou na Carver Area High School.

Ele jogou basquete universitário pela Universidade do Texas em El Paso sob o comando do treinador Don Haskins, um futuro membro do Naismith Memorial Basketball Hall of Fame.

Hardaway foi nomeado MVP do Sun Bowl Invitational Tournament em 1987 e 1988. Ele jogou em equipes que foram para os Torneios da NCAA em 1988 e 1989.

Hardaway desenvolveu seu movimento de drible que foi chamado de "Dois passos de UTEP".[1]

Carreira profissionalEditar

Golden State WarriorsEditar

Hardaway foi selecionado pelo Golden State Warriors como a 14ª escolha geral do Draft da NBA de 1989.[2] Em sua temporada de estreia, Hardaway usou a camisa de número 5, enquanto Manute Bol usava a 10. Depois que Bol deixou os Warriors, Hardaway adquiriu o número.

Hardaway, Mitch Richmond e Chris Mullin formaram um trio conhecido como Run TMC (as iniciais dos primeiros nomes dos jogadores e uma referencia ao grupo de rap Run-DMC).

Golden State chegou aos playoffs durante a temporada de 1990-91, a segunda temporada de Hardaway e sua primeira temporada nos playoffs.[3] Na primeira rodada, os Warriors derrotaram o San Antonio Spurs. Na segunda rodada, eles perderam para o Los Angeles Lakers em cinco jogos apesar das médias de 26,8 pontos, 12,8 assistências e 3,8 roubos de Hardaway na série.[4]

Hardaway teve média de 23,4 pontos na temporada de 1991-92,[5] quando os Warriors caíram na primeira rodada dos playoffs para o Seattle SuperSonics.[6] Na temporada seguinte, Hardaway teve médias de 21,5 pontos e 10,6 assistências mas os Warriors não chegaram aos playoffs.[7]

Como um Warriors, Hardaway foi três vezes para o All-Star Game. Uma lesão no joelho o manteve fora de toda a temporada de 1993-94. Ele alcançou 5.000 pontos e 2.500 assistências mais rápido do que qualquer outro jogador da NBA, exceto Oscar Robertson. Hardaway jogou pelos Warriors até meados da temporada de 1995-96, quando foi negociado com o Miami Heat junto com Chris Gatling em troca de Kevin Willis e Bimbo Coles.

Miami HeatEditar

Após a negociação no meio da temporada para Miami, Hardaway foi titular em 28 jogos e teve médias de 17,2 pontos e 10 assistências.[8] Miami chegou aos playoffs mas foi varrido na primeira rodada pelo Chicago Bulls. A temporada seguinte foi um grande sucesso para Miami e para Hardaway, já que ele terminou em 4º lugar na votação para o Prêmio de MVP da NBA e foi selecionado para o All-NBA First Team, e Miami ganhou 61 jogos, um recorde da franquia.[9]

Na temporada de 1996-97, Hardaway foi titular em 81 jogos e teve média de 20,3 pontos e 8,6 assistências.[10] Ele jogou no All-Star Game da NBA de 1997, marcando 10 pontos em 14 minutos. Nos playoffs, Hardaway teve média de 26 pontos, enquanto o Heat derrotou o Orlando Magic na primeira rodada e o New York Knicks nas semifinais. Miami mais uma vez cairia para o Chicago Bulls nas Finais da Conferência Leste.

Na temporada de 1997-98, Hardaway teve médias de 18,9 pontos e 8,3 assistências e foi chamado para jogar no All-Star Game da NBA de 1998.[11] O Heat venceu 55 jogos e venceu a Divisão Atlântica, mas perdeu para os Knicks em 5 jogos na primeira rodada dos playoffs. Na temporada encurtada de 1998-99, ele teve médias de 17,4 pontos e 7,3 assistências, e Miami venceu a Divisão Atlântica novamente, mas não conseguiu mais uma vez derrotar os Knicks na primeira rodada dos playoffs.[12]

A produção de Hardaway caiu na temporada de 1999-2000, com Alonzo Mourning e Jamal Mashburn carregando a carga ofensiva da equipe. Ele teve médias de 13,4 pontos e 7,4 assistências.[13] Depois de jogar apenas 52 jogos, Hardaway foi ainda mais limitado nos playoffs, já que Miami derrotou o Detroit Pistons, mas mais uma vez caiu para Nova York.

Naquele verão, Hardaway e Mourning ganharam uma medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de 2000 em Sydney. Antes da temporada de 2000-01, Mourning seria diagnosticado com uma doença renal rara e ficaria de fora durante a maior parte da temporada. Hardaway aumentou sua produção ofensiva para 14,9 pontos e 6,3 assistências,[14] enquanto Miami venceu 50 jogos mas foi varrido na primeira rodada pelo Charlotte Hornets.

Dallas MavericksEditar

Após a temporada de 2000-01, e com seu declínio com a idade, Hardaway foi negociado com o Dallas Mavericks em 22 de agosto de 2001.[15]

Em Dallas, Hardaway foi utilizado principalmente como reserva, sendo titular em apenas dois jogos, e tendo média de quase dez pontos. No meio da temporada, ele foi negociado com o Denver Nuggets em troca do armador Nick Van Exel.

Denver NuggetsEditar

Nos Nuggets, ele foi titular em todos os 14 jogos que jogou antes de se aposentar e se tornar um analista de basquete da ESPN.[16]

Enquanto jogava pelos Nuggets, Hardaway foi suspenso por dois jogos e multado em US$ 10.000 pela liga quando jogou um monitor de televisão na quadra.

Indiana PacersEditar

Em 27 de março de 2003, Hardaway assinou um contrato com o Indiana Pacers,[17] e em seu primeiro jogo registrou 14 pontos e sete assistências contra o Chicago Bulls.

Carreira como treinadorEditar

Em 7 de agosto de 2014, foi anunciado que Hardaway foi contratado como assistente técnico do Detroit Pistons.[18]

ConquistasEditar

Ele registrou 5.000 pontos e 2.500 assistências, o segundo mais rápido da história da NBA depois de Oscar Robertson. Hardaway conseguiu em 262 jogos; Robertson levou apenas 247. Ele detinha o recorde de maior número de assistências na história do Miami Heat com 1.947, até que foi superado por Dwyane Wade em 16 de janeiro de 2010.

Hardaway compartilha o recorde de mais roubos de bola em um jogo dos playoffs com 8 no Jogo 2 das Semifinais da Conferência Oeste de 1991 contra o Los Angeles Lakers e no Jogo 4 da Primeira Rodada de 1992 contra o Seattle SuperSonics. Na temporada de 1991-92, Hardaway tornou-se o 7º jogador na história da NBA a ter médias de 20 pontos (23,4) e 10 assistências (10,0) em uma temporada, um feito que ele realizou novamente na temporada de 1992-93 (21,5 pontos e 10,6 assistências).

Hardaway detém o recorde da NBA de pior desempenho em um único jogo na história da NBA tendo feito 0-17 em uma vitória de 106-102 contra o Minnesota Timberwolves em 27 de dezembro de 1991.[19]

Seu número 10 foi aposentado pelo Miami Heat em 28 de outubro de 2009.[20]

Carreira na seleçãoEditar

Hardaway foi originalmente selecionado para jogar pelo "Dream Team II" no Campeonato Mundial de 1994, mas foi substituído após sofrer um rompimento no ligamento do joelho.[21]

Ele também foi selecionado (como um dos dois últimos jogadores selecionados) para a equipe do Campeonato Mundial de 1998. A equipe foi mais tarde substituída devido a greve da NBA.

Em 2000, ele jogou nos Jogos Olímpicos de Sydney, tendo média de 5,5 pontos.

Em setembro de 2009, ele jogou pela equipe da NBA Generations no NBA Asia Challenge de 2009, uma série de exibições contra jogadores da Liga Coreana de Basquete e da Philippine Basketball Association.

Vida pessoalEditar

Hardaway e sua esposa Yolanda residem em Michigan. Eles têm um filho, Tim Hardaway Jr., e uma filha, Nina.[22] Tim Jr. foi selecionado pelo New York Knicks no Draft da NBA de 2013 e atualmente joga pelo Dallas Mavericks.[23]

HomofobiaEditar

Durante uma entrevista no The Dan Le Batard Show, em Miami, em resposta ao ex-jogador da NBA, John Amaechi, que havia se assumido homossexual, Hardaway comentou que tentaria se distanciar de um jogador que ele sabia ser homossexual. Quando perguntado pelo apresentador do programa se ele percebeu que suas observações eram homofóbicas, Hardaway respondeu dizendo: "Bem, você sabe que eu odeio gays. Não gosto de gays e não gosto de estar perto de gays. Eu sou homofóbico. Eu não gosto disso. Não deveria ser no mundo ou nos Estados Unidos." Ele também disse que se descobrisse que tinha um ou mais colegas gays, tentaria demiti-los.[24][25]

Mais tarde, Hardaway se desculpou pelas observações durante uma entrevista por telefone com a afiliada da Fox WSVN em Miami. "Eu sinto muito. Eu não deveria ter dito que odeio gays ou algo assim."[26] Ele ainda se desculpou em 15 de fevereiro em uma declaração divulgada por seu agente.[27]

No mesmo dia, a NBA respondeu aos comentários de Hardaway, removendo-o de suas atividades no All-Star Weekend no final daquela semana.[27] Seu empregador, Trinity Sports, dono do Indiana Alley Cats da CBA, o demitiu de seu cargo de Conselheiro Chefe de Operações de Basquete.[28]

Em uma entrevista em setembro de 2007, Hardaway falou sobre seus comentários, dizendo que "não tinha ideia do quanto eu machuquei as pessoas." Ele descreveu a controvérsia como "o maior erro da minha vida", e acrescentou: "Vou fazer o que puder para corrigi-la. Isso é tudo que eu posso fazer."[29]

Em uma entrevista em 11 de fevereiro de 2010, na Hardcore Sports Radio on Sirius, Hardaway falou sobre seu recente trabalho com o The Trevor Project e o The YES Institute, que ele fez para se educar sobre questões LGBT.

Em abril de 2013, quando Jason Collins se tornou o primeiro jogador masculino abertamente gay em uma grande liga profissional americana, Collins disse que Hardaway o apoiou.[30] Em julho de 2013, Hardaway foi o primeiro signatário simbólico de uma petição para colocar uma proposta de emenda à Constituição Estadual da Flórida permitindo o casamento entre pessoas do mesmo sexo.[31]

Estatísticas na NBAEditar

LEGENDA
 PJ  Partidas jogadas  PT  Partidas como titular  MPJ  Minutos por jogo  AP  Arremessos de quadra (%)
 3P  Arremessos de 3 pontos (%)  LL  Lances-livre (%)  RT  Rebotes por jogo  AS  Assistências por jogo
 BR  Roubos de bola por jogo  TO  Tocos por jogo  PPJ  Pontos por jogo  Negrito  Melhor da carreira

Temporada regularEditar

Ano Equipe PJ PT MPJ AP 3P LL RT AS BR TO PPJ
1989–90 Golden State 79 78 33.7 .471 .274 .764 3.9 8.7 2.1 .2 14.7
1990–91 Golden State 82 82 39.2 .476 .385 .803 4.0 9.7 2.6 .1 22.9
1991–92 Golden State 81 81 41.1 .461 .338 .766 3.8 10.0 2.0 .2 23.4
1992–93 Golden State 66 66 39.5 .447 .330 .744 4.0 10.6 1.8 .2 21.5
1994–95 Golden State 62 62 37.4 .427 .378 .760 3.1 9.3 1.4 .2 20.1
1995–96 Golden State 52 18 28.6 .421 .366 .769 2.5 6.9 1.4 .2 14.1
1995–96 Miami 28 28 37.4 .425 .361 .821 3.5 10.0 1.0 .2 17.2
1996–97 Miami 81 81 38.7 .415 .344 .799 3.4 8.6 1.9 .1 20.3
1997–98 Miami 81 81 37.4 .431 .351 .781 3.7 8.3 1.7 .2 18.9
1998–99 Miami 48 48 36.9 .400 .360 .812 3.2 7.3 1.2 .1 17.4
1999–00 Miami 52 52 32.2 .386 .367 .827 2.9 7.4 .9 .1 13.4
2000–01 Miami 77 77 33.9 .392 .366 .801 2.6 6.3 1.2 .1 14.9
2001–02 Dallas 54 2 23.6 .362 .341 .833 1.8 3.7 .4 .1 9.6
2001–02 Denver 14 14 23.2 .373 .373 .632 1.9 5.5 1.2 .1 9.6
2002–03 Indiana 10 0 12.7 .367 .355 .500 1.5 2.4 .9 .0 4.9
Carreira 867 529 33.0 .416 .352 .760 3.0 7.6 1.4 .1 16.1
All-Star 5 0 16.8 .386 .381 .786 2.6 4.6 1.0 .0 10.6

PlayoffsEditar

Ano Equipe PJ PT MPJ AP 3P LL RT AS BR TO PPJ
1991 Golden State 9 9 44.0 .486 .354 .789 3.7 11.2 3.1* .8 25.2
1992 Golden State 4 4 44.0 .400 .345 .649 3.8 7.3 3.3 .0 24.5
1996 Miami 3 3 36.7 .465 .364 .714 1.7 5.7 1.0 .0 17.7
1997 Miami 17 17 41.2 .359 .313 .795 4.1 7.0 1.6 .1 18.7
1998 Miami 5 5 44.4* .447 .436 .784 3.4 6.6 1.2 .0 26.0
1999 Miami 5 5 36.4 .268 .200 .625 2.8 6.4 1.0 .2 9.0
2000 Miami 7 7 26.0 .294 .206 .700 2.1 4.7 .7 .0 7.7
2001 Miami 2 2 18.0 .222 .333 .000 1.0 4.5 .0 .0 2.5
2003 Indiana 4 0 11.8 .333 .300 .000 .5 2.3 .3 .0 3.3
Carreira 56 52 33.6 .363 .316 .561 2.5 6.1 1.3 .1 14.9

Referências

  1. Richardson, Shandel. «How a product endorsed by Heat legend Tim Hardaway could help Jimmy Butler in Orlando». Sports Illustrated Miami Heat News, Analysis and More (em inglês). Consultado em 14 de julho de 2021 
  2. «1989 NBA Draft». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 14 de julho de 2021 
  3. «1990-91 Golden State Warriors Roster and Stats». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 14 de julho de 2021 
  4. «Tim Hardaway 1990-91 Game Log». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 14 de julho de 2021 
  5. «Tim Hardaway 1991-92 Game Log». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 14 de julho de 2021 
  6. «1991-92 Golden State Warriors Roster and Stats». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 14 de julho de 2021 
  7. «Tim Hardaway 1992-93 Game Log». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 14 de julho de 2021 
  8. «Tim Hardaway 1995-96 Game Log». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 14 de julho de 2021 
  9. «1996-97 Miami Heat Roster and Stats». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 14 de julho de 2021 
  10. «Tim Hardaway 1996-97 Game Log». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 14 de julho de 2021 
  11. «Tim Hardaway 1997-98 Game Log». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 14 de julho de 2021 
  12. «Tim Hardaway 1998-99 Game Log». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 14 de julho de 2021 
  13. «Tim Hardaway 1999-00 Game Log». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 14 de julho de 2021 
  14. «Tim Hardaway 2000-01 Game Log». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 14 de julho de 2021 
  15. «Dallas Mavericks Acquire Tim Hardaway - NBA Trades». nbatrades.tumblr.com. Consultado em 14 de julho de 2021 
  16. «FindArticles.com | CBSi». findarticles.com. Consultado em 14 de julho de 2021 
  17. Facebook; Twitter; options, Show more sharing; Facebook; Twitter; LinkedIn; Email; URLCopied!, Copy Link; Print (28 de março de 2003). «Struggling Pacers Sign Tim Hardaway». Los Angeles Times (em inglês). Consultado em 14 de julho de 2021 
  18. «Detroit Pistons Add to Coaching and Basketball Operations Staffs». Detroit Pistons (em inglês). Consultado em 14 de julho de 2021 
  19. «Golden State Warriors at Minnesota Timberwolves Box Score, December 27, 1991». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 14 de julho de 2021 
  20. «Heat retire No. 10 jersey of 'grateful' Hardaway». ESPN.com (em inglês). 29 de outubro de 2009. Consultado em 14 de julho de 2021 
  21. «SPORTS PEOPLE: BASKETBALL; Thomas Is Named To Dream Team II». The New York Times (em inglês). 11 de janeiro de 1994. ISSN 0362-4331. Consultado em 14 de julho de 2021 
  22. «Michigan freshman guard Tim Hardaway Jr. has shades of his father's game». AnnArbor.com. Consultado em 14 de julho de 2021 
  23. «New York Knicks make 'ironic' pick in 2013 NBA draft». USA TODAY (em inglês). Consultado em 14 de julho de 2021 
  24. «Tim Hardaway says he hates gay people - Outsports.com». web.archive.org. 19 de janeiro de 2013. Consultado em 14 de julho de 2021 
  25. «Tim Hardaway won't represent NBA at All-Star Game after anti-gay remarks - USATODAY.com». usatoday30.usatoday.com. Consultado em 14 de julho de 2021 
  26. «Tim Hardaway says 'I hate gay people'». ESPN.com (em inglês). 15 de fevereiro de 2007. Consultado em 14 de julho de 2021 
  27. a b «Hardaway Banned For Anti-Gay Slur» (em inglês). 16 de fevereiro de 2007. ISSN 0190-8286. Consultado em 14 de julho de 2021 
  28. «Indiana Alley Cats release statement regarding Tim Hardaway». OurSports Central (em inglês). 15 de fevereiro de 2007. Consultado em 14 de julho de 2021 
  29. «A contrite Tim Hardaway now embraced by some in gay community». ESPN.com. Consultado em 14 de julho de 2021 
  30. «Jason Collins gives tell-all interview». For The Win (em inglês). 1 de maio de 2013. Consultado em 14 de julho de 2021 
  31. «Formerly homophobic NBA star joins marriage-equality campaign». For The Win (em inglês). 3 de julho de 2013. Consultado em 14 de julho de 2021 

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Tim Hardaway