Tireis (em grego clássico: Tyreis) ou Sequenquete (Sekhemkhet) foi um faraó egípcio da Terceira dinastia durante o Antigo Império. Segundo a cronologia do Papiro de Turim, seu reinado se situa entre cerca de 2648 a.C. a 2640 a.C.[1] Ele também é conhecido sob o seu nome de nascimento, Djoser-tety e sob a sua forma helenizada Tyreis (na versão do historiador helenístico Manetão; derivada de Teti na lista real de Abidos).

Tireis
Nascimento século XXVIII a.C.
Morte século XXVII a.C.
Sepultamento Sacará
Progenitores
Cônjuge Djeseretnebti
Filho(s) Mesócris
Ocupação estadista
Título faraó

Ele foi provavelmente o irmão ou filho mais velho do rei Djoser, o construtor da primeira pirâmide egípcia. Pouco se sabe sobre o rei, já que ele governou por apenas alguns anos. No entanto, ele erigiu uma pirâmide de degraus em Sacará, próxima à de seu antecessor, descoberta em 1951 pelo arqueólogo Zakaria Goneim.[2] Talvez percebendo a fragilidade técnica da construção, deixou a pirâmide de Djoser inacabada.[3] No entanto, a construção de sua própria pirâmide parece ter sido mais ambiciosa, possivelmente obra também do arquiteto da pirâmide de Djoser, Imhotep, dado que consta seu nome em uma inscrição na base.[4]

Consta também como evidência de seu reinado uma inscrição bem conhecida em Uádi Magara (na Península do Sinai).[5]

Placa de marfim encontrada na pirâmide de Sekhemkhet, constando seu outro nome, Djeserty

Ver tambémEditar

Referências

  1. Alan H. Gardiner: The Royal Canon of Turin, Griffith Institute, Oxford 1997, ISBN 0-900416-48-3, Vol. 2. Transcrição online: [1].
  2. Saqqara.nl
  3. Johnson, Paul. Egito Antigo. Rio de Janeiro: Ediouro, 2009, p. 81.
  4. MALEK, Jaromir. The Old Kingdom (c. 2686-2160 BC). In: SHAW, Ian (org.). The Oxford History of Ancient Egypt. Oxford: Oxford University Press, 2002, p. 92.
  5. GIVEON, R. A second relief of Sekhemkhet in Sinaï. Bulletin of the American Schools of Oriental Research, n°216, 1974, p. 17-20.

BibliografiaEditar

  • BAUD, M. Djéser et la IIIe dynastie, Paris, 2002 (Les grands pharaons).
  • LAUER, J.-P. Au sujet du nom gravé sur la plaquette d’ivoire de la pyramide de l’Horus Sekhem-khet. Bulletin de l'Institut Français d'Archéologie Orientale, t. 61, 1962, p. 25-28.
  • LAUER, J.-P. Recherche et découverte du tombeau sud de l’Horus Sekhem-Khet dans son complexe funéraire à Saqqarah. Revue d’Égyptologie, t. 20, 1968, p. 97-107.

Precedido por
Djoser
Faraó
III Dinastia
Sucedido por
Khaba