Tito Ânio Lusco Rufo

político

Tito Ânio Lusco Rufo (em latim: Titus Annius Luscus Rufus) foi um político da gente Ânia da República Romana eleito cônsul em 128 a.C. com Cneu Otávio. Era filho de Tito Ânio Lusco, cônsul em 153 a.C.. Foi o primeiro de sua gente a utilizar o agnome "Rufo".

Tito Ânio Lusco Rufo
Cônsul da República Romana
Consulado 128 a.C.

CarreiraEditar

 
Trecho da Via Ânia, construída por Rufo (ou por seu pai).

Rufo foi pretor em 131 a.C. e, durante seu mandato, iniciou as obras da Via Ânia, que liga Adria a Aquileia.[a]

Foi eleito cônsul em 128 a.C. com Cneu Otávio, mas nada mais se sabe além disto, um evento registrado nos Fastos Consulares.[2]

Ver tambémEditar

Cônsul da República Romana
 
Precedido por:
'Caio Semprônio Tuditano

com Mânio Aquílio

Tito Ânio Lusco Rufo
128 a.C.

com Cneu Otávio

Sucedido por:
'Lúcio Cornélio Cina

com Lúcio Cássio Longino Ravila


NotasEditar

  1. É possível que o construtor da Via Ânia foi Tito Ânio Lusco Rufo, quando pretor, em 131 a.C., ou quando cônsul, em 128 a.C.; pode ainda ter sido seu pai, Tito Ânio Lusco, que foi triúnviro coloniis deducendis em 169 a.C., como registrado numa base de estátua encontrada no fórum de Aquileia.[1]

Referências

  1. M. Buora e Werner Jobst em Roma sul Danubio: da Aquileia a Carnuntum lungo la via dell'ambra (pag.57, ed. L'erma di BRETSCHNEIDER, 2002) (em italiano)
  2. RE:Annius 78

BibliografiaEditar