Tito Sêxtio Cornélio Africano

Disambig grey.svg Nota: Este artigo é sobre o cônsul em 112. Para o cônsul em 59, veja Tito Sêxtio Africano.

Tito Sêxtio Cornélio Africano (em latim: Titus Sextius Cornelius Africanus), conhecido também como Tito Sêxtio Africano[1], foi um senador romano eleito cônsul em 112 com o imperador Trajano[2][3]. Membro da gente republicana Sêxtia, Africano era filho de Tito Sêxtio Mágio Laterano, cônsul em 94[4], e de Volúsia Torquata.

Tito Sêxtio Cornélio Africano
Cônsul do Império Romano
Consulado 112 d.C.

FamíliaEditar

Africano se casou com uma nobre da gente Víbia e o casal teve pelo menos dois filhos: Sêxtia (n. c. 120), esposa de Ápio Cláudio Pulcro, cônsul sufecto em data incerta no século II, e Tito Sêxtio Laterano, cônsul em 154 com o imperador Lúcio Vero[5][4].

Ver tambémEditar

Cônsul do Império Romano
 
Precedido por:
'Caio Calpúrnio Pisão

com Marco Vécio Bolano
com Tito Avídio Quieto (suf.)
com Lúcio Égio Márulo (suf.)
com Lúcio Otávio Crasso (suf.)
com Públio Célio Apolinário (suf.)

Trajano VI
112

com Tito Sêxtio Cornélio Africano
com Cneu Pinário Cornélio Severo (suf.)
com Lúcio Múmio Níger Quinto Valério Vegeto (suf.)
com Públio Estertínio Quarto (suf.)
com Tito Júlio Máximo Manliano Broco Serviliano (suf.)
com Caio Cláudio Severo (suf.)
com Tito Setídio Firmo (suf.)

Sucedido por:
'Lúcio Publílio Celso II

com Caio Clódio Crispino
com Sérvio Cornélio Dolabela Metiliano Pompeu Marcelo (suf.)
com Lúcio Estertínio Nórico (suf.)
com Lúcio Fádio Rufino (suf.)
com Cneu Cornélio Úrbico (suf.)
com Tito Semprônio Rufo (suf.)


col-2

  1. «Trajan» (em inglês). livius.org 
  2. Alison E. Cooley, The Cambridge Manual of Latin Epigraphy (Camrbidge: University Press, 2012), pp. 467ss
  3. Bennett, Trajan: Optimus Princeps: a Life and Times, p. 183
  4. a b Biographischer Index der Antike, p. 864
  5. Mennen, Power and Status of the Roman Empire, AD 193-284, p. 200

BibliografiaEditar

  • J. Bennett, Trajan: Optimus Princeps: a Life and Times, Routledge, 1997
  • Biographischer Index der Antike (Google eBook), Walter de Gruyter, 2001
  • I. Mennen, Power and Status of the Roman Empire, AD 193-284, BRILL, 2011
  • PIR¹ S 465