Today's Zaman

O Today's Zaman ("Tempo [de] Hoje") foi um jornal diário turco de língua inglesa, fundado em 16 de janeiro de 2007.[2] Embora de certa forma correspondesse à edição em inglês do jornal em turco do mesmo grupo, o Zaman, contava com uma equipa editorial própria independente e publicava regularmente suplementos sobre tópicos especializados. O jornal cobria tanto assuntos domésticos como internacionais.[3]

Today's Zaman
Periodicidade diário
Formato standard
Sede Istambul, Turquia
Fundação 16 de janeiro de 2007
Diretor Bülent Keneş
Idioma inglês
Término de publicação 20 de julho de 2016
Circulação 4 900 — 5 500 (2011)[1]
Página oficial www.todayszaman.com

Foi encerrado em 20 de julho de 2016 por um decreto do presidente e líder do Partido da Justiça e Desenvolvimento (AKP) Recep Erdoğan, cinco dias depois da tentativa de golpe militar. Na mesma altura foram emitidos mandatos de captura a 47 dos seus colaboradores.[4]

Durante muito tempo, o jornal era geralmente visto como estando mais próximo do partido AKP do que o seu principal concorrente, o Hürriyet Daily News.[carece de fontes?]

Notas e referênciasEditar

  1. «Gazete net satişlari». www.medyatava.net (em turco). 4 de julho de 2011. Consultado em 6 de julho de 2011. Arquivado do original em 14 de outubro de 2012 
  2. «Business: New English paper launched in Turkey». www.setimes.com (em inglês). Southeast European Times. 19 de janeiro de 2007. Consultado em 6 de outubro de 2010. Arquivado do original em 27 de janeiro de 2007 
  3. Bülent Keneş (editor-chefe). «About Today's Zaman». www.todayszaman.com (em inglês). Today's Zaman. Consultado em 6 de outubro de 2010. Cópia arquivada em 6 de outubro de 2010 
  4. Johnston, Chris (27 de julho de 2016). «Turkey coup attempt: arrest warrants issued for former newspaper staff» (em inglês). The Guardian. Consultado em 23 de janeiro de 2021 


  Este artigo sobre meios de comunicação é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  Este artigo sobre a Turquia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.