Abrir menu principal
Tom Chatterton
Cena do filme Would You Forgive, de 1920, apresentando Tom Chatterton e Vivian Rich
Outros nomes Thomas Chatterton
Nascimento 12 de fevereiro de 1881
Geneva, Nova York, Estados Unidos
Nacionalidade Estados Unidos estadunidense
Morte 17 de agosto de 1952 (71 anos)
Hollywood, Los Angeles, Estados Unidos
Ocupação Ator
Cineasta
Atividade 1913-1949

Tom Chatterton (12 de Fevereiro de 188117 de Agosto de 1952), algumas vezes creditado como Thomas Chatteron, foi um ator de cinema e cineasta estadunidense que iniciou sua carreira na era do cinema mudo, continuando a atuar na era sonora. Atuou em 152 filmes entre 1913 e 1949[1] e, como cineasta, dirigiu 20 filmes nesse período.[2]

BiografiaEditar

Nascido em Geneva, Nova York , Chatterton começou sua carreira no cinema em 1913 no New York Motion Picture Company sob diretor Thomas H. Ince. Embora nunca tenha sido uma grande estrela, Chatterton teve vários papéis importantes nos primeiros filmes mudos. Ele apareceu em um grande número de westerns e foi capaz de se adaptar aos filmes sonoros que lhe permitam ter uma carreira de sucesso que durou cinco décadas.

Seu primeiro filme foi Days of '49, em 1913, pela Kay-Bee Pictures, sob direção de Thomas H. Ince. Atuou em vários westerns e seriados, e a partir dos anos 1930, começou a atuar em pequenos papéis, muitas vezes não-creditados.

Seu último filme foi The Wyoming Bandit, em 1949, num papel não-creditado, pela Republic Pictures.[3]

Faleceu em Hollywood em 1952 e foi enterrado no cemitério de Glenwood em sua cidade natal.[4][2]

FilmografiaEditar

 
Anúncio do seriado The Secret of the Submarine, de 1915, apresentando Tom Chatterton e Juanita Hansen.

Ver tambémEditar

Referências

Ligação externaEditar

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Tom Chatterton
  Este artigo sobre um ator é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.