Tom Kibble

Thomas Walter Bannerman Kibble CBE, FRS (Madras, 23 de dezembro de 19322 de junho de 2016) foi um físico britânico.

Tom Kibble
Nascimento 23 de dezembro de 1932[1]
Madras, Índia britânica
Morte 2 de junho de 2016 (83 anos)[2]
Londres, Inglaterra
Nacionalidade britânico
Alma mater Universidade de Edimburgo, BSc, MA, PhD
Prêmios Medalha Hughes (1981)
Medalha e Prêmio Rutherford (1984)
Guthrie Medal and Prize (1993)
Prêmio Sakurai (2010)
Medalha Real (2012)
Medalha Albert Einstein (2014)
Instituições Imperial College London
Campo(s) Física teórica

Seus interesses de pesquisa eram na teoria quântica de campos, especialmente a interface entre a física de partículas de alta energia e a cosmologia. Ele é mais conhecido como um dos primeiros a descrever o mecanismo de Higgs, e por sua pesquisa sobre defeitos topológicos. A partir da década de 1950 preocupou-se com a corrida armamentista nuclear e a partir de 1970 assumiu papéis de liderança na promoção da responsabilidade social do cientista.

CarreiraEditar

Kibble trabalhou nos mecanismos de quebra de simetria, transições de fase e os defeitos topológicos (monopólos, cordas cósmicas ou paredes de domínio) que podem ser formados.

Ele é mais conhecido por sua co-descoberta do mecanismo de Higgs e do bóson de Higgs com Gerald Guralnik e C. R. Hagen.[3][4][5] Como parte da celebração do 50º aniversário da Physical Review Letters, o jornal reconheceu esta descoberta como um dos marcos da história da PRL.[6]  Por esta descoberta, Kibble recebeu o Prêmio JJ Sakurai de Física de Partículas Teóricas de 2010 da American Physical Society.  Embora Guralnik, Hagen e Kibble sejam amplamente considerados como os autores dos primeiros artigos mais completos na teoria de Higgs, eles foram controversamente não incluídos no Prêmio Nobel de Física de 2013.[7][8][9][10][11][12][13][14] Em 2014, o ganhador do Prêmio Nobel Peter Higgs expressou decepção por Kibble não ter sido escolhido para compartilhar o Prêmio Nobel com François Englert e ele mesmo.[15]

Kibble foi o pioneiro no estudo da geração de defeitos topológicos no início do universo.[16] O mecanismo paradigmático de formação de defeitos em uma transição de fase de segunda ordem é conhecido como mecanismo Kibble-Zurek. Seu artigo sobre cordas cósmicas introduziu o fenômeno na cosmologia moderna.[17]

Ele foi um dos dois co-presidentes de um programa de pesquisa interdisciplinar financiado pela European Science Foundation (ESF) em Cosmologia no Laboratório (COSLAB), que funcionou de 2001 a 2005. Ele foi anteriormente o coordenador de uma Rede ESF sobre Defeitos Topológicos em Física de Partículas, Matéria Condensada e Cosmologia (TOPDEF).[18]

 
Tom Kibble, Gerald Guralnik, Carl Richard Hagen, François Englert e Robert Brout na cerimônia de entrega do Prêmio Sakurai de 2010

PublicaçõesEditar

Em 1966, Kibble foi coautor, com Frank H. Berkshire, de um livro-texto, Mecânica Clássica,[19] que em 2016 ainda está sendo impresso e agora está em sua 5ª edição inglesa.[20]

MorteEditar

Tom Kibbe morreu em Junho de 2016.

Ver tambémEditar

Referências

  1. The International Who's Who 1996-97 60 ed. [S.l.]: Europa Publications. 1996. pp. 826–827. ISBN 9781857430219  [1]
  2. «Tom Kibble, UK physicist who worked on Higgs boson dies, says university». Agence France-Presse. The Daily Telegraph. 2 de junho de 2016. Consultado em 3 de junho de 2016 
  3. «Phys. Rev. Lett. 13, 585 (1964) – Global Conservation Laws and Massless Particles». Physical Review Letters 
  4. Guralnik, Gerald S. (2009). «The History of the Guralnik, Hagen and Kibble development of the Theory of Spontaneous Symmetry Breaking and Gauge Particles». International Journal of Modern Physics A. 24 (14): 2601–2627. Bibcode:2009IJMPA..24.2601G. arXiv:0907.3466 . doi:10.1142/S0217751X09045431 
  5. «Guralnik, G S; Hagen, C R and Kibble, T W B (1967). Broken Symmetries and the Goldstone Theorem. Advances in Physics, vol. 2» (PDF) 
  6. «Physical Review Letters – Letters from the Past – A PRL Retrospective». Physical Review Letters 
  7. «2013 Nobel Prize in Physics». www.aps.org (em inglês). Consultado em 2 de junho de 2021 
  8. Achenbach, Joel (8 de outubro de 2013). «Higgs, Englert get Nobel; not the scientists who confirmed theory». Washington Post (em inglês). ISSN 0190-8286. Consultado em 2 de junho de 2021 
  9. «Higgs's bosuns». The Economist. 12 de outubro de 2013. ISSN 0013-0613. Consultado em 2 de junho de 2021 
  10. «Why are some scientists unhappy with the Nobel prizes?». The Economist. 10 de outubro de 2013. ISSN 0013-0613. Consultado em 2 de junho de 2021 
  11. «House of dreams». The Economist. 3 de março de 2012. ISSN 0013-0613. Consultado em 2 de junho de 2021 
  12. Guralnik, G. S; Hagen, C. R (2014). «Where have all the Goldstone bosons gone?». Modern Physics Letters A. 29 (9). 1450046 páginas. Bibcode:2014MPLA...2950046G. arXiv:1401.6924 . doi:10.1142/S0217732314500461 
  13. «Gerald Guralnik, 77, a 'God Particle' Pioneer, Dies». The New York Times. 3 de maio de 2014 
  14. «Tom Kibble, Physicist Who Helped Discover the Higgs Mechanism, Dies at 83». The New York Times. 19 de julho de 2016 
  15. «Early night cost Higgs credit for big physics theory». Consultado em 18 de fevereiro de 2014 
  16. Kibble, T. W. B. (1976). «Topology of cosmic domains and strings». J. Phys. A: Math. Gen. 9 (8): 1387–1398. Bibcode:1976JPhA....9.1387K. doi:10.1088/0305-4470/9/8/029 
  17. Hindmarsh, M.; Kibble, T. (1995). «Cosmic strings». Rep. Prog. Phys. 58 (5): 477–562. Bibcode:1995RPPh...58..477H. arXiv:hep-ph/9411342 . doi:10.1088/0034-4885/58/5/001 
  18. «Academy of Europe: CV». www.ae-info.org. Consultado em 2 de junho de 2021 
  19. Kibble T W B and Berkshire F H (1966) Classical Mechanics. McGraw-Hill, London.
  20. Kibble, T W B and Berkshire, F H (2004) Classical Mechanics. McGraw-Hill, London.

Ligações externasEditar


Precedido por
Francis Farley
Medalha Hughes
1981
Peter Higgs
Sucedido por
Drummond Hoyle Matthews e Frederick Vine
Precedido por
Steven Ley, Robin Holliday e Gregory Winter
Medalha Real
2012
Kenneth Murray e Andrew Bruce Holmes
Sucedido por
Rodney Baxter, Walter Bodmer e Peter Neil Temple Wells


  Este artigo sobre um(a) físico(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.