Abrir menu principal

Wikipédia β

Tomislav Ivković

Tomislav Ivković (Zagreb, 11 de agosto de 1960) é um ex-futebolista e treinador de futebol croata, que jogava na posição de goleiro.[1]

Tomislav Ivković
Informações pessoais
Nome completo Tomislav Ivković
Data de nasc. 11 de agosto de 1960 (57 anos)
Local de nasc. Zagreb, Jugoslávia Iugoslávia
Informações profissionais
Equipa atual Croácia Slaven Belupo
Posição Treinador (Ex-goleiro)
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
1978–1982
1982-1983
1983–1984
1985–1986
1986–1988
1988
1989
1989–1993
1993
1994
1994–1996
1996–1997
1997–1998
Jugoslávia Dínamo Zagreb
Jugoslávia Dinamo Vinkovci
Jugoslávia Estrela Vermelha
Áustria Wacker Innsbruck
Áustria Swarovski Tirol
Áustria Wiener Sport-Club
Bélgica Genk
Portugal Sporting Lisboa
Portugal Estoril
Portugal Vitória Setúbal
Portugal Belenenses
Espanha Salamanca
Portugal Estrela da Amadora
53 (1)
15 (0)
46 (0)
23 (0)
65 (1)
15 (0)
14 (0)
133 (0)
9 (0)
17 (0)
64 (0)
6 (0)
34 (0)
Seleção nacional
1983–1991 Flag of Yugoslavia (1943–1992).svg Iugoslávia 38 (0)
Times/Equipas que treinou
2004–2006
2006–2009
2009
2010
2011–2015
2016
2016–2017
2017–
Bandeira da Croácia Croácia (treinador de goleiros)
=Emirados Árabes Unidos Al-Shaab (treinador de goleiros)
Irã Persepolis (auxiliar-técnico)
Croácia Međimurje
Croácia NK Lokomotiva
Croácia NK Lokomotiva
Arábia Saudita Al-Faisaly
Croácia Slaven Belupo



7
130
18
12
Medalhas
Jogos Olímpicos
Bronze Los Angeles 1984 Equipe

Índice

CarreiraEditar

Clubes locaisEditar

Nascido na capital da República Croata da Iugoslávia, começou a carreira em 1978 no principal clube da cidade, o Dínamo de Zagreb, onde permaneceu até 1982, quando foi campeão do campeonato iugoslavo.

Após ficar a temporada seguinte no Dinamo Vinkovci, foi em seguida para o Estrela Vermelha de Belgrado, capital da República Sérvia e do país, sendo em sua primeira temporada no clube novamente campeão nacional.

Áustria, Bélgica, Portugal e EspanhaEditar

Ivković passaria a jogar no estrangeiro em 1985, na Áustria, permanecendo duas temporadas no Wacker Innsbruck, uma no Swarovski Tirol e outra no Wiener Sport-Club, saindo do país em 1989. Após breve passagem no Genk, da Bélgica, rumou no mesmo ano para Portugal, onde foi defender as balizas do Sporting Club de Portugal.

Permaneceria no futebol lusitano, o que lhe fez desenvolver fluência na língua portuguesa, até 1996, passando, após sair do Sporting em 1993, por Estoril, Vitória de Setúbal e Belenenses. Após uma temporada na Espanha, no Salamanca, voltou a Portugal em 1997 para jogar sua última temporada como profissional, no Estrela da Amadora.

Seleção IugoslavaEditar

Pela Seleção Iugoslava, jogou de 1983 a 1991, em um total de 38 partidas. Não chegou a jogar pela Croácia, após a independência de sua terra natal, e pelo antigo país participou da Eurocopa de 1984, da conquista do bronze olímpico no mesmo ano, nos Jogos de Los Angeles, e da Copa do Mundo de 1990, o último disputado pela Iugoslávia antes das guerras de independência.

No mundial de 1990, a seleção chegou até as quartas-de-final, quando foram eliminados pela Seleção Argentina de Futebol na disputa por pênaltis. Foi, talvez, o jogo mais lembrado da carreira de Ivković, por ter defendido a cobrança de Maradona.

Após pararEditar

Integrou a comissão técnica de Zlatko Kranjčar quando este foi treinador da Seleção Croata, de 2004 a 2006, sendo preparador de goleiros. Após a demissão deste do cargo após a eliminação precoce na Copa do Mundo de 2006, seguiu-o e exerceria a mesma função no clube que Kranjčar dirigia na época, o Al-Shaab, dos Emirados Árabes, permanecendo até 2009. Trabalhou ainda como auxiliar-técnico no Persepolis FC do Irã, no mesmo ano.

Estreou como técnico de futebol em 2010, comandando o Međimurje. Treinou ainda NK Lokomotiva e Al-Faisaly antes de assinar com o Slaven Belupo em outubro de 2017.

Referências