Tommi Mäkinen

Tommi Antero Mäkinen (Puuppola, Finlândia, 26 de Junho de 1964) é um ex-piloto finlandês de ralis.

Tommi Mäkinen
Wrc fin 2004 makinen.jpg
Tommi Mäkinen dando autógrafos antes do Rali da Finlândia de 2004
Registros no Campeonato Mundial de Rali
Nacionalidade Finlândia Finlandesa
Anos de atividade 19872003
Equipes Nissan, Mitsubishi, Subaru World Rally Team
Ralis mundiais 139
Campeonatos 4 (1996, 1997, 1998, 1999)
Vitórias 24
Pódios 45
Vitórias em etapas 362
Pontos 544
Primeiro rali no mundial 1987 Rali da Finlândia
Primeira vitória 1994 Rali da Finlândia
Última vitória 2002 Rali de Monte Carlo
Último rali no mundial 2003 Rali da Grã-Bretanha

Mäkinen é um dos mais prestigiados condutores de rali de todos os tempos, tendo conquistado 4 campeonatos, empatado com Juha Kankkunen.

Atualmente é assessor de automobilismo na Toyota. [1]

CarreiraEditar

 
Mitsubishi Lancer Evolution de Tommi Mäkinen de 2001.

Foi vencedor do Campeonato Mundial de Rali (WRC) por quatro vezes consecutivas em 1996, 1997, 1998 e 1999, e em todas as ocasiões conduzindo um Ralliart Mitsubishi Lancer Evolution. Venceu também em 2000 a Corrida dos Campeões. Dos navegadores de Tommi destacam-se os compatriotas Seppo Harjanne e Risto Mannisenmäki, o último se aposentou com Mäkinen tendo acompanhado também o campeão de 1985, o 'Finlandês Voador' Timo Salonen.

A primeira vitória de Mäkinen foi em 1994, no Rali dos 1000 Lagos (agora designado de Neste Rally Finland), ao volante de um Ford Escort RS Cosworth. A Mitsubishi tinha oferecido um bom contrato a Mäkinen, com o novo Lancer Evolution para a época seguinte, no qual se tornaria numa relação duradoura. Com uma vitória no Rali Safari em 1996, provou o seu valor e no final da temporada na Austrália conseguiu o tão desejado título, distante do seu rival de sempre Colin McRae.

Em 2000, não conseguiu revalidar o título obtido na temporada anterior. Nesse ano a Mitsubishi produziu a "Tommi Mäkinen edition", uma versão de estrada do Lancer Evolution VI. Este carro tinha uma dianteira diferente do Evo VI, e alguns modelos dispunham de uma pintura vermelha e branca, tornando um verdadeiro carro de Tommi. Manteve-se na Mitsubishi até ao final da temporada de 2001, tendo quase posto fim à carreira do seu co-piloto Mannisenmäki, quando no Rali da Córsega bateram violentamente, e o seu navegador acabou por fracturar a coluna vertebral.

A mudança para a Subaru trouxe-lhe mais uma vitória, em 2002 em Monte Carlo, após um empolgante duelo com o talentoso e emergente Sébastien Loeb, que acabaria desclassificado, devido a uma troca ilegal de pneus antes da partida para a terceira e última etapa. Mas depois, a sua forma nunca mais seria a mesma, o que não lhe permitiu ganhar mais nenhum título.

Retirou-se dos ralis no final de 2003, com um 3º lugar no Rali da Grã-Bretanha desse ano.

Em 2015 foi anunciado que a Toyota retornaria ao campeonato mundial de rally para a temporada 2017, Tommi foi apontado como o líder geral da equipe nesse retorno. [2]

Na temporada de retorno, sob o comando de Tommi a equipe conseguiu duas vitórias e cinco pódios na temporada [3]

Entre a temporada 2018-2020, a equipe liderada por Tommi venceu um campeonato de construtores em 2018, e dois campeonatos mundiais de pilotos em 2019 e 2020. [4]

Vitórias no WRCEditar



| 1 |   44th 1000 Lakes Rally | 1994 | Seppo Harjanne | Ford Escort RS Cosworth
| 2 |   45th International Swedish Rally | 1996 | Seppo Harjanne | Mitsubishi Lancer Evo 3
| 3 |   44th Safari Rally Kenya | 1996 | Seppo Harjanne | Mitsubishi Lancer Evo 3

| 4 |   16º Rally Argentina | 1996 | Seppo Harjanne | Mitsubishi Lancer Evo 3

| 5 |   46th Neste 1000 Lakes Rally | 1996 | Seppo Harjanne | Mitsubishi Lancer Evo 3

| 6 |   9th API Rally Australia | 1996 | Seppo Harjanne | Mitsubishi Lancer Evo 3

| 7 |   30º TAP Rallye de Portugal | 1997 | Seppo Harjanne | Mitsubishi Lancer Evo 4

| 8 |   33º Rallye Catalunya-Costa Brava (Rallye de España) | 1997 | Seppo Harjanne | Mitsubishi Lancer Evo 4

| 9 |   17º Rally Argentina | 1997 | Seppo Harjanne | Mitsubishi Lancer Evo 4

| 10 |   47th Neste Rally Finland | 1997 | Risto Mannisenmäki | Mitsubishi Lancer Evo 4

| 11 |   47th International Swedish Rally | 1998 | Risto Mannisenmäki | Mitsubishi Lancer Evo 4

| 12 |   18º Rally Argentina | 1998 | Risto Mannisenmäki | Mitsubishi Lancer Evo 5

| 13 |   48th Neste Rally Finland | 1998 | Risto Mannisenmäki | Mitsubishi Lancer Evo 5

| 14 |   40º Rallye Sanremo - Rallye d'Italia | 1998 | Risto Mannisenmäki | Mitsubishi Lancer Evo 5

| 15 |   11th API Rally Australia | 1998 | Risto Mannisenmäki | Mitsubishi Lancer Evo 5

| 16 |   67ème Rallye Automobile de Monte-Carlo | 1999 | Risto Mannisenmäki | Mitsubishi Lancer Evo 6

| 17 |   48th International Swedish Rally | 1999 | Risto Mannisenmäki | Mitsubishi Lancer Evo 6

| 18 |   29th Rally New Zealand | 1999 | Risto Mannisenmäki | Mitsubishi Lancer Evo 6

| 19 |   41º Rallye Sanremo - Rallye d'Italia | 1999 | Risto Mannisenmäki | Mitsubishi Lancer Evo 6

| 20 |   68ème Rallye Automobile de Monte-Carlo | 2000 | Risto Mannisenmäki | Mitsubishi Lancer Evo 6

| 21 |   69ème Rallye Automobile de Monte-Carlo | 2001 | Risto Mannisenmäki | Mitsubishi Lancer Evo 6

| 22 |   35º TAP Rallye de Portugal | 2001 | Risto Mannisenmäki | Mitsubishi Lancer Evo 6

| 23 |   49th Safari Rally Kenya | 2001 | Risto Mannisenmäki | Mitsubishi Lancer Evo 6

| 24 |   70ème Rallye Automobile de Monte-Carlo | 2002 | Kaj Lindström | Subaru Impreza WRC

Ver tambémEditar

Ligações externasEditar

  1. CORPORATION, TOYOTA MOTOR. «Toyota Motor Corporation Announces Appointment of Tommi Makinen as a Motorsport Advisor | Toyota | Global Newsroom». Toyota Motor Corporation Official Global Website (em inglês). Consultado em 12 de julho de 2021 
  2. «Tommi Mäkinen leads Toyota GAZOO Racing's WRC return in 2017». Toyota UK Magazine (em inglês). 7 de julho de 2015. Consultado em 12 de julho de 2021 
  3. «Toyota Gazoo Racing WRT | FIA Results and Statistics». fiaresultsandstatistics.motorsportstats.com. Consultado em 12 de julho de 2021 
  4. «Toyota Gazoo Racing WRT | FIA Results and Statistics». fiaresultsandstatistics.motorsportstats.com. Consultado em 12 de julho de 2021