Tor (quadrinhos)

Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Tor.

Tor é um personagem fictício de quadrinhos estadunidense criado pelo escritor e desenhista Joe Kubert. Apareceu pela primeira vez na revista 1,000,000 Years Ago! de setembro de 1953, publicada pela St. John Publications. O personagem teve aventuras publicadas também por DC Comics, Eclipse Comics e outras editoras americanas. A Editora Brasil-América (Ebal) lançou no Brasil os quadrinhos da DC Comics com o personagem que foi o principal de nova série da revista "O Herói" (em formatinho), a partir de outubro de 1976, e que durou cinco números. A DC Comics tinha outro personagem com o mesmo nome, o mestre da magia Tor,[1] cujos direitos adquirira da Quality Comics. Antes, Tor aparecera em 1954 pela editora Vida Doméstica [2] e em 1956, pela Editora Novo Mundo, onde teve histórias produzidas por artistas brasileiros inclusive roteiro de Gedeone Malagola.[3]

Tor
Criado(a) por Joe Kubert
Amigo(s) Chee-chee (pequeno mascote símio)
Aparições
Primeira aparição 1,000,000 Years Ago! número 1 (setembro de 1953)
Editora(s) St. John Comics, DC Comics

Tor era um herói pré-histórico, "parecido com Tarzan", segundo Kubert, que também declarou que o primitivo personagem era seu preferido.[4] Tor frequentemente caçava e lutava contra dinossauros, o que não é historicamente preciso pois os humanos surgiram eras depois da extinção daqueles grandes animais.

História da publicaçãoEditar

Após seu lançamento no primeiro número da revista 1,000,000 Years Ago, Tor teve a primazia de ter sua aventura seguinte lançada em 3-D (uma das primeiras revistas a usar desse recurso), no segundo número da série que, contudo, teve o título mudado para 3-D Comics.[5] Já no terceiro número, voltando às tradicionais duas dimensões, o título foi alterado novamente e recebeu o nome do personagem, Tor, com publicação em maio de 1954. A revista continuaria até o número 5 (outubro de 1954), quando foi cancelada.

Em 1959, Joe Kubert em parceria com Carmine Infantino que fazia a arte-final dos desenhos, tentou sem sucesso lançar Tor como uma tira diária de jornal. Eles produziram 12 tiras diárias que depois apareceriam no fanzine americano Alter Ego número 10 (1969). Posteriormente foram expandidas para 16 páginas para ser a aventura de estréia da revista Tor #1, da DC Comics. Essa nova série duraria 6 revistas, publicadas entre 1974-1975.[6]

Eclipse Comics republicou a revista 3-D Comics com Tor, tanto na versão 3-D como em não-3D, ambas em 1986. A revista Sojourn apresentou novas aventuras de Tor de autoria de Kubert, e, em 1993, o selo da Marvel Comics chamado Epic publicou uma minissérie em quatro partes chamada Tor[carece de fontes?] com novas histórias de Kubert, que adquiriu e mantinha os direitos sobre o personagem.[7]

Alter Ego #77 (maio de 2008) teve um longo artigo sobre os quadrinhos publicados pela St. John, de autoria do historiador Ken Quattro. A capa reproduziu a da revista Tor #3 baseada na arte original e Roy Thomas entrevistou Joe Kubert sobre sua experiência naquela antiga editora.

Entre 2001 e 2003, a DC Comics publicou três volumes com capa dura que receberam o título de Tor. Em 2008 a mesma editora publicou minissérie em seis partes. Em 2009, a DC publicou umas coleção em capa dura chamada Tor: A Prehistoric Odyssey e em 2010, a mesma publicação em brochura.

Uma aventura de duas páginas foi desenhada por Lou Fine para uma companhia de brinquedos, Wham-O Giant Comics (1967), que trazia um personagem pré-histórico chamado Tor, mas sem relação com o herói criado por Kubert.

RecepçãoEditar

Em The Dinosaur Scrapbook, Donald F. Glut escreveu sobre Tor: "Graças ao trabalho e ao amor óbvio que entrou na série, o que pode ter se tornado uma tira de aventura padrão, com o homem lutando contra monstros nas configurações e situações usuais do mundo pré-histórico , foi elevado a arte."Glut, Don (1982). The Dinosaur Scrapbook. Lyle Stuart. p. 193. ISBN 978-0806508160.</ref>


Bibliografia da publicação originalEditar

As primeiras seis revistas com Tor tiveram histórias republicadas em três diferentes revistas, além de várias edições da lançada em 3-D:

  • 1,000,000 Years Ago (setembro de 1953)
Tor em "Dawn", 11 páginas mais uma página extra, 11 páginas republicadas em Tor #2 da DC Comics; "Danny Dreams", 7 páginas, republicada em Tor #2 da DC Comics.
  • 3-D Comics #2 (outubro de 1953)
"Tor" 8 páginas; "Fire", 6 páginas; "Imagine", 3 páginas, todas republicadas em Tor #6 da DC Comics.
  • 3-D Comics #2 (novembro de 1953)
"Killer Man", 6 páginas, republicada em Tor #4 da DC Comics; "Giant-One", 10 páginas + 2 páginas extras, republicada em Tor #5 da DC Comics; "The Run-Away".
  • Tor #3 (maio de 1954)
"Isle of Fire", 11 páginas republicadas em DC Tor 3; "Black Valley", 9 páginas republicada em Tor # 4 da DC Comic #4 com 1 página extra; "Danny Dreams", por Alex Toth (que depois produziria para a TV o super-herói pré-histórico Mightor).
  • Tor #4 (julho de 1954)
"Red Death", 10 páginas; "Last Chance", 4 páginas; "Great Wolf", 7 páginas.
  • Tor #5 (outubro de 1954)
"Falling Fire", 10 páginas; "Murder", 4 páginas; "Man-Beast", 7 páginas.

ColetâneasEditar

As três edições em capa dura foram publicadas com o título em inglês "DC Comics Joe Kubert Library" e republicaram os quadrinhos da década de 1950 editadas pela St. John, além dos novos lançados em 1975 pela DC nas revistas Tor #1-6, e a minissérie de 1993 da Marvel/Epic, Tor #1-4.

Referências

  1. International Hero Acessado em 25-01-13
  2. Alexandre Callari (Setembro/Outubro de 2010). Dossiê DC 75 Anos - Um Novo Começo. Revista Mundo dos Super-Heróis #23
  3. Toni Rodrigues. «O Homem-Mosca #1 (La Selva)». Universo HQ 
  4. http://www.universohq.com/quadrinhos/entrevista_kubert01.cfm Arquivado em 29 de março de 2013, no Wayback Machine. Universohq Acessado em 25-01-13
  5. Schelly, William (2013). American Comic Book Chronicles: The 1950s. TwoMorrows Publishing. p. 78. ISBN 9781605490540
  6. McAvennie, Michael; Dolan, Hannah, ed. (2010). "1970s". DC Comics Year By Year A Visual Chronicle. Dorling Kindersley. p. 163. ISBN 978-0-7566-6742-9</. Em conjunto com o lançamento da DC de títulos de fantasia / aventura, o escritor e artista Joe Kubert reviveu Tor, o homem das cavernas cuja lenda começou no início dos anos 1950 ... O renascimento de Kubert de Tor durou seis edições.
  7. «Don Markstein's Toonopedia: Tor: One Million Years Ago» 

Ligações externasEditar