Abrir menu principal
Torcida Garra Alvinegra
Fundação 03 de março de 1991 (28 anos)
Alcunhas Garra, TGA, Morcegos
Cores
Símbolo Morcego
Sede  Natal
Presidente Brasil Bertrand Satre (Vamp)
Patrono Brasil Ral
Página oficial

A Torcida Garra Alvinegra, ou simplesmente TGA ou Gang, é a maior torcida organizada do ABC Futebol Clube. A torcida, cujo antigo nome é Gang Alvinegra, está organizada em 6 comandos (Norte, Sul, Leste, Oeste, Interior e Feminino) que compõem sua gestão administrativa. Atualmente, a instituição é o grêmio relacionado a futebol mais antigo em atividade do Rio Grande do Norte.

HistóriaEditar

A criação da Garra Alvinegra ocorreu quando cinco amigos de trabalho - Ral, Dado, Padilha, Patola e Mesandro - sentiram a necessidade de realizar algo mais pelo ABC Futebol Clube. Após o expediente, foram ao calçadão da Cidade Alta para planejar a futura torcida jovem do ABC, decidindo formar uma torcida organizada que fosse pro campo para vibrar e dar um novo impulso na definição de torcida no Rio Grande do Norte.

Decidiram ali mesmo o nome dessa torcida: Gang Alvinegra, hoje Garra. O morcego foi batizado como o seu "mascote" oficial, já que na Frasqueira (área onde ficava localizada a torcida do ABC no Machadão) havia muitos deles alojados na marquise. Com recursos próprios, confeccionaram a 1ª faixa da história da Gang e estrearam-na no dia 3 de março de 1991 tendo o apoio de mais 75 amigos, consequentemente os primeiros componentes da Torcida. Do sonho daqueles jovens, da semente plantada, hoje a Garra Alvinegra é uma torcida sólida mesmo passando por adversidades.[1]

Localização nos Jogos do ABCEditar

RivalidadeEditar

Historicamente, a Garra Alvinegra possui uma violenta rivalidade com a Torcida Máfia Vermelha, do América Futebol Clube. As duas torcidas, que possuem basicamente mesmas ideologias, já protagonizaram diversas cenas de selvagerias, sendo as duas torcidas organizadas que mais matam no Brasil.[2]

Devido a proximidade com Natal-RN, outras rivais históricas da Torcida Garra Alvinegra são: Leões da TUF do Fortaleza Esporte Clube e Inferno Coral do Santa Cruz Futebol Clube. Ambas as torcidas são aliadas da Torcida Máfia Vermelha.

Mudança de NomeEditar

No ano de 2004, por determinação do Ministério Público, a Torcida Gang Alvinegra fica impossibilitada de frequentar praças esportivas em todo o Brasil, fazendo assim, com que sua denominação fosse mudada para Torcida Garra Alvinegra. Apesar da mudança, popularmente a instituição ainda é conhecida como Gang Alvinegra ou simplesmente "Gang".

PresidentesEditar

Nome Mandato
Ral 1991 - 1995
Fábio Cearense 1995 - 1999
Alex "Seboso" 1999 - 2000
Charles "Boloto" 2000 - 2001
Júlio César "Soul Boy" 2001 - 2002
Leonardo Augusto "Fininho" 2002 - 2003
Leandro Sato "Japa" 2003 - 2005
Germano Andrei 2005 - 2006
Jason "Snoopy" 2006 - 2007
Daniel Melo "Gago" 2007 - 2012
Cristiano Fasanaro "Microfone" 2012 - 2016
Verlanio Tobias "Gago" 2016 - 2017
Júnior Lima "Piolho" 2017 - 2018
Bertrand Satre "Vamp" 2018 - Atualmente

CronologiaEditar

  • 2004: Por determinação do Ministério Público, a torcida fica impossibilitada de utilizar o nome Gang Alvinegra e passa-se a denominar-se Garra Alvinegra.
  • 2009: A Garra Alvinegra muda sua cor padrão preta para o branco.
  • 2017: Seu ex-presidente Leonardo Augusto (Fininho) é alvejado e morto em Natal-RN.[3]
  • 2018: Após 17 anos, a Torcida Garra Alvinegra muda seu escudo oficial predominantemente azul para branco.

Aliadas e AmizadesEditar

UF Nome Clube
  Torcida Organizada Bamor Esporte Clube Bahia
  Torcida Uniformizada Terror Tricolor Esporte Clube Bahia
  Torcida Jovem Fanáutico Clube Náutico Capibaribe
  Torcida Comando Alvinegro Central Sport Club
  Torcida Organizada Cearamor Ceará Sporting Club
  Movimento Organizado Força Independente Ceará Sporting Club
  Torcida Fúria Icasiana Associação Desportiva Recreativa Cultural Icasa
  Torcida Império Vermelho Associação Cultural e Desportiva Potiguar
  Ultras 1915 ABC Futebol Clube
  Torcida Jovem do Botafogo Botafogo Futebol Clube (João Pessoa)
  Fúria Independente Botafogo Futebol Clube (João Pessoa)
  Tubarões da Fiel Sampaio Corrêa Futebol Clube
  Sampaio Roots Sampaio Corrêa Futebol Clube
  Torcida Esporão do Galo River Atlético Clube
  Torcida Uniformizada Terror Bicolor Paysandu Sport Club
  Facção Jovem Paysandu Sport Club
  Mancha Alviverde Sociedade Esportiva Palmeiras
  Torcida Uniformizada do Palmeiras Sociedade Esportiva Palmeiras
  Força Jovem do Vasco Clube de Regatas Vasco da Gama
  Ira Jovem do Vasco Clube de Regatas Vasco da Gama
  Torcida Jovem do Botafogo Botafogo de Futebol e Regatas
  Fúria Jovem do Botafogo Botafogo de Futebol e Regatas
  Galoucura Clube Atlético Mineiro
  Força Jovem do Goiás Goiás Esporte Clube
  Ira Jovem do Gama Sociedade Esportiva do Gama
  Geral do Grêmio Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense
  Torcida Jovem do Grêmio Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense
  Mancha Verde Esporte Clube Juventude
  Império Alviverde Coritiba Football Club

CriseEditar

A partir do ano 2014, com o aumento da violência nas torcidas organizadas de Natal (Rio Grande do Norte), a Garra Alvinegra passa a enfrentar a maior crise de sua história. Com o fechamento de sua sede motivada à violência, má administração e escassez de recursos, a torcida passa a acompanhar um cenário negro em sua trajetória. Grande parte de seus componentes afastam-se e consequentemente é instalado um caos que estende-se até os dias atuais.

O Resgate da HistóriaEditar

No ano de 2017, com a crise instalada nas torcidas do Rio Grande do Norte, a Garra Alvinegra adotou como lema "O Resgate da História", que visa reconquistar o gosto dos torcedores ABCdistas com a torcida organizada, além de buscar trabalhar com a ideologia inicial da Torcida Gang Alvinegra.

Desde então, a agremiação vem pregando o respeito dentro e fora dos estádios, com campanhas educativas banalizando as mortes ocasionadas por torcidas organizadas e promovendo a inclusão social, cultural e preservação ambiental no Rio Grande do Norte. Atualmente, a torcida promove uma ação social/ambiental mensalmente com o objetivo de reconstruir sua imagem perante a crítica popular.

Além disto, o novo corpo diretor visa incrementar uma visão política mais evidente no que diz respeito a democracia na Garra Alvinegra e no ABC Futebol Clube.

Referências

Ligações externasEditar