Torneio Rio-São Paulo de 1933

O Torneio Rio-São Paulo de 1933 foi a primeira edição do Torneio Rio-São Paulo e, que também marcou a história do futebol brasileiro por ter sido o primeiro campeonato profissional de futebol no Brasil. As partidas do Torneio Rio-São Paulo 1933 disputadas entre times de mesmos estados, foram válidas também pelos seus respectivos campeonatos estaduais (Campeonato Paulista e Campeonato Carioca). A competição teve como campeão a equipe do Palestra Itália (atual Palmeiras).[1][2]

Torneio Rio-São Paulo de 1933
Torneio Rio-São Paulo de 1933
Dados
Organização Federação Brasileira de Futebol[1]
Período 7 de maio – 10 de dezembro
Gol(o)s 548
Partidas 132
Média 4,15 gol(o)s por partida
Campeão São Paulo Palmeiras
Vice-campeão São Paulo São Paulo
Melhor marcador Waldemar de Brito (São Paulo)
(33 gols)
Soccerball.svg 1934 ►►

HistóriaEditar

 
Elenco do Palestra Itália, primeira equipe campeã do Torneio Rio-São Paulo em 1933.
 
Time do Santos no Torneio Rio-São Paulo, 1933.

A origem do Torneio Rio-São Paulo remonta as disputas políticas motivadas pelas discussões em torno do amadorismo e do profissionalismo do futebol no Brasil no início da década de 1930. Frente à postura da Confederação Brasileira de Desportos (CBD, precursora da atual CBF), favorável a manutenção da veia amadora, um grupo de clubes paulistas (vinculados à Associação Paulista de Esportes Atléticos) e cariocas (ligados à Liga Carioca de Futebol) rompeu com a confederação para criar a Federação Brasileira de Futebol (FBF, sem relação com a primeira entidade com este nome criada em 1915).[1]

Para se afirmar nacionalmente ante à CBD, que organizava o Campeonato Brasileiro de seleções estaduais de futebol, uma das primeiras iniciativas da FBF foi a organização de um Campeonato Brasileiro de clubes de futebol profissional.[1] No entanto, como só as associações do Distrito Federal (atual município do Rio de Janeiro) e de São Paulo, estavam formalmente filiadas à FBF, o campeonato de 1933 contou apenas com equipes desses dois grandes centros do futebol nacional, em razão disso, portanto este campeonato foi a origem do Torneio Rio–São Paulo que seria, ao longo da década de 1950 e início da de 1960, uma dos mais tradicionais torneios do futebol brasileiro, o Torneio Rio-São Paulo de 1933 também ficou marcado por ser a primeira competição da era do profissionalismo do futebol brasileiro.[1]

No entanto, a edição seguinte da competição interestadual foi interrompida ainda na fase classificatória devido a disputas políticas, com clubes trocando de federações, em meio ao processo de profissionalização do futebol no Brasil.[3]

RegulamentoEditar

O campeonato foi disputado em sistema de pontos corridos.Todos os times jogaram todos contra todos em partidas de ida-e-volta, no final o Palestra Itália foi campeão, e o São Paulo foi vice-campeão, com o Palestra tendo sido campeão ao vencer o Fluminense por 2 a 1 em São Paulo, perante cerca de 25.000 torcedores.[4]

As duas vitórias do Palestra sobre o São Paulo, no turno e no returno (3 a 2 e 1 a 0), foram fundamentais para definir o título, pois o Palestra terminaria a competição dois pontos a frente do São Paulo.[5]

ClassificaçãoEditar

Classificação Final
Times Pts J V E D GP GC SG
1   Palestra Itália 36 22 17 2 3 67 25 +42
2   São Paulo 34 22 16 2 4 75 31 +44
3   Portuguesa 30 22 12 6 4 57 33 +24
4   Bangu 29 22 13 3 6 65 46 +19
5   Vasco da Gama 24 22 10 4 8 44 31 +13
6   Corinthians 22 22 10 2 10 31 51 -20
7   Fluminense 20 22 8 4 10 38 41 -3
8   America-RJ 18 22 8 2 12 47 65 -18
9   Santos 17 22 7 3 12 46 57 -11
10   Bonsucesso 16 22 5 6 11 35 50 -15
11   São Bento 13 22 5 3 14 31 52 -21
12   Ypiranga-SP 5 22 2 1 19 23 77 -54

CampeãoEditar

Torneio Rio-São Paulo de 1933
 
Palestra Itália
(1º título)

Referências