Torre de Refóios

Torre de Refóios
Mapa de Portugal - Distritos plain.png <div style="position:absolute;top:Erro de expressão: Operador * inesperadopx; left:Erro de expressão: Operador * inesperadopx; width:3px; height:3px; background:#FF0000" title="Localização" onmouseover="width:5px;height:5px;">
Construção ()
Estilo
Conservação Bom
Homologação
(IGESPAR)
N/D
Aberto ao público Sim

A Torre de Refóios, também referida como Torre das Malheiras e Torre de Malheiros, localiza-se na freguesia de Refóios do Lima, vila e concelho de Ponte de Lima, distrito de Viana do Castelo, em Portugal.

HistóriaEditar

É uma das primeiras torres defensivas medievais que se conhecem no país. Está ligada à Lenda da Pieira de Lobos, escrita pelo conde de Bertiandos.

Em finais do século XVIII, era propriedade de D. Maria Antónia Malheiro de Macedo Portugal, casada com Francisco Malheiro de Araújo. Como este casal não teve descendência, a Torre de Refóios foi legada em testamento ao sobrinho Leonel de Abreu e Lima, Capitão dos Voluntários Realistas de Viana e Senhor da Casa do Ameal e do Paço de Atães. Este último, não tendo também sucessão, lega a Torre de Refóios ao Dr. António de Magalhães de Barros de Araújo Queiroz, Senhor da Casa das Pereiras, em Ponte do Lima, e pai de António de Magalhães Barros de Araújo Queirós Visconde de Cortegaça que a herdou (na fotografia)[1].

Encontra-se classificada como Imóvel de Interesse Público pelo IPPAR desde 1996.[2]

Muito bem conservada, está inserida dentro de uma quinta. O conjunto encontra-se ainda classificado como casa de Turismo de Habitação pela Direcção Geral de Turismo,[3] constituindo-se em uma das atracções de destaque da região.

Os seus proprietários são representantes do título de Conde de Almada e senhores do Paço de Lanheses.

Referências

  1. Sousa Machado, José (1989). Ultimas Gerações de Entre Douro e Minho. Lisboa: J. A. Telles da Sylva. p. 357 
  2. Torre de Refóios na base de dados Ulysses da Direção-Geral do Património Cultural
  3. Torre de Refóios, página oficial do Turismo de Portugal

Ligações externasEditar


  Este artigo sobre Património de Portugal é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.