Abrir menu principal
Torre de TV Digital de Brasília
Torre de TV Digital.JPG

A Torre de TV Digital

História
Arquiteto
Engenheiro
José Carlos Sussekind
Período de construção
Abertura
21 de abril de 2012 (7 anos)
Custo
Total: R$ 78 milhões
R$ 75 milhões da parte de concreto
3 milhões estrutura metálica[1]
Status
Completado
Uso
Torre de observação
Torre de transmissão televisiva
Arquitetura
Estilo
Antena
182 metros
Telhado
120 metros
Superfície
8.500 m²
Elevador
3
Localização
Localização
Endereço
Coordenadas

A Torre de TV Digital de Brasília, conhecida como "Flor do Cerrado", foi projetada para ser uma torre de transmissão televisiva do sistema de TV Digital para todo Distrito Federal e algumas cidades do Entorno.

Inaugurada em 21 de abril de 2012[2], é o último projeto de Oscar Niemeyer edificado antes de sua morte, em 5 de dezembro 2012.[3]

É a primeira torre de transmissão de TV Digital coletiva, onde a mesma torre retransmite o sinal de várias emissoras, as que fizeram um acordo para a construção da mesma, reduzindo o custo da obra. É considerada um ponto turístico de Brasília. Segundo Luiz Claudio Costa, da Abratel - (Associação Brasileira dos Radiodifusores) o projeto será replicado em outras regiões do Brasil.[4]

O monumento é um projeto do arquiteto Oscar Niemeyer, com 182 metros de altura (equivalente a um prédio de 62 andares[5]), sendo 120m de concreto armado, 50m de estrutura metálica e uma antena 12 metros.[6] No primeiro dia de visita passaram pelo local 2370 visitantes.[5]

A base cilíndrica funciona como um "caule" que exibe duas "hastes" de vidro que abrigam dois espaços cobertos: de um lado, aos 60 m, funciona um salão para exposições, onde se encontra uma maquete de Brasília, semelhante à exposta no Espaço Lúcio Costa na Praça dos Três Poderes.; do outro lado, aos 80 m, foi anunciado em 2016 que funcionará um bar/café, que ainda não tem previsão de inauguração. Aos 110m de altura, há um mirante com vista de 360º.[7]

A fundação do edifício está a 13,4 metros de profundidade com 240 estacas e 2 mil metros cúbicos de concreto.[8]

A torre fica situada na região administrativa do Lago Norte, num dos pontos mais altos do Distrito Federal, (1215 metros acima do nível do mar[5]) o terreno foi o escolhido com a ajuda da ANATEL (Agência Nacional de Telecomunicações).[9]

Iluminação da "Flor do Cerrado"

De 2013 a 2015 a torre foi fechada para reforma por ter problemas estruturais e de acessibilidade. Neste período também foram instalados mais transmissores de TV.[5]

Referências

  1. «Obras da Torre de TV Digital em pleno vapor». www.brasilia2014.com.br 
  2. «Torre de TV Digital de Brasília é inaugurada para visitação». www.jornaldebrasilia.com.br. Consultado em 21 de abril de 2012. Arquivado do original em 28 de abril de 2012 
  3. «Torre de TV Digital – Portal de Brasília». www.brasilia.df.gov.br. Consultado em 3 de outubro de 2016 
  4. «TV digital: Radiodifusores aderem ao compartilhamento de antena». Acel. Consultado em 31 de agosto de 2013 
  5. a b c d Otávio Augusto (10 de outubro de 2015). «Após 2 anos fechada, Torre de TV Digital será reaberta ao público». Correio Braziliense. Consultado em 17 de fevereiro de 2017 
  6. «Revista Téchne | Flor do cerrado - Próximo a Brasília, estrutura de 182 m para transmissão de TV digital tem comportamento monitorado por fibras ópticas durante e após a construção | Engenharia Civil». Consultado em 3 de outubro de 2016 
  7. «Torre de TV Digital: a nova atração turística de Brasília | Nós no Mundo». www.nosnomundo.com.br. Consultado em 3 de outubro de 2016 
  8. «Homens e máquinas trabalham na fundação da nova Torre de TV, um monumento projetado por Niemeyer». Consultado em 3 de outubro de 2016 
  9. «Qual Quadra». www.qualquadra.com.br. Consultado em 3 de outubro de 2016 

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Torre de TV Digital de Brasília