Abrir menu principal

Torres Vedras e Matacães

freguesia de Torres Vedras, Portugal
Portugal Portugal Torres Vedras e Matacães 
  Freguesia  
Localização no concelho de Torres Vedras
Localização no concelho de Torres Vedras
País Portugal Portugal
Concelho TVD1.png Torres Vedras
Fundação 28 de janeiro de 2013
Administração
- Tipo Junta de freguesia
- Presidente Francisco João Pacheco Martins (PS)
Área
- Total 62,44 km²
População (2011)
 - Total 25 717
    • Densidade 411,9 hab./km²
Website http://www.fregtv-smspm.pt/

Torres Vedras e Matacães[1] (oficialmente, Santa Maria, São Pedro e Matacães[2]) é uma freguesia portuguesa do concelho de Torres Vedras, com 62,44 km² de área[3] e 25 717 habitantes (2011[4]).

Foi criada aquando da reorganização administrativa de 2012/2013,[5] resultando da agregação das antigas freguesias de São Pedro e Santiago, Santa Maria do Castelo e São Miguel e Matacães:

Freguesia atual Freguesias antigas
Brasão Freguesia População[4] Área
(km²)[3]
Brasão Freguesia População[6]
(2011)
Área
(km²)[7]
Coats of arms of None.svg
Santa Maria, São Pedro e Matacães 25 717 62,44
TVD-spedrosantiago.png
São Pedro e Santiago 17 965 31,34
TVD-smariasmiguel.png
Santa Maria do Castelo e São Miguel 6 665 17,66
Coats of arms of None.svg
Matacães 1 087 13,45

Esta agregação acabou com uma das particularidades do concelho de Torres Vedras: o facto de até aí ter tido duas das poucas freguesias portuguesas territorialmente descontínuas (São Pedro e Santiago; Santa Maria do Castelo e São Miguel), tendo a peculiaridade adicional de cada uma delas consistir em duas partes que se tocavam num vértice comum (Ponte de São Miguel, sobre o Rio Sizandro).

Antigas freguesias que deram origem à União das Freguesias de Torres Vedras (São Pedro, Santiago, Santa Maria do Castelo e São Miguel) e Matacães.

Notas e referências

  1. Esta designação simplificada é a que consta, por exemplo, no site oficial da Câmara Municipal de Torres Vedras. Acedido a 18/11/2013.
  2. Designação conforme Diário da República, 1.ª Série, n.º 154, Lei n.º 88/2015 de 8 de agosto de 2015.
  3. a b Valor obtido somando as áreas das antigas freguesias que lhe deram origem, a menos dos arredondamentos.
  4. a b Valor obtido somando a população das antigas freguesias que lhe deram origem.
  5. Diário da República, 1.ª Série, n.º 19, Reorganização administrativa do território das freguesias, Lei n.º 11-A/2013, de 28 de janeiro, Anexo I. Acedido a 19/07/2013.
  6. INE (2012) – "Censos 2011 (Dados Definitivos)", "Quadros de apuramento por freguesia" (tabelas anexas ao documento).
  7. Instituto Geográfico Português, Carta Administrativa Oficial de Portugal (CAOP), versão 2012.1

Ver tambémEditar

Ligações externasEditar


  Este artigo sobre freguesias portuguesas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.