Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Torresmo (desambiguação).


Um torresmo tirado de um pacote comprado no Reino Unido.

O torresmo é uma preparação culinária feita de pele de porco com gordura (ou mesmo toucinho e até banha) cortada em pequenos pedaços e frita até ficar crocante.[1][ligação inativa][2][ligação inativa] Degustado com mandioca é um típico da região de Minas Gerais. É apreciado em diversas regiões do mundo.

No Brasil e em PortugalEditar

No Brasil e em Portugal é uma das grandes tradições da sua gastronomia. Tendo a sua origem na culinária portuguesa, no Brasil tem alguns retoques dos temperos[necessário esclarecer] trazidos pelos povos da África.

O torresmo passou a ser utilizado em larga escala como petisco associado à comida mineira, sendo apreciado acompanhado de um aperitivo — aguardente — e utilizado também na feijoada e no feijão tropeiro. Pode acompanhar também qualquer bebida, sendo comum seu uso como tira-gosto.

Em Portugal é utilizado como elemento de muitos pratos de cozinha regional um pouco por todo o país, em particular nas feijoadas, no entanto, é como petisco e aperitivo que os torresmos são consumidos mais habitualmente.

Os gribenes são iguarias semelhantes, da culinária dos judeus asquenazes, mas feitas de pele de frango.

Referências

  1. de Campos, Shierley "Torresmo à pururuca" no site da autora acessado a 15 de setembro de 2009
  2. Dicionário Web. «Significado de Torresmo». Consultado em 17 de outubro de 2012 
 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Torresmo


  Este artigo sobre culinária é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.