Toy (canção)

título da canção que ganhou o Festival da Eurovisão 2018 em representação de Israel

Toy ("Brinquedo") é uma canção da artista israelense Netta Barzilai, apresentada por Israel no Festival Eurovisão da Canção 2018.[1][2][3][4] Foi escria e produzida por Doron Medalie e Stav Beger. É publicado em 11 de março de 2018 com seu videoclipe oficial, dirigido por Karen Hochma.

Neta representando Israel com a canção "Toy" durante ensaio antes da grande final do Eurovision Song Contest 2018 em Lisboa.

A música foi revelada online um dia antes de seu lançamento oficial. Em 12 de maio de 2018, a canção faz a sua intérprete Netta Barzilai vencer o Festival Eurovisão da Canção em Portugal.

LetraEditar

A letra da música é principalmente em inglês, com exceção da frase hebraica "אני לא בובה" (ani lo buba, "Eu não sou uma boneca") e a gíria "סטפה" (stefa, que significa "pilha de notas”), e ecoam o movimento #MeToo sobre assédio sexual, especialmente no local de trabalho.

Segundo sua intérprete, a canção “traz uma mensagem importante: o despertar do poder feminino e da justiça social, tudo envolto em um clima de festa”.

EurovisionEditar

"Toy" foi escolhido para competir na primeira semifinal do Eurovision Song Contest em 2018, atuando em sétimo lugar em um total de dezenove canções. Ela se classificou para a final depois de estar entre as dez canções mais votadas com base em uma combinação de júri e televotação. Na final, ele ficou em terceiro lugar após a votação do júri, com 212 pontos, e venceu graças ao televoto com 317 pontos, ficando em primeiro lugar com uma pontuação combinada de 529 pontos.

Paródia de ToyEditar

A comediante holandesa Sanne Wallis de Vries criou uma paródia de Toy com letras evocando a violência cometida pelos militares israelenses durante a Marcha de Retorno a Gaza. Esta paródia, transmitida na noite de 20 de maio de 2018 ao final do programa dedicado ao humorista interrogado no canal público holandês BNN VARA / NPO 1, desperta a ira de Israel, que denuncia “alusões anti-semitas”. Caracterizada como Netta pode ser vista parodiando a música. Estrofes como 'Seu país está cercado por lançadores de granadas? Eu construo paredes, como nos sonhos noturnos de Trump, e atiro foguetes nelas ” ; Veja como eu lanço mísseis. Que maravilha! Israel está vencendo novamente ”; “Não permitirei que os palestinos entrem”; “Eu sou um cachorro na coleira que persegue palestinos”; ou "O mundo inteiro está comendo da minha mão" são algumas das cantadas no programa, contra o qual Israel se manifestou.

Referências

  1. «Israelense vence Festival Eurovisão com canção inspirado no #MeToo». VEJA. Consultado em 7 de julho de 2021 
  2. «Favorita, cantora israelense Netta vence festival de música Eurovision». Folha de S.Paulo. 12 de maio de 2018. Consultado em 7 de julho de 2021 
  3. «Israel ganha festival Eurovisão com canção inspirada no movimento 'MeToo'». G1. Consultado em 7 de julho de 2021 
  4. Minas, Estado de; Minas, Estado de (12 de maio de 2018). [https://www.em.com.br/app/noticia/internacional/2018/05/12/interna_internacional,958308/israel-ganha-festival-eurovisao-com-cancao-inspirada-no-movimento-met.shtml «Israel ganha Festival Eurovis�o com can��o inspirada no movimento #MeToo»]. Estado de Minas. Consultado em 7 de julho de 2021  replacement character character in |titulo= at position 30 (ajuda)