Abrir menu principal
TRADISOM - Produções Culturais Lda.
Fundação 1992
Fundador(es) José Moças
Gênero(s) Música tradicional, Fado, música clássica
País de origem Portugal Portugal
Localização Rua da Bela Vista, 135
4730-691 Vila Verde
Página oficial www.tradisom.pt

A Tradisom é uma editora discográfica portuguesa criada em 1992[1] em Macau. Também funciona como editora de livros relacionados com música portuguesa.

Índice

HistóriaEditar

José Moças, natural do Alentejo, fundou a Tradisom no ano de 1992 quando esteve a trabalhar em Macau. Considerado especialista no estudo, recuperação e edição de fontes históricas de música, é também um notório colecionador de discos de 78 rotações.[2][3] Através da Tradisom, tem vindo a publicar uma parte da sua coleção em séries temáticas, tal como Portuguese Sound Archives (10 volumes), Fado (5 volumes) e Popular music (5 volumes).

Do programa editorial constam edições de fado e música tradicional portuguesa e suas variantes espalhadas pelo mundo, mas também música clássica, poesia e outros. Assim, a edição do CD-duplo Cancioneiro do Cante Alentejano em 2013 foi uma das iniciativas que apoiaram a candidatura do Cante Alentejano para o Património Cultural Imaterial da Humanidade, reconhecida pela UNESCO em 2014.

Além dos livretos que acompanham as edições de CD e vinil, a Tradisom ainda edita livros sobre temáticas musicais e culturais.

Em 2010, a Tradisom disponibilizou a filmografia completa de Michel Giacometti, em parceria com o jornal Público. Da coleção de 12 livros (com 10 DVDs e 3 CDs) é de destacar a série Povo que canta, programa televisivo realizado pelo etnólogo francês para a RTP entre 1970 e 1974.

Em 2016 edita o livro "O Povo que ainda canta", que inclui 8 DVD´s, parte deles reproduzindo a série homónima da televisão portuguesa com 26 episódios. Nesses DVD´s incluiu-se ainda um Video Cancioneiro com filmagens realizadas por todo o país, nunca emitidas na referida série.

Programa editorialEditar

ArtistasEditar

 
Fotografia tirada para a capa do álbum Cavaquinho.pt de Júlio Pereira, editado pela Tradisom em 2014

Alguns músicos e compositores que foram editados pela Tradisom:

CompilaçõesEditar

A Tradisom editou coletâneas e séries sobre várias temáticas musicais, entre elas:

LivrosEditar

Além dos livretos acompanhantes das edições de CD e vinil, a Tradisom ainda edita livros, também acompanhados muitas vezes por CDs, tal como:

  • José Alberto Sardinha: A Viola Campaniça - O Outro Alentejo - livro sobre a viola campaniça, acompanhado por 2 CD´s
  • Paulo Lima, Augusto Brázio (fotos): O Fado Operário no Alentejo, acompanhado por 2 CDs
  • José Alberto Sardinha: As Tunas do Marão, livro sobre as tunas rurais do Marão, acompanhado por 4 CDs
  • Carlos Clara Gomes: Auto da Fonte dos Amores - Pedro e Inês, livro e CD da ópera sobre a história de Inês de Castro e D. Pedro I.
  • José Alberto Sardinha: A Origem do Fado, acompanhado por 4 CDs
  • Judite dos Santos Correia da Cruz: As tradições portuguesas em França, livro e 2 CDs sobre o folclóre português na diáspora portuguesa em França
  • Ramiro Guinazu: Amália no Mundo, livro com LP e 2 CDs sobra as gravações internacionais da Amália, acompanhado por 2 CDs

Referências

  1. Entrada da Tradisom na maior feira internacional de world music, WOMEX, visitada a 28 de julho de 2016
  2. «José Moças». Universidade de Aveiro. Consultado em 29 de julho de 2016. 
  3. José Moças no documentário sobre colecionadores portugueses des discos, realizado em 2015 por Eduardo Morais; pode ser visto no YouTube em Documentário "Música em Pó" (eng subtitles), consultado em 28 de julho de 2016

Ver tambémEditar

Ligações externasEditar