Abrir menu principal
Traiaú Rodrigues Moreira
Nascimento 30 de novembro de 1893
Santa Quitéria do Maranhão
Morte 3 de outubro de 1971 (77 anos)
Cidadania Brasil
Ocupação político

Traiaú Rodrigues Moreira (Santa Quitéria, 30 de novembro de 1893 – 3 de outubro de 1971) foi um político brasileiro. Governou o estado do Maranhão de 31 de janeiro a 28 de fevereiro de 1951.[1]

Teve sua formação no Liceu Piauiense e no Seminário de Teresina, na capital do Piauí, e também no Curso de Ciências, em Fortaleza. Entrou na Faculdade de Direito do Ceará, e diplomou-se pela Faculdade Livre de Direito do Rio de Janeiro, então capital do País, em 1916.[1]

Foi promotor nas comarcas de Araioses, Brejo e Turiaçu e juiz municipal de Picos do Maranhão, atual Colinas, e São Vicente Ferrer – todas cidades maranhenses. Em São Luís foi chefe de polícia e juiz de direito. Ocupou a função de juiz distrital na comarca de Porto Alegre e de procurador dos Feitos da Fazenda no Piauí.[1]

Em maio de 1933, elegeu-se deputado à Assembléia Nacional Constituinte pelo Partido Republicano do Maranhão. Começou seu mandato em novembro do mesmo ano e exerceu-o até a promulgação da nova Constituição, em 17 de julho de 1934. No dia seguinte, Getúlio Vargas foi eleito à Presidência.[1]

Graças ao impasse na apuração dos votos das eleições de outubro de 1950, Traiaú Rodrigues Moreira, então desembargador e presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão, assumiu o governo estadual durante o mês de fevereiro de 1951, em sucessão a Sebastião Archer da Silva. Como Saturnino Bello, um dos postulantes, morreu, Eugênio Barros foi empossado em seguida sem eleições complementares.[1]

Permaneceu na presidência do Tribunal de Justiça do Maranhão, e foi ainda presidente do Tribunal Eleitoral do estado.[1]

Referências

  1. a b c d e f Brasil, CPDOC - Centro de Pesquisa e Documentação História Contemporânea do. «MOREIRA, TRAIAU RODRIGUES | CPDOC - Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil». CPDOC - Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil. Consultado em 26 de setembro de 2018 
Precedido por
Sebastião Archer da Silva
Governador do Maranhão
1951
Sucedido por
Eugênio Barros


  Este artigo sobre um político brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.