Trama é uma gravadora brasileira fundada em 1998, que tem em seu plantel artistas como Elis Regina. Um dos seus sócios, João Marcelo Bôscoli, é filho da cantora com o produtor e compositor Ronaldo Bôscoli. O presidente da companhia é André Szajman que ao lado do irmão, Cláudio Szajman, também é sócio da empresa.

Dentre suas principais realizações, destacam-se o fomento à cena musical independente e o lançamento de talentos que conferiram nova cara a MPB, tais como: Otto, Max de Castro, Luciana Mello, Fernanda Porto, Metrô, Rappin Hood, Patricia Marx, O Teatro Mágico, Cansei de Ser Sexy, Câmbio Negro, Rumbora, entre outros. Além disso, investiu na música eletrônica em território nacional e é pioneira na solução do impasse dos downloads ilegais de música com a criação dos projetos Álbum Virtual e Download Remunerado. Estes projetos ofereceram música gratuita e remunerou centenas de artistas anônimos em todo o Brasil ao pagar os créditos devidos referente aos downloads patrocinados pelas marcas apoiadoras do projeto.

A gravadora retirou o site do ar e finalizou suas operações. A sala comercial ainda está no mesmo endereço, porém, a gravadora não existe mais apesar dos dirigentes não assumirem o seu fim.

Ano Prêmio Categoria Ref
2000 Prêmio Hutúz Gravadora ou Selo [1]
2001 Prêmio Hutúz Gravadora ou Selo [2]

Referências

Ver tambémEditar

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre gravadoras brasileiras é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.