Abrir menu principal

Treinadores do Sport Club do Recife

artigo de lista da Wikimedia

Este artigo contém uma lista em ordem cronológica, provavelmente incompleta, de treinadores do Sport Club do Recife[1][2].

Período de atuação desconhecidoEditar

Treinador Período Principais feitos
  Daltro Menezes
  Marão[3] Década de 1970

Ordem cronológicaEditar

Legenda:
     Treinador efetivo
     Treinador interino
  Ascensão
  Rebaixamento
Treinador Período Principais feitos
1905 – 1918: Dados indisponíveis
  Pedro Mazullo[4] 1919
1920 – 1927: Dados indisponíveis
  Carlos Viola[5] 1928 Campeão do Campeonato Pernambucano de 1928
1929 – 1934: Dados indisponíveis
  Ambrósio Alfredo Gama 1935
  José Hummel Guimarães 1936
1937: Dados indisponíveis
  Victor Mattos 1938
  Valentín Navamuel[nota 1] 1938 Campeão do Campeonato Pernambucano de 1938
1939: Dados indisponíveis
  Eugênio Vanni 1940
  Ricardo Díez 1941 Campeão do Campeonato Pernambucano de 1941
  Valentín Navamuel 1942 – 1943 1942: Campeão do Campeonato Pernambucano de 1942
1943: Campeão do Campeonato Pernambucano de 1943
1944 – 1947: Dados indisponíveis
  Ricardo Díez 1947
  Danzi, Lages[nota 2] & Vavá[nota 3] 1948 Campeão do Campeonato Pernambucano de 1948
  Salvador Perine 1949 Campeão do Campeonato Pernambucano de 1949
1950 – 1952: Dados indisponíveis
  Salvador Perine 1953
  José Fiorotti 1953 Campeão do Campeonato Pernambucano de 1953
  Nilton Alheiros 1954
  Gentil Cardoso 1955 Campeão do Campeonato Pernambucano de 1955
  Dante Bianchi[6][7][8] 1956 – 1959 1956: Campeão do Campeonato Pernambucano de 1956
1958: Campeão do Campeonato Pernambucano de 1958
  Capuano[9][10] 1959
1960: Dados indisponíveis
  Palmeira[11][12][13][14] 1961 – 1962 1961: Campeão do Campeonato Pernambucano de 1961
1962: Campeão do Campeonato Pernambucano de 1962
  Raúl Bentancor[15] 1963
1964 – 1968: Dados indisponíveis
  Ely do Amparo 1969
1970 – 1972: Dados indisponíveis
  Cilinho[16] 1973 – 1974
  Duque 1975 Campeão do Campeonato Pernambucano de 1975
1976: Dados indisponíveis
  Cilinho[16][17] 1977
  Ênio Andrade[17] 1977 Campeão do Campeonato Pernambucano de 1977
  Adélson Vanderlei[18][17] 1977
  Hilton Chaves[19][17] 1978
1979: Dados indisponíveis
  Urubatão Calvo Nunes[20][21] 1980 22° colocado no Taça de Prata (atual Série B) de 1980 e promovido a Taça de Ouro (atual Série A) de 1981
  Mário Juliato[21] 1980 Campeão do Campeonato Pernambucano de 1980
  Barbatana[22] 1981
  Orlando Fantoni[22] 1981 Campeão do Campeonato Pernambucano de 1981
  Roberto Brida 1982 Campeão do Campeonato Pernambucano de 1982
  Ernesto Guedes[22] 1982
  Filpo Núñez[23] 1983
  Adélson Vanderlei[18][24][nota 4] 1983
  Givanildo Oliveira[22] 1983 – 1984
  Mário Juliato[22] 1984
  Ênio Andrade 1985
  Carlos Alberto Silva[22] 1985 – 1986
  Emerson Leão 1987 Campeão do Troféu Roberto Gomes Pedrosa
  Jair Picerni 1988 Campeão do Campeonato Brasileiro de 1987[nota 5] e classificado à Copa Libertadores da América de 1988
  Antônio Lopes 1988
  José Carlos Amaral[11][nota 6] 1988 Campeão do Campeonato Pernambucano de 1988
  Carlos Gainete[22] 1989
  Nereu Pinheiro[25][22] 1989
  Roberto Brida 1990   Campeão do Campeonato Brasileiro de 1990 - Série B e promovido à Série A de 1991
  Givanildo Oliveira 1991 – 1992 1991: Campeão do Campeonato Pernambucano de 1991
1992: Campeão do Campeonato Pernambucano de 1992
  Gílson Nunes 1993
  Givanildo Oliveira[22] 1994 – 1995 1994: Campeão do Campeonato Pernambucano de 1994
  Lori Sandri 1995
  Hélio dos Anjos 1996 – 1997 1996: Campeão do Campeonato Pernambucano de 1996
1997: Campeão do Campeonato Pernambucano de 1997
  Eduardo Amorim 1997
  Mauro Fernandes 1998 Campeão do Campeonato Pernambucano de 1998
  Júlio César Leal 1999
  Fito Neves 1999 Campeão do Campeonato Pernambucano de 1999
  Ricardo Gomes 1999
  Givanildo Oliveira 1999
  Emerson Leão 2000 Campeão do Campeonato Pernambucano de 2000
  Celso Roth 2000
  José Carlos Amaral[11][nota 7] 2000
  Jair Pereira 2001
  Levir Culpi 2001
  Hugo Benjamim[26] 2001
  Nereu Pinheiro[25] 2001
  Júlio Espinosa[27][28][nota 8] 2001
  Mauro Fernandes 2001 – 2002
  Heriberto da Cunha 2002
  Hélio dos Anjos 2003 – 2004 2003: Campeão do Campeonato Pernambucano de 2003
  Nereu Pinheiro[25] 2004
  Luiz Carlos Ferreira[29] 2004
  Heriberto da Cunha 2004 – 2005
  Adilson Batista 2005
  Zé Teodoro 2005
  Edinho 2005
  Neco 2005
  Dorival Júnior 2006 Campeão do Campeonato Pernambucano de 2006
  Givanildo Oliveira 2006
  Alexandre Gallo 2007 Campeão do Campeonato Pernambucano de 2007
  Giba 2007
  Geninho 2007
  Nelsinho Baptista 2008 – 2009 2008: Campeão do Campeonato Pernambucano de 2008 e da Copa do Brasil de 2008, e classificado à Copa Libertadores da América de 2009
2009: Campeão do Campeonato Pernambucano de 2009
  Levi Gomes[30][31] 2009
  Emerson Leão 2009
  Péricles Chamusca 2009
  Levi Gomes[30][32] 2009
  Givanildo Oliveira 2010 Campeão do Campeonato Pernambucano de 2010
  Levi Gomes[30][33] 2010
  Toninho Cerezo 2010
  Geninho 2010 – 2011
  Hélio dos Anjos 2011
  Mazola Júnior[34] 2011
  Mazola Júnior 2011
  Mazola Júnior[35][36] 2011
  Paulo César Gusmão[37] 2011
  Mazola Júnior[38] 2011 – 2012
  Gustavo Bueno[39] 2012
  Vágner Mancini 2012
  Gustavo Bueno[40] 2012
  Waldemar Lemos 2012
  Gustavo Bueno[41] 2012
  Sérgio Guedes[42] 2012
  Gustavo Bueno[43][44] 2012
  Vadão 2013
  Gustavo Bueno[45] 2013
  Sérgio Guedes 2013
  Marcelo Martelotte 2013
  Neco[46] 2013
  Geninho 2013 – 2014
  Eduardo Baptista[47][48] 2014
  Eduardo Baptista 2014 – 2015 2014: Campeão do Campeonato Pernambucano de 2014 e da Copa do Nordeste de 2014
  Daniel Paulista 2015
  Paulo Roberto Falcão 2015 – 2016
  Thiago Gomes 2016
  Oswaldo de Oliveira 2016
  Daniel Paulista 2016 – 2017
  Ney Franco 2017
  Daniel Paulista 2017
  Vanderlei Luxemburgo 2017 2017: Campeão do Campeonato Pernambucano de 2017
  Daniel Paulista 2017
  Nelsinho Baptista 2018
  Claudinei Oliveira 2018
  Eduardo Baptista 2018
  Milton Mendes 2018
  Milton Cruz 2019
  Guto Ferreira 2019 –

Notas

  1. Posição cronológica incerta.
  2. Nome do treinador total ou parcialmente desconhecido.
  3. Nome do treinador total ou parcialmente desconhecido.
  4. Posição cronológica incerta.
  5. O quadrangular final do Campeonato Brasileiro de 1987 foi realizado entre janeiro e fevereiro de 1988.
  6. Posição cronológica incerta.
  7. Posição cronológica incerta.
  8. Posição cronológica incerta.

Referências

  1. VERA CRUZ, Luiz Sérgio (2 de janeiro de 2011). «Nossos treinadores...». MeuSport.com. Consultado em 25 de abril de 2015 
  2. «Dia especial para Mazola Júnior e Zé Teodoro». LeiaJá.com. 13 de maio de 2012. Consultado em 25 de abril de 2015 
  3. TUFANO SILVA, Thiago. «Que Fim Levou? Marão». TerceiroTempo.com. Consultado em 18 de julho de 2015 
  4. VIEIRA, Roberto (30 de outubro de 2012) América, o Campeão do Centenário – 5. Primeiro título, gripe espanhola e o assassinato de Belfort Duarte (em português) RobertoBlogDo.com (blog). Visitado em 25 de março de 2015.
  5. «Leão do Nordeste – 15 fatos marcantes do seu time de coração». LanceNet.com. Consultado em 25 de março de 2015 
  6. DE OLIVEIRA, Lucídio José (16 de junho de 2011). «Bianchi, um argentino de coração pernambucano». Porsche.Facilit.com. Consultado em 25 de março de 2015. Arquivado do original em 2 de abril de 2015 
  7. (1 de agosto de 2013) Bianchi (em português) OBahêaNaHistória.com (blog). Visitado em 25 de março de 2015.
  8. BRITO, Ubiratan (25 de julho de 2011) Vitória F.C. – Ficha dos gringos (em português) CarlosFerreiraJF.com (blog). Visitado em 25 de março de 2015.
  9. Albuquerque, Almir (26 de janeiro de 1973). «Eu e o Futebol – As primeiras pancadas». Abril. Placar (150): 47 (ver 27–31). Consultado em 6 de abril de 2015 
  10. (30 de junho de 2011) Raúl Bentancor (em português) FuturoSportRecife.com (blog). Visitado em 6 de abril de 2015.
  11. a b c CORDEIRO, Carlos Celso & FERREIRA, José Maria (pesquisadores) (23 de julho de 2009). «Clássico dos Clássicos – Comandantes – Seis técnicos foram campeões pelos dois times». NE10.UOL.com. Consultado em 25 de março de 2015 
  12. DE OLIVEIRA, Lucídio José (21 de maio de 2011). «Palmeira, o técnico recordista de títulos em Pernambuco». Porsche.Facilit.com. Consultado em 25 de março de 2015 
  13. «Eu Sou Santa Cruz de Corpo e Alma». FernandoMachado.com. 2 de janeiro de 2014. Consultado em 25 de março de 2015 
  14. CALDAS E ALMEIDA, José Ricardo (4 de novembro de 2013) O Náutico em Brasília: 1971 (em português) HistóriaFutebolBrasiliense.com (blog). Visitado em 25 de março de 2015.
  15. HENRIQUES, Jorge (12 de janeiro de 2011) Raul Bentancor (em português) SóSúmulas.com (blog). Visitado em 6 de abril de 2015.
  16. a b Aragão, Lenivaldo (11 de fevereiro de 1977). «A primeira impressão é que fica?». São Paulo: Abril. Placar. 1 (355): 67 (ver 19). Consultado em 17 de setembro de 2015 
  17. a b c d «Nosso time é de briga». Abril. Placar. 1 (475): 67 (ver 42). 1 de junho de 1979. Consultado em 17 de setembro de 2015 
  18. a b Perfil (treinador) de Adélson Alves Wanderley (em português) em O Gol
  19. Aragão, Lenivaldo (24 de março de 1978). «Toque de bola, um sonho que o Sport acalenta». Abril. Placar. 1 (413): 83 (ver 44). Consultado em 27 de agosto de 2015 
  20. «Sem Pulo – Compra & Venda». Abril. Placar. 1 (506): 67 (ver 32). 11 de janeiro de 1980. Consultado em 23 de julho de 2015 
  21. a b «Ficha Técnica dos Títulos do Sport – de 1975 a 2003». Sport100Anos.com. 19 de janeiro de 2006. Consultado em 23 de julho de 2015 
  22. a b c d e f g h i «Sport – 44 Fichas Técnicas». Futebol80.com. Consultado em 16 de abril de 2015 
  23. STEIN, Leandro (7 de agosto de 2014). «Filpo Núñez: o argentino que fez história na Seleção, mas virou folclore». Trivela.UOL.com. Consultado em 13 de maio de 2015 
  24. «Tabelão». Abril. Placar. 1 (668): 83 (ver 76–77). 11 de março de 1983. Consultado em 17 de setembro de 2015 
  25. a b c PAULINO, Wladimir (21 de novembro de 1999). «Vitória do homem simples». JCOnline.com. Consultado em 25 de março de 2015 
  26. SITÔNIO, Edísio (18 de junho de 2009). «2001, O ano em que o Sport não quis ser hexa (partes 1 e 2)». MeuSport.com. Consultado em 25 de março de 2015 
  27. «Que Fim Levou? Júlio Espinosa». TerceiroTempo.com. Consultado em 25 de abril de 2015 
  28. MATOS, Felipe (11 de agosto de 2012). «Júlio Espinosa». MemóriaAvaiana.com. Consultado em 25 de abril de 2015 
  29. «Luiz Carlos Ferreira». GrandeÁrea.com. Consultado em 25 de março de 2015 
  30. a b c NETO, Milton (7 de setembro de 2013). «Em casa». GloboEsporte.com. Consultado em 19 de abril de 2015 
  31. PE360graus.com (29 de maio de 2009). «Levi Gomes comanda o Sport contra o Botafogo neste sábado». GloboEsporte.com. Consultado em 19 de abril de 2015 
  32. UOL Esporte (12 de novembro de 2009). «Levi Gomes elogia empenho do grupo: "Eles honraram a camisa do Sport"». UOL.com. Consultado em 19 de abril de 2015 
  33. JC Online (27 de maio de 2010). «Levi Gomes arma time do Sport com cinco no meio de campo». NE10.UOL.com. Consultado em 19 de abril de 2015 
  34. «Sem treinador, Sport anuncia Mazolla como interino». OTempo.com. 21 de junho de 2011. Consultado em 17 de abril de 2015 
  35. LancePress! (17 de agosto de 2011). «Após derrota, Mazola volta a ser interino no Sport». LanceNet.com. Consultado em 17 de abril de 2015 
  36. ARAÚJO, Wellington (17 de agosto de 2011). «Mazola não é mais o técnico do Sport e é rebaixado para o cargo de interino». WARepórter.com. Consultado em 17 de abril de 2015 
  37. Agência Futebol Interior (17 de agosto de 2011). «Sport troca de comando e contrata ex-técnico de Vasco e Cruzeiro». FutebolInterior.com. Consultado em 25 de março de 2015 
  38. Agência Futebol Interior (30 de outubro de 2011). «Sport demite PC Gusmão e acerta com velho conhecido na Série B». FutebolInterior.com. Consultado em 25 de março de 2015 
  39. LACERDA, Ângela (19 de maio de 2012). «Com interino, Sport encara Flamengo no jogo de estreia». Veja.Abril.com. Consultado em 17 de abril de 2015 
  40. «Waldermar Lemos é anunciado como novo treinador do Sport». JornalDeBrasília.com. 17 de agosto de 2012. Consultado em 17 de abril de 2015 
  41. «Após goleada para a Portuguesa, Waldemar Lemos é demitido do Sport». IG.com. 6 de outubro de 2012. Consultado em 17 de abril de 2015 
  42. GloboEsporte.com (7 de outubro de 2012). «Sport confirma Sérgio Guedes como novo treinador do time para a Série A». GloboEsporte.com. Consultado em 25 de março de 2015 
  43. CAVALCANTE, Marcelo (16 de agosto de 2012). «Gustavo Bueno diz que novo treinador precisa trabalhar o emocional do Sport». NE10.UOL.com. Consultado em 17 de abril de 2015 
  44. «Gustavo Bueno opta por time veloz e forte na marcação em estreia do Sport». JB.com. 18 de maio de 2012. Consultado em 17 de abril de 2015 
  45. DE CASTRO, Elton (10 de março de 2013). «De interino a cartola, Gustavo Bueno se firma como 'bombeiro' do Sport». GloboEsporte.com. Consultado em 17 de abril de 2015 
  46. Agência Futebol Interior (9 de setembro de 2013). «ABC x Sport - A culpa era do treinador?». FutebolInterior.com. Consultado em 17 de abril de 2015 
  47. MOTA, José Henrique (10 de fevereiro de 2014). «Eduardo Baptista não é (ainda) treinador para o Sport». Canelada.com. Consultado em 17 de abril de 2015. Arquivado do original em 24 de julho de 2015 
  48. AMORIM, Eduardo (5 de fevereiro de 2014). «Interino do Sport ignora resultados e exige vitória contra Botafogo-PB». Terra.com. Consultado em 17 de abril de 2015 
  Esta lista está incompleta. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-a.