Abrir menu principal

Wikipédia β

1 000 000 000 000

(Redirecionado de Trilhões)
Disambig grey.svg Nota: Não confundir com Bilhão.
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém fontes no fim do texto, mas que não são citadas no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde janeiro de 2013)
Por favor, melhore este artigo inserindo fontes no corpo do texto quando necessário.

O número 1 000 000 000 000 = 1012, denominado bilião (português europeu) ou trilhão (português brasileiro), é o número natural que corresponde à designação de "milhão de milhões". Sua nomenclatura varia conforme seja adotada a escala longa ou a escala curta: embora o termo bilião seja utilizado no português europeu para representar 1012, no português do Brasil, a expressão bilhão corresponde a mil milhões, ou seja, 109.

1000000000000
Nomes dos numerais
Cardinal Um trilhão (no Brasil) / Um bilião (em Portugal)
Ordinal Trilionésimo(a) (no Brasil) / Bilionésimo(a) (em Portugal)
Notações nos principais sistemas
Numeração indo-arábica 1000000000000
Sistema binário 111011100110101100101000000000
Sistema octal 16432451210000
Sistema hexadecimal E8D4A51000
Propriedades matemáticas
Fatorização 1012 = 212 512
Lista de números inteiros

As palavras billion, trillion e quadrillion estão atestadas no francês médio. No francês do século XVI cada unidade correspondia a um milhão de vezes a unidade anterior. Em inglês americano, cada unidade corresponde a mil vezes a anterior.[1]

Este número aparece na literatura antiga, na forma de uma miríade de miríades de miríades nos escritos de Procópio, possivelmente querendo dizer um número tão grande que não pode ser contado,[2][Nota 1] quando Procópio diz que o imperador bizantino Justiniano matou um trilhão[Nota 2] de pessoas.[3]

Índice

Ver tambémEditar

Notas e referências

Notas

  1. J. B. Hare comete dois erros, e calcula (104)3 = 1015, e escreve 1015 como 100 trilhões.
  2. Tradução de Richard Atwater, utilizando a escala curta.

Referências

  1. Jadranka Gvozdanović, Indo-European Numerals (1992), 13.1.14.3, p.473 [google books]
  2. John Bruno Hare, editor do site www.sacred-texts.com, sobre Procópio, História Secreta [em linha]
  3. Procópio, História Secreta, Cap. XVIII, Como Justiniano matou uma miríade de miríades de miríades de pessoas [em linha]

Ligações externasEditar