Abrir menu principal

Tropical FM (São Paulo)

estação de rádio brasileira da cidade de São Paulo
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Rádio Tropical.
Tropical FM
Tropical Radiodifusão Ltda.
País  Brasil
Cidade de concessão Itapecerica da Serra
Frequência(s) 107,9 MHz
Sede Perdizes, São Paulo
Fundação 1987 (1987)
Género
Idioma Português
Prefixo ZYD 946
Cobertura Região Metropolitana de São Paulo
Dados técnicos Potência: 127.2 kW [1]
Classe: E3
RDS: Sim
Webcast Ouvir o sinal online
Página oficial radiotropicalfm.com

Tropical FM é uma emissora de rádio brasileira de São Paulo, que opera nos 107.9 MHz em FM para ouvintes da Região Metropolitana de São Paulo.[1]

HistóriaEditar

Fundada em 1987, a rádio tem sede no bairro de Vila Anglo Brasileira na zona oeste de São Paulo.[2] Sua programação é totalmente popular baseada em gêneros da música brasileira, como sertanejo, pagode e pop agradando todas as idades, sexos e classes sociais.

Contando com uma estação bem estruturada[carece de fontes?], a Tropical FM conta com ampla cobertura de sinal na capital e região metropolitana com sessenta a 127 KW de potência uma das maiores da América Latina.[3] A rádio pertence ao cantor Cyro Aguiar .[4]A Tropical pode ser ouvida também via internet.

Equipe de Esportes (Equipe Líder)Editar

  • Em 1º de fevereiro de 2016, a Equipe Líder iniciou uma parceria com a emissora, transmitindo jogos diferentes dos transmitidos pela equipe na Rádio Capital às quartas e domingos, para tanto sendo contratados o narrador Gabriel Dias, que seguiu também como narrador esportivo por sua web rádio, a Rede Contínua[5], o comentarista Maurício Capela (que a conciliava com a RedeTV!), os repórteres Jota Sampaio e Sérgio Loredo (o último saiu após três jogos), os apresentadores Nando Moraes e André Costa e o operador técnico Roberto Dias. Dois meses depois, a equipe que transmitia na Capital transfere-se à Tropical, em razão de problemas entre Alexandre Barros, chefe da Equipe Líder, e Francisco Paes de Barros, diretor da Capital. Vieram da Capital profissionais já conhecidos do público da Equipe Líder, como Helio Claudino, Paulo Sodate, Tony Auad, Ademir Quintino e Guto Monte Ablas, este último que se integrou no início de 2016, egresso da web rádio Premium Esportes[6] . Após cerca de 2 meses na emissora, saíram da equipe o repórter Ademir Quintino, o plantonista Saulo Oliveira, os apresentadores Nando Moraes e André Costa e o operador Tarcio da Matta[7]. Em 29 de setembro, é contratado o narrador Silva Júnior, egresso do Fox Sports e que, no rádio, passou pela Rádio Globo. Sua estreia aconteceu em 8 de outubro, na transmissão do amistoso Santos x Benfica. Gabriel Dias segue apenas na Rede Contínua[8] . Em novembro, o repórter Guto Monte Ablas deixa a equipe para transferir-se à Bradesco Esportes FM SP. Em seu lugar, chegou o repórter Rodrigo Bitar, que assim como Ablas, também veio da Premium Esportes. Bitar fez sua estreia como repórter em 16/11/2016, na partida entre Atlético-MG x Palmeiras, válida pelo Campeonato Brasileiro de Futebol[9]. Em 05 de dezembro, Alexandre Barros, narrador, repórter setorista da Portuguesa e diretor da equipe esportiva da rádio é eleito presidente do clube. Em 07 de janeiro de 2017, o narrador Silva Júnior deixa a Tropical FM (tendo depois voltado ao Fox Sports) e em 29 de janeiro, quem deixa a equipe é o repórter Lucas Basílio (hoje no BandSports), vindo em seu lugar o repórter Alex Tobias, ex-Esportes Net[10]. Além dele, chegaram também o plantonista Lukas Beux, egresso da Rádio 220 Web, e o apresentador e também plantonista Guga Mendonça, porém houve a saída do comentarista Luiz Ademar. Em abril, a emissora anuncia um novo narrador: Edson Cury, que narrou em rádios do interior e integrou a equipe 1040 na Rádio Capital. Em maio, a Equipe Líder passa a ter a volta de Guto Monte Ablas, que tinha saido da emissora para trabalhar na já extinta Bradesco Esportes FM. Em 10 de julho, a equipe perde o comentarista Eduardo Ligeirinho Luiz, que morreu aos 71 anos, após sofrer um infarto fulminante[11]. Em 22 de novembro, foi rompido o contrato entre a Tropical FM e a Equipe Líder, acabando com as transmissões esportivas da emissora. A Equipe Líder agora terá uma programação exclusiva na internet.[12]

Referências

  1. «São Paulo» 
  2. História da Rádio Tropical - Sítio oficial
  3. Exclusivo: Tropical FM reformula sua linguagem em São Paulo Tudoradio.com, 10 de Outubro de 2011
  4. Cyro Aguiar - Bastidores do Rádio
  5. Cheni, Anderson (22 de abril de 2016). «Comunique-se». Seção Ondas Curtas. Comunique-se. Consultado em 25 de julho de 2016 
  6. «Radioamantes». Guto Monte Ablas é o mais novo reforço da Equipe Líder. Radioamantes. 6 de janeiro de 2016. Consultado em 21 de julho de 2016 
  7. Ribamar Xavier (29 de março de 2016). «Equipe Líder deixa a Capital AM e fica exclusiva da Tropical FM». Esporte e Mídia. Consultado em 29 de março de 2016 
  8. BARBIERO, Adriano (4 de agosto de 2016). «Locutor esportivo Silva Junior está de volta ao rádio». Locutor esportivo Silva Junior está de volta ao rádio. Bastidores do Rádio. Consultado em 8 de outubro de 2016 
  9. Brocanelli, Rodney (14 de novembro de 2016). «Rodrigo Bitar é o novo repórter da Equipe Líder/Tropical FM». Radioamantes. Consultado em 22 de novembro de 2016 
  10. Alves Firmino, Fernando (14 de fevereiro de 2017). «Alex Tobias reforça a Equipe Líder da Rádio Tropical FM». Torcedores.com. Consultado em 1 de abril de 2017 
  11. Xavier, Ribamar (10 de julho de 2017). «Morre o cronista esportivo Ligeirinho, da Tropical FM de São Paulo». Esporte e Mídia. Consultado em 11 de julho de 2017 
  12. Xavier, Ribamar (23 de novembro de 2017). «Tropical FM de São Paulo rompe contrato com a Equipe Líder». Esporte e Mídia. Consultado em 23 de maio de 2018 

Ligações externasEditar