Two Flags West

filme de 1950 dirigido por Robert Wise

Two Flags West (br Entre Dois Juramentos) é um filme estadunidense de 1950 do gênero Western dirigido por Robert Wise. Roteiro de Casey Robinson de uma história de Frank S. Nugent e Curtis Kenyon.

Two Flags West
Entre Dois Juramentos[1] (BRA)
 Estados Unidos
1950 •  cor •  92 min 
Direção Robert Wise
Roteiro Casey Robinson
Frank S. Nugent
Curtis Kenyon
Elenco Joseph Cotten
Linda Darnell
Jeff Chandler
Cornel Wilde
Género western
Idioma inglês

O filme teve locações em San Ildefonso Pueblo, Novo México e aparecem construções de centenas de anos dos nativos (Tewa) próximas do cenário do Forte Thorn e em Black Mesa.[2]

ElencoEditar

SinopseEditar

No outono de 1864, remanescentes de um regimento confederado de cavalaria da Geórgia são prisioneiros da União em um campo em Rock Island, Illinois. Sob o comando do coronel Clay Tucker, muitos estão doentes e feridos. Percebem uma chance de escapar quando o capitão da União Mark Bradford lhes propõe liberdade em troca deles ajudarem as tropas da União a combaterem os Apaches no remoto Novo México. O major comandante do Forte Thorn, local aonde os confederados são levados, suspeita que os recem-chegados planejam escapar e os hostiliza. Quando tudo estava pronto para a deserção e fuga, o coronel (agora tenente) Tucker recebe ordens de agentes confederados para esperar, havendo informações sobre um plano para apoiarem a criação de uma nova frente da Guerra Civil no Oeste.

Contexto históricoEditar

O roteirista Frank S. Nugent desenvolveu a trama do filme enquanto escrevia o script de She Wore a Yellow Ribbon em 1948. Durante as pesquisas, Nugent consultou os historiadores Dee Brown e Martin F. Schmitt, autores de Fighting Indians of the West, sobre os "Galvanized Yankees" ou confederados que se aliaram a União [3]. Nugent submeteu sua história The Yankee From Georgia para a Metro Goldwyn Mayer mas não recebeu resposta. O projeto foi para a Fox que usou o título provisório de Trumpet to the Morn.

O histórico Forte Thorn foi construído em dezembro de 1853 no lado oeste do Rio Grande, próximo de Las Cruces, Novo México (atual Hatch), com a intenção de ser uma defesa contra os índios Apache, inicialmente as tribos dos Mescaleros. O Forte Thorn ficou sendo o final de uma estrada construída em 1856 que cruzava o Arizona vinda do Forte Yuma. Em 1860, o posto deixou de ter uma guarnição permanente.[4]

Em 1861 o Forte foi reocupado quando a Guerra Civil começou e o Texas organizou uma força expedicionária para separar o Novo México do Arizona. As tropas da União deixaram o Forte Thorn em agosto depois de uma derrota em Mesilla, Novo México. As tropas confederadas ocuparam o local em janeiro de 1862 como patamar de um avanço para o norte mas em abril os confederados foram forçados a recuarem no Novo México. O Forte Thorn voltou a ser um posto militar da União em 4 de julho de 1862.[4]

Referências

  1. Entre Dois Juramentos no CinePlayers (Brasil)
  2. «Cópia arquivada». Consultado em 30 de janeiro de 2010. Arquivado do original em 6 de dezembro de 2007 
  3. Brown depois escreveu o livro The Galvanized Yankees e falou sobre o plano confederado de ligar El Paso, Texas com a Califórrnia, por volta do final de 1864
  4. a b Keleher, William A. (1951, 1982). Turmoil in New Mexico. Rydal Press, ISBN 0826306322, p. 271, note 58.
  Este artigo sobre um filme estadunidense é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.