O Unterseeboot U-40 foi um U-boot tipo IXA[3] da Kriegsmarine da Alemanha Nazi que operou durante a Segunda Guerra Mundial.[1]

Unterseeboot U-40
U-37 (idêntico ao U-40), em Lorient, 1940
 Alemanha
Operador Kriegsmarine
Fabricante DeSchiMAG AG Weser, Bremen
Data de encomenda 29 de julho de 1936
Estaleiro 945
Batimento de quilha 1 de julho de 1937
Lançamento 9 de novembro de 1938
Comissionamento 11 de fevereiro de 1939
Destino Afundado por uma mina no dia 13 de outubro de 1939 no Canal da Mancha. 45 tripulantes faleceram, três sobreviveram[1][2]
Características gerais
Tipo de navio Submarino
Classe Tipo IXA
Deslocamento 1032 toneladas (superfície)
1153 toneladas (submerso)
Comprimento 76,50 metros (total)
58,75 metros (casco de pressão)
Boca 6,51 metros
Calado 4,70 metros
Altura 9,40 metros
Propulsão Duas hélices de 1,92 metros
Dois motores a diesel (3240 kW)
Dois motores elétricos (740 kW)
Velocidade 33,7 km/h (superfície)
14,3 km/h (submerso)
Autonomia 19 400 quilómetros a 19 km/h (superfície)
120-144 quilómetros a 7,4 km/h (submerso)
Profundidade 230 metros
Armamento 6 × tubos de torpedo (4 proa, 2 popa)
22 torpedos
1 × canhão naval de 10,5 cm SK C/32 (180 munições)
1 × canhão de 3,7 cm SK C/30
1 × canhão antiaéreo de 2 cm C/30
Tripulação 48 elementos

O U-40 foi construído em Bremen pela DeSchiMAG AG Weser como o número de estaleiro 945. Ele foi lançado em novembro de 1938 e comissionado em fevereiro de 1939.[1]

O submarino realizou duas patrulhas de guerra durante a sua carreira, e ambas foram sob a 6. Unterseebootsflottille (6.ª Flotilha). Durante o seu curto serviço operacional na guerra não afundou nenhum navio.

O U-40 foi afundado no dia 13 de outubro de 1939 por uma mina no Canal da Mancha.[1]

ConstruçãoEditar

O U-40 foi encomendado pela Kriegsmarine no dia 21 de novembro de 1936 (como parte do Plano Z). A sua quilha foi batida a 1 de julho de 1937, foi lançado a 9 de novembro de 1938 e comissionado a 11 de fevereiro de 1939 sob o comando de Kapitänleutnant Werner von Schmidt.[1]

ProjectoEditar

Como um dos oito submarinos originais alemães do tipo IX, mais tarde designado IXA, o U-40 teve um deslocamento de 1 032 toneladas quando na superfície e 1 153 toneladas quando submerso.[4] O U-boot tinha um comprimento total de 76,50 metros, um comprimento casco de pressão de 58,75 metros, uma boca de 6,51 metros, uma altura de 9,40 metros, e um calado de 4,70 metros. O submarino era movido por dois motores a diesel MAN M 9 V 40/46 com supercompressor, quatro tempos e nove cilindros produzindo um total de 3240 kW para uso na superfície e dois motores eléctricos de dupla acção Siemens-Schuckert 2 GU 345/34, produzindo um total de 740 kW para uso enquanto submerso. Ele tinha duas hastes e duas hélices de 1,92 metros. O submarino era capaz de operar em profundidades de até 230 metros.[4]

O submarino tinha uma velocidade máxima de superfície de 33,7 quilómetros por hora e uma velocidade máxima submersa de 14,3 km/h.[4] Quando submerso, a embarcação podia operar por 120-144 quilómetros a 7,4 km/h; quando emergisse, ele poderia viajar cerca de 19 400 quilómetros a 19 km/h. O U-40 foi equipado com seis tubos de torpedo de 53,3 centímetros (quatro instalados na proa e dois na popa), 22 torpedos, um canhão naval de 10,5 centímetros SK C/32, 180 munições, um canhão de 3,7 cm SK C/30, e também um canhão antiaéreo de 2 cm C/30. O submarino era operado por uma tripulação de quarenta e oito elementos.[4]

Histórico de serviçoEditar

Depois de ser comissionado o U-40 ficou estacionado na cidade portuária alemã de Wilhelmshaven,[3] que seria o seu lar pelo resto da sua curta carreira.[1]

PatrulhasEditar

O U-40 deixou Wilhelmshaven no dia 19 de agosto de 1939, antes do início da Segunda Guerra Mundial, para a sua primeira patrulha. Ao longo de quase quatro semanas ele operou na costa de Gibraltar, antes de voltar para casa a 18 de setembro do mesmo ano.[5] O U-40 mais uma vez deixaria Wilhelmshaven, desta vez sob o comando de Kapitänleutnant Wolfgang Barten, no dia 10 de outubro de 1939. Durante esta patrulha, ela deveria conduzir operações conjuntas nas costas de Portugal e Espanha.[6]

DestinoEditar

No dia 13 de outubro de 1939, o U-40 foi afundado por uma mina britânica em 50° 41′ 06″ N, 0° 15′ 01″ L.[7] Ele iria operar como parte da primeira matilha de submarinos na Segunda Guerra Mundial; no entanto, como ele deixou o porto tarde, Barten decidiu seguir por um atalho para o ponto de encontro designado do submarino, a sudoeste da Irlanda. Esse atalho era através do Canal da Mancha, que estava repleto de muitas minas navais britânicas. Optando por fazer a viagem quase três horas e meia após a maré alta, as minas não estavam no seu ponto mais baixo. O barco bateu num desses dispositivos e afundou imediatamente no fundo do mar. No entanto, nove membros da tripulação conseguiram sair pela escotilha traseira. Usando equipamento de fuga, eles foram capazes de alcançar a superfície; um dos nove morreu nesta jornada. Uma vez fora, mais cinco morreram devido à exposição às condições meteorológicas adversas do Canal da Mancha. Quase dez horas após o naufrágio, os três homens restantes foram resgatados e feitos prisioneiros pelo HMS Boreas.[1][6][2]

Referências

  1. a b c d e f g Helgason, Guðmundur. «The Type IXA boat U-40». German U-boats of WWII - uboat.net. Consultado em 3 de abril de 2010 
  2. a b Kemp 1999, p. 61.
  3. a b Helgason, Guðmundur. «Type IXA». German U-boats of WWII - uboat.net. Consultado em 1 de abril de 2010 
  4. a b c d Gröner 1991, p. 68.
  5. Helgason, Guðmundur. «Patrol info for U-40 (First patrol)». German U-boats of WWII - uboat.net. Consultado em 2 de maio de 2010 
  6. a b Helgason, Guðmundur. «Patrol info for U-40 (Second patrol)». German U-boats of WWII - uboat.net. Consultado em 2 de maio de 2010 
  7. «Submarine Casualties Booklet». U.S. Naval Submarine School. 1966. Consultado em 8 de setembro de 2009. Cópia arquivada em 31 de agosto de 2020 

BibliografiaEditar

  • Busch, Rainer; Röll, Hans-Joachim (1999). German U-boat commanders of World War II : a biographical dictionary. Traduzido por Brooks, Geoffrey. London, Annapolis, Md: Greenhill Books, Naval Institute Press. ISBN 1-55750-186-6 
  • Busch, Rainer; Röll, Hans-Joachim (1999). Deutsche U-Boot-Verluste von September 1939 bis Mai 1945 [German U-boat losses from September 1939 to May 1945]. Der U-Boot-Krieg (em alemão). IV. Hamburg, Berlin, Bonn: Mittler. ISBN 3-8132-0514-2 
  • Gröner, Erich; Jung, Dieter; Maass, Martin (1991). U-boats and Mine Warfare Vessels. German Warships 1815–1945. 2. Traduzido por Thomas, Keith; Magowan, Rachel. London: Conway Maritime Press. ISBN 0-85177-593-4 
  • Kemp, Paul (1999). U-Boats Destroyed - German Submarine Losses in the World Wars. London: Arms & Armour. ISBN 1-85409-515-3 

Ligações externasEditar

  • Helgason, Guðmundur. «The Type IXA boat U-40». German U-boats of WWII - uboat.net. Consultado em 7 de dezembro de 2014 
  • Hofmann, Markus. «U 40». Deutsche U-Boote 1935–1945 – u-boot-archiv.de (em alemão). Consultado em 7 de dezembro de 2014