USS Ticonderoga (CV-14)

USS Ticonderoga (CV-14)
USS Ticonderoga (CVA-14) refueling from USS Ashtabula (AO-51) off Vietnam c1966.jpg
Batimento da quilha 1 de fevereiro de 1943
Lançado ao mar 7 de fevereiro de 1944
Comissionamento 8 de maio de 1944
Descomissionado 1 de setembro de 1973
Vendido como sucata em 10 de outubro de 1964.
Estaleiro "Newport News Shipbuilding", Newport News, Virgínia
Sistema de propulsão 8 caldeiras, acopladas a 4 turbinas a vapor "Westinghouse"; 150.000 shp (cavalos de força)
Comprimento 888,5 pés (270,8 m)
Grumman F6F abaoard USS Ticonderoga (CV-14).jpg
Boca 101 pés (30,8 m)
Largura da pista de pouso 191,9 pés (58,5 m)
Calado 30,8 pés (10,4 m)
Deslocamento 41.700 toneladas (carga total)
Velocidade 33 nós
Aviões 80 - 100
Tripulação 3.448
Armamento 1944: 4 canhões de reparo duplo (125 mm) calibre 38
4 canhões de reparo singelo (125 mm)
8 canhões de reparo quádruplo Bofors 40 mm
46 metralhadoras de reparo simples Oerlikon 20
1972: 4 "5-inch (12.7 cm) 38 caliber guns"
Classe "Classe Ticonderoga"

O USS Ticonderoga (CV-14) foi um porta-aviões da Classe Ticonderoga que fez parte da Marinha dos Estados Unidos.

Foi lançado ao mar em 7 de fevereiro de 1944, e participou ativamente da Segunda Guerra Mundial e da Guerra do Vietnam. Esteve em serviço até 16 de novembro de 1973.

Segunda Guerra MundialEditar

Sua presença foi marcante na Campanha das Filipinas, na Batalha no Mar do Sul da China e em ataques às ilhas no sul do Japão, destruindo grande quantidade de aviões e navios japoneses. Sendo que seus aviões bombardearam Tóquio no final da guerra.

Guerra do VietnamEditar

Esteve presente em toda a Campanha da Guerra do Vietnam. Seus aviões cumpriram missões de ataque e apoio. Nos anos de 1965-1966 foram mais de 10.000 ataques, com a perda de 16 aviões e 5 pilotos. Em 1966-1967 foram 11.650 ataques contra posições no Vietnam do Norte. No final de 1967 o porta-aviões esteve 120 dias envolvido em combates, encerrando a sua participação no conflito com mais 13.000 ataques.

Acidente nuclearEditar

Em 5 de dezembro de 1965, o USS Ticonderoga esteve envolvido em um incidente com armas nucleares. Um avião A-4E Skyhawk armado com uma bomba nuclear tipo B43, caiu do convés do (CV-14) no Oceano Pacífico, junto a costa do Japão. O piloto, o avião e a bomba nunca foram localizados.

Missão espacialEditar

 
Operação de recuperação da cápsula Apollo 17.

O USS Ticonderoga (CV-14) foi o responsável pelo recolhimento no mar da cápsula espacial e os astronautas da Apollo 16 em abril de 1972, também em novembro do mesmo ano recolheu a tripulação do Apollo 17. Em 22 de junho de 1973, próximo a San Diego, o Ticonderoga recolheu os dois astronautas que retornaram com o Skylab.

Honrarias e condecoraçõesEditar

  • World War II - five battle stars
  • Vietnam War - three Navy Unit Commendations
  • Vietnam War - one Meritorious Unit Commendation
  • Vietnam War - 12 battle stars

Notas e referênciasEditar

Veja tambémEditar

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
  Imagens e media no Commons

Ligações externasEditar