Abrir menu principal

Ubiretama é um município brasileiro do estado do Rio Grande do Sul.

Município de Ubiretama
Bandeira de Ubiretama
Brasão de Ubiretama
Bandeira Brasão
Hino
Aniversário 28 de dezembro de 1995 (23 anos)
Gentílico ubiretamense
Prefeito(a) Ildo Leske (PDt)
(2017 – 2020)
Localização
Localização de Ubiretama
Localização de Ubiretama no Rio Grande do Sul
Ubiretama está localizado em: Brasil
Ubiretama
Localização de Ubiretama no Brasil
28° 02' 45" S 54° 40' 51" O28° 02' 45" S 54° 40' 51" O
Unidade federativa Rio Grande do Sul
Mesorregião Noroeste Rio-grandense IBGE/2008 [1]
Microrregião Santo Ângelo IBGE/2008 [1]
Municípios limítrofes Santa Rosa, Senador Salgado Filho, Guarani das Missões, Cerro Largo, Campina das Missões e Cândido Godói
Distância até a capital 499 km
Características geográficas
Área 126,694 km² [2]
População 2 296 hab. Censo IBGE/2010[3]
Densidade 18,12 hab./km²
Altitude 208 m
Clima subtropical úmido
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,782 alto PNUD/2000 [4]
PIB R$ 32 390,319 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 13 092,29 IBGE/2008[5]

Índice

HistóriaEditar

Nasceu com a vinda dos imigrantes alemães no ano de 1890, iniciou-se a colonização dividindo a região em lotes que foram distribuídos às famílias. Mais tarde chegaram famílias de descendentes poloneses, italianos, russos e tchecos. Inicialmente era chamado de Laranjeira.

Em 1944 passa a ser chamado de Ubiretama , distrito do município de Giruá. O rio Laranjeiras que banha o centro da cidade é afluente do Rio Comandaí que também banha o município.

No ano de 1995 finalmente passa a ser cidade.

Ubiretama é vocábulo indígena que significa "terra dos ubis". Do tupi ubi: ubim ou ubi, uma espécie de palmeira; e retama: lugar, pátria. Outra interpretação traduz a palavra como "um lugar na terra". De yby: terra; e retama: lugar.

GeografiaEditar

Referências

  1. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  2. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  3. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 

Ligações externasEditar

Ver tambémEditar