Uchū Kyōdai

Uchū Kyōdai (宇宙兄弟 lit. "Irmãos Espaciais"?) é uma série de mangá escrita por Chūya Koyama, que é serializada pela revista Weekly Morning da Kodansha desde dezembro de 2007. Foi indicado duas vezes para o Manga Taishō, em 2009 e 2010. A adaptação em anime foi feita pelo estúdio A-1 Pictures, e estreou no Japão em 1 de abril de 2012 até 22 de março de 2014. O filme em live action estreou em 5 de maio de 2012. E o filme do anime, intitulado Uchū Kyōdai #0 estreou em 9 de agosto de 2014 no Japão.[1]

Uchū Kyōdai
宇宙兄弟
Uchū Kyōdai
Informações gerais
Gêneros Comédia, Drama, Slice of life, Seinen
Mangá
Escrito e ilustrado por Chūya Koyama
Editoração Kodansha
Revistas Weekly Morning
Demografia Seinen
Período de publicação 6 de dezembro de 2007 em andamento
Volumes 41
Anime
Direção Ayumu Watanabe
Estúdio de animação A-1 Pictures
Emissoras de televisão originais Japão NNS, YTV
Período de exibição 1 de abril de 2012 22 de março de 2014
Episódios 99
Filme
Direção Yoshitaka Mori
Roteiro Mika Ohmori
Estúdio de animação Tōhō
Data de lançamento 5 de maio de 2012
Data de lançamento mundial 5 de maio de 2012
Duração 129 minutos.
Filme
Uchū Kyōdai #0
Roteiro Chūya Koyama
Estúdio de animação A-1 Pictures
Data de lançamento Japão 9 de agosto de 2014

EnredoEditar

No verão de 2006, Mutta Namba e seu irmão mais novo, Hibito, acham que viram um OVNI, que voou em direção à lua. Hibito decide que irá pra Lua enquanto Mutta decide que irá pra Marte. Dezenove anos depois, no ano de 2025, Hibito torna-se um astronauta de pleno direito na Agência Japonesa de Exploração Aeroespacial (JAXA), designado para servir em uma missão para a lua. Mutta, por outro lado, não foi tão bem sucedido em alcançar seus sonhos. No entanto, logo após ser demitido de seu emprego, Mutta relembra de suas ambições passadas e começa sua jornada para se tornar um astronauta e alcançar seu irmão mais novo. A história segue Mutta em todas as etapas da seleção para se tornar um astronauta, será que ele conseguirá realizar seu sonho?

  Portal Animangá

MídiaEditar

MangáEditar

O mangá foi escrito por Chūya Koyama e serializado pela revista Weekly Morning na Kodansha em dezembro de 2007, e foram lançados 41 volumes tankōbon até maio de 2022.

AnimeEditar

A adaptação do anime foi feita pelo estúdio A-1 Pictures e estreou no Japão em 1 de abril de 2012, e foi transmitido simultaneamente pelo Crunchyroll. A série foi licenciada na América do Norte pela Sentai Filmworks. O trigésimo primeiro episódio o qual foi estreou em 4 de novembro de 2012, apresentou um trecho da gravação de voz no espaço pelo astronauta Akihiko Hoshide através da Estação Espacial Internacional. O especial intitulado "Puranetariumu Uchū Kyōdai ~Itten no Hikari~" (プラネタリウム 宇宙兄弟~一点のひかり~ lit. Planetário: Irmãos Espaciais ~Um ponto de Luz~?) foi exibido em planetários durante o verão de 2012 e foi lançado em DVD com o 10º volume do mangá em 22 fevereiro de 2013.[2]

MúsicaEditar

Temas de abertura
  1. "Feel So Moon" por Unicorn (ep 1-13)
  2. "Eureka" (ユリーカ Yurīka?) por Sukima Switch (ep 14-26)
  3. "Yumemiru Sekai" (夢見る世界? lit. "Dream-like World") por DOES (ep 27-38)
  4. "Small World" por Fujifabric (ep 39-51)
  5. "Kienai E" (消えない絵? lit. "Non-Disappearing Drawing") por Magokoro Brothers (ep 52-64)
  6. "Crater" (クレーター Kurētā?) por Merengue (ep 65-75)
  7. "HALO" por tacica (ep 76-87)
  8. "B.B." por THE Yatou (ep 88-99)
Temas de encerramento
  1. "Subarashiki Sekai" (素晴らしき世界? lit. "This Wonderful World") por Rake (ep 1-13)
  2. "Kokuhaku" (告白? lit. "Confession") por Angela Aki (ep 14-26)
  3. "Tete" (テテ? lit. "Hands") por Akihisa Kondō (ep 27-38)
  4. "Goodbye Issac" (グッバイ・アイザック Gubbai Aizakku?) por Motohiro Hata (ep 39-51)
  5. "Beyond" por Miho Fukuhara (ep 52-64)
  6. "Yozora no Taiyō" (夜空の太陽? lit. "Sun in the Night Sky") por Flower Companyz (ep 65-75)
  7. "New World" por Kasarinchu (ep 76-87)
  8. "Anata ga Ireba OK!" por Serena (ep 88-99)

FilmesEditar

Filme Live ActionEditar

A adaptação do filme live-action foi adaptado por Tōhō e lançada nos cinemas japoneses em 5 de maio de 2012, e mostrada no Japanese Film Festival na Austrália, no mesmo ano.[3] A adaptação foi escrita por Chuya Koyama e dirigido por Yoshitaka Mori, com Shun Oguri e Masaki Okada atuando como Mutta e Hibito. O astronauta Buzz Aldrin também participou do filme. O tema musical do filme foi "Every Teardrop Is a Waterfall" do álbum Mylo Xyloto da banda Coldplay. O filme ganhou os prêmios "Melhor Puchon" e "Escolha do Cidadão na NH Nonghyup" no 16º Puchon International Fantastic Film Festival.[4]

Filme do animeEditar

O filme do anime, intitulado Uchū Kyōdai #0 foi lançado no Japão em 9 de agosto de 2014. O criador do mangá, Chūya Koyama escreveu o roteiro do filme.

RecepçãoEditar

Foi indicado duas vezes para o Manga Taishō, em 2009 e 2010. Em 2011, ganhou o prêmio de melhor mangá geral apresentado no 56ª Prêmio de Mangá Shogakukan e Prêmio de Mangá Kōdansha (ao lado de Sangatsu no Lion de Chica Umino). Em 2014, ganhou o Prêmio do Leitor no 18º Prêmio Cultural Tezuka Osamu.[5]

O asteróide, 13163 Koyamachuya, foi nomeado após a criação.

Referências

  1. «Space Brothers #0 Anime Film's Teaser Previews Origin Story - News - Anime News Network:USA &Canada» (em inglês). Anime News Network. 8 de fevereiro de 2014. Consultado em 21 de agosto de 2014 
  2. «Space Brothers Manga to Bundle Planetarium Anime DVD - News - Anime News Network:UK» (em inglês). Anime News Network. 23 de agosto de 2013. Consultado em 27 de agosto de 2013 
  3. «Live-Action Space Brothers Plays in Australia - News - Anime News Network:UK» (em inglês). Anime News Network. 23 de agosto de 2013. Consultado em 27 de agosto de 2013 
  4. «Live-Action Space Brothers Wins Awards at Puchon Film Fest - News - Anime News Network:UK» (em inglês). Anime News Network. 23 de agosto de 2013. Consultado em 27 de agosto de 2013 
  5. «March comes in like a lion Wins 18th Tezuka Osamu Prizes' Top Award» (em inglês). Anime News Network. 24 de março de 2014. Consultado em 30 de julho de 2014 

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre mangá e anime é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.