Udmurtes

grupo étnico

Os udmurtes são um povo fino-úgrico que fala o idioma udmurte. Ao longo da história foram conhecidos, em russo, como chud otyatskaya (чудь отяцкая), otyaks ou votyaks e, em tártaro, como Ar. O nome udmurte provavelmente vem de *odo-mort, "povo do prado", onde a primeira parte representa a raiz pérmica *od (o), "prado", "campina", "campo", "descampado" (relacionado ao finlandês itää, "germinar", "brotar") e a segunda parte (o udmurte murt, "pessoa", como no komi mort e no mari mari) é um empréstimo arcaico do indo-iraniano *mertā ou *martiya, "pessoa", "homem" (no persa mard). Esta informação é corroborada por um documento datado de 25 de fevereiro de 1557, onde, ao lado do tradicional termo russo otyaki, os udmurtes são descritos como lugovye lyudi, "povo do prado".[4]

Udmurtes
Удмуртъёс
Udmurt people.jpg
Pessoas udmurtes por volta de 1900
População total

637 000 (2002)

Regiões com população significativa
 Rússia 552,299 (2010) [1]
Cazaquistão 5,824 (2009)
 Ucrânia 4,712 (2001) [2]
 Estónia 193 (2011) [3]
Línguas
Udmurte, russo
Religiões
Igreja Ortodoxa Russa
Etnia
Permianos
Grupos étnicos relacionados
outros povos fino-úgricos (especialmente outros povos permianos, como os komis)

A maior parte dos udmurtes vivem na Udmúrtia. Pequenos grupos habitam as regiões vizinhas: o Oblast de Kirov e o Krai de Perm, na Rússia, o Bascortostão, o Tartaristão e Mari El.

O idioma udmurte pertence à família linguística fino-úgrica.

A população udmurte foi estimada pelo censo russo como sendo de 637.000 habitantes em 2002, em comparação a 746.562 em 1989. Os udmurtes costumam ter olhos claros e cabelos vermelhos,[5] e chegaram mesmo a serem descritos como o povo "mais ruivo do mundo".[6] Os membros da antiga tribo dos budini, que foi especulada como sendo ancestral dos atuais udmurtes, foram descrita pelo historiador grego Heródoto como predominantemente ruivos.

Referências

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre etnologia ou sobre um(a) etnólogo(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.