Um Homem Só (filme)

Um Homem Só é um filme brasileiro de 2016, do gênero comédia dramática e ficção científica,[1] com roteiro e direção de Claudia Jouvin. O filme marca a estréia de Claudia como diretora de longa-metragem, de Mariana Ximenes como produtora, e da produtora Giros no mercado de ficção. Suas filmagens ocorreram no Rio de Janeiro. O filme teve como parceiros a RioFilme, FSA, Globo Filmes, Ancine, Funcine, TeleCine, Downtown Filmes, Paris Filmes, QuantaPost e Finep.

Um Homem Só
Pôster promocional do filme.
 Brasil
2016 •  cor •  94 min 
Direção Claudio Jouvin
Produção Mariana Ximenes
Maria Carneiro da Cunha
Coprodução Globo Filmes
Giros
Roteiro Claudia Jouvin
Elenco Vladimir Brichta
Mariana Ximenes
Ingrid Guimarães
Otávio Muller
Eliane Giardini
Figurino Ana Avelar
Distribuição Downtown Filmes
Paris Filmes
Lançamento Brasil15 de setembro de 2016
Idioma português
Site oficial

SinopseEditar

O filme conta a história de Arnaldo (Vladimir Brichta), que, para livrar-se da vida miserável que leva, procura uma clínica de cópias, que promete copiar pessoas. Com uma cópia ocupando seu lugar, ele levaria uma vida nova. Mas, ao ter seu pedido negado, Arnaldo não tem outra opção senão tentar mudar o rumo de sua história. Ao se apaixonar por Josie (Mariana Ximenes), a atendente de um cemitério de animais, Arnaldo acredita que encontrou uma chance de finalmente ser feliz. Mas, talvez ele esteja enganado. Um homem só é uma fábula urbana, que trata da complexidade dos relacionamentos, com boas doses de ironia e humor.

ElencoEditar

RecepçãoEditar

Francisco Russo, escrevendo sua crítica de cinema para o Adoro Cinema avaliou o filme como "regular": "Por mais que a construção do jogo envolvendo os duplos do personagem principal seja interessante, o roteiro peca pela necessidade em estabelecer dependências amorosas em ambos os lados - e, pior ainda, com personagens femininas bastante dependentes à sua versão de Vladimir."[1]

PrêmiosEditar

Festival de Gramado 2015

  • Melhor Fotografia

LançamentoEditar

O filme foi exibido na Mostra de Cinema de São Paulo de 2015 e também foi exibido no Festival de Cinema de Punta Del Leste em 2016.

Referências

  1. a b Francisco Russo. «Críticas Adoro Cinema». Adoro Cinema. Consultado em 15 de dezembro de 2016 
  2. «Mariana Ximenes vence prêmio de melhor atriz no Festival de Gramado». Cinema UOL. Consultado em 15 de agosto de 2015 

Ligações externasEditar