Abrir menu principal

The Freshman

página de desambiguação de um projeto da Wikimedia
(Redirecionado de Um Novato na Máfia)
Disambig grey.svg Nota: Para o filme mudo, veja The Freshman (1925).
Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde setembro de 2019). Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.
Translation to english arrow.svg
A tradução deste artigo está abaixo da qualidade média aceitável. É possível que tenha sido feita por um tradutor automático ou por alguém que não conhece bem o português ou a língua original do texto. Caso queira colaborar com a Wikipédia, cine e melhore este verbete conforme o guia de tradução.
The Freshman
Pôster promocional
No Brasil Um Novato na Máfia
Em Portugal O Caloiro da Máfia
 Estados Unidos
1990 •  cor •  102 min 
Direção Andrew Bergman
Produção Mike Lobell
Argumento Andrew Bergman
Roteiro Andrew Bergman
Elenco Marlon Brando
Matthew Broderick
Bruno Kirby
Penelope Ann Miller
Gênero comédia
policial
Música David Newman
Cinematografia William A. Fraker
Figurino Julie Weiss
Edição Barry Malkin
Distribuição TriStar Pictures
Lançamento Estados Unidos 20 de julho de 1990
Brasil 26 de outubro de 1990
Portugal 10 de maio de 1991
Idioma inglês
Receita US$21,460,601
Página no IMDb (em inglês)

The Freshman (bra: Um Novato na Máfia[1]; prt: O Caloiro da Máfia[2]) é um filme de comédia policial dos Estados Unidos de 1990 estrelado por Marlon Brando e Matthew Broderick, em que Brando parodia no papel de Vito Corleone em The Godfather.

Ele é escrito e dirigido por Andrew Bergman. O enredo gira em torno de emaranhamento de um jovem estudante de cinema de Nova York em um negócio ilícito de oferecer animais exóticos e em extinção como alimentos especiais, incluindo ser encarregado de entregar um Dragão de Komodo para esta finalidade.

ResumoEditar

Em Nova Iorque, um jovem universitário (Matthew Broderick) ao procurar emprego conhece um chefe da Máfia.

Rapidamente ele envolve-se num negócio no qual espécies em via de extinção são servidas em jantares, que custam 200 mil dólares por pessoa.

ElencoEditar

RecepçãoEditar

O filme foi bem comentado, com Janet Maslin descrevendo-o no The New York Times como "espirituoso e encantado".[3] Em sua revisão original, Roger Ebert escreveu: "Houve um monte de filmes onde as estrelas têm repetido os triunfos de suas partes - mas qualquer estrela já fez isso mais triunfante do que Marlon Brando faz em The Freshman?"[4] Variety também elogiou o desempenho de Brando como Sabatini e observou que "o desempenho comédia sublime de Marlon Brando eleva The Freshman da comédia excêntrica a um nicho peculiar na história do cinema."[5] No site que agrega revisões Rotten Tomatoes, The Freshman tem um 94% "Fresh Certificado" com "nota média" de 7.4/10. O consenso é "Estimulado pelo charme de Matthew Broderick no papel-título e Marlon Brando como uma caricatura de sua persona Godfather, The Freshman tem benefícios de um elenco sólido, uma premissa inteligente e humor doce."[6]

Prémios e nomeaçõesEditar

Referências

  Este artigo sobre um filme estadunidense é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.