Abrir menu principal
Suécia Umeå

Umea • Umeo • Umeaa • Uma

Umeå

 
  Cidade  
De cima: Vista sobre o centro mostrado o rio Ume, Museu da Imagem, "Skin 4", Umeå Arts Campus, Igreja de Umeå, o Coração Sorridente, Câmara Municipal de Umeå.
De cima: Vista sobre o centro mostrado o rio Ume, Museu da Imagem, "Skin 4", Umeå Arts Campus, Igreja de Umeå, o Coração Sorridente, Câmara Municipal de Umeå.
Umeå está localizado em: Suécia
Umeå
Localização de Umeå
Coordenadas 63° 49' N 20° 16' E
Região Norlândia
Província Bótnia Ocidental
Condado Bótnia Ocidental
Comuna Umeå
Área
- Total 32,6 km²
População (2018)
 - Total 88 395
    • Densidade 2 711,5 hab./km²

Umeå, Umea, Umeaa, Umeo ou Uma é um cidade da Suécia situada na província da Bótnia Ocidental, no condado da Bótnia Ocidental, na comuna de Umeå. É a maior cidade do norte do país com 88 395 habitantes segundo censo de 2018, e é capital e centro administrativo do condado e comuna. É um centro estudantil, de pesquisa, de atendimento médico e de prestação de serviços. Ela possui 32,6 quilômetros quadrados.[1][2][3][4]

Índice

HistóriaEditar

Cerca de 7 000 a.C., o degelo dos glaciares chega à área de Umeå. Entre 3 000 e 2 000 a.C., caçadores pré-históricos gravam figuras humanas e alces em rochedos. Com a elevação sucessiva da terra firme, as águas do interior correram desordenadas ao mar, fazendo, segundo a tradição, um barulho ensurdecedor – "uma" – que daria nome ao futuro rio Ume e a Umeå.[1][5][6] No século XIV, a região foi incorporada na Suécia, e a pequena Umeå transforma-se numa porta de entrada dos colonizadores suecos a caminho do norte selvagem. Após uma tentativa fracassada de fundar um povoado em 1588 no local da futura cidade, recebeu em definitivo o "título de cidade" em 1622. Ainda em 1638, e com apenas 40 residentes, tornar-se-ia capital do condado da Bótnia Ocidental.[7][8]

Envolvida no conflito entre a Suécia e a Rússia, Umeå foi atacada em 1714 pelos russos, que voltaram em 1720, e incendiaram a cidade. Em 1809, Umeå foi ocupada pelos mesmos russos, durante alguns meses. Em 1888, um grande incêndio destruiu a maior dela. Na sua reconstrução foram criadas largas avenidas com bétulas, para barrar eventuais incêndios no futuro.[8] Em 1966, a cidade chega aos 50 000 habitantes, e em 1967 é fundada a Universidade de Umeå. Em 1992, a cidade ultrapassa os 100 000 habitantes e torna-se assim a maior cidade do norte do país.[1][5][6][7]

GeografiaEditar

Umeå está situada na margem esquerda do rio Ume, a 20 km da foz no golfo de Bótnia.[2] As temperaturas podem chegar a -33ºC no inverno (mínima) e a +31,8ºC no verão (máxima). A precipitação média, em medições realizadas em 1996 e 2014, foi de respetivamente 23,2 e 17,4 mm.[9]

Lazer e culturaEditar

Umeå é o centro da vida cultural e educacional do norte do país.[2] Sua cena cultural é bastante diversificada. A cidade possui vários festivais anuais como o Festival de Jaz de Umeå[10] e o Umeå Open.[11]

EducaçãoEditar

A cidade é o principal centro de educação superior no norte da Suécia, e o quinto maior de todo o país, com cerca de 31 000 estudantes inscritos em duas universidades (2018):[12]

  • Universidade de Umeå (UMU) - Umeå universitet [13]
  • Universidade Sueca de Ciências Agrícolas (SLU) - Sveriges lantbruksuniversitet[14]

TransportesEditar

É um importante centro de comércio e transportes, com um dos maiores portos da Suécia.[2] Está bem ligada por transportes, sendo possível viajar para Estocolmo de carro, ônibus, trem ou avião. A cidade é cruzada pelas estradas europeias E4 e E12. O aeroporto municipal possui diversos voos regulares para ambos aeroportos de Estocolmo (Aeroporto de Bromma e Aeroporto de Arlanda), alguns voos diários para Quiruna e Lula. Também é possível ir de balsa para Vaasa na Finlândia.[15][16]

Naturais de UmeåEditar

Referências

BibliografiaEditar

  • Editores (1998). «Umeå». Enciclopédia Britânica Online 
  • Magnusson, Lars (2005). «Västerbotten». Se Sverige. Vägvisare till 650 smultronställen från Ales stenar till Överkalix (em sueco). Estocolmo: Prisma e Svenska turistföreningen. 288 páginas. ISBN 91-518-4471-0 

Ligações externasEditar

O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Umeå