Abrir menu principal

Umbuzeiro (Paraíba)

Município brasileiro do estado da Paraíba
Umbuzeiro
  Município do Brasil  
Vista parcial do Centro da Cidade de Umbuzeiro
Vista parcial do Centro da Cidade de Umbuzeiro
Símbolos
Bandeira de Umbuzeiro
Bandeira
Brasão de armas de Umbuzeiro
Brasão de armas
Hino
Gentílico umbuzeirense[1]
Localização
Localização de Umbuzeiro na Paraíba
Localização de Umbuzeiro na Paraíba
Umbuzeiro está localizado em: Brasil
Umbuzeiro
Localização de Umbuzeiro no Brasil
Mapa de Umbuzeiro
Coordenadas 7° 41' 45" S 35° 39' 50" O
País Brasil
Unidade federativa Paraíba
Região intermediária[2] Campina Grande
Região imediata[2] Campina Grande
Região metropolitana Campina Grande
Municípios limítrofes norte: Gado Bravo e Aroeiras; leste: Natuba; sul: Vertente do Lério, Casinhas e Orobó no Estado de Pernambuco; oeste: Santa Cecília[3]
Distância até a capital 147 km
História
Fundação 2 de maio de 1890 (129 anos)
Administração
Prefeito(a) José Nivaldo de Araújo[4] (PSB, 2017 – 2020)
Características geográficas
Área total [5] 181,327 km²
População total (IBGE/2010[6]) 9 298 hab.
Densidade 51,28 hab./km²
Clima Semiárido
Altitude 541 m
Fuso horário Hora de Brasília (UTC−3)
Indicadores
IDH (PNUD/2000 [7]) 0,539 baixo
PIB (IBGE/2008[8]) R$ 35 861,452 mil
PIB per capita (IBGE/2008[8]) R$ 3 801,70
www.umbuzeiro.pb.gov.br (Prefeitura)

Umbuzeiro é um município brasileiro do estado da Paraíba.

É um município de significativa relevância para a história da Paraíba, visto que é berço de notáveis personalidades da política paraibana e brasileira entre eles Epitácio Pessoa, João Pessoa e Assis Chateaubriand. O município é também nacionalmente reconhecido no meio agropecuário pelo desenvolvimento e produção do gado Gir, na antiga Estação de Monta de Umbuzeiro, hoje Estação Experimental João Pessoa, sendo esta parte da EMBRAPA, tendo posteriormente sua administração transferida para a EMEPA[9].

A cidade faz contato com outros municípios do estado por meio das rodovias PB-102 e PB-082, e com Pernambuco, por meio das rodovias PE-088 e PE-102. Apresenta também a sede do município e suas principais localidades situadas na divisa com estado de Pernambuco, assim sendo tem alguns de seus núcleos urbanos divididos com os municípios de Orobó e Casinhas.

HistóriaEditar

 
Antiga sede da Fazenda Prosperidade, casa onde nasceu o ex-presidente da Paraíba, João Pessoa Cavalcanti de Albuquerque, próxima à sede do município.

A história do território do município de Umbuzeiro tem seus primórdios na historiografia paraibana quando das primeiras expedições pelo Rio Paraíba à procura de restabelecer os contatos entre as regiões sertanejas e a capital da então Capitania da Parahyba, visto que, grande parte das relações do sertão paraibano davam-se com Pernambuco. Todavia as primeiras medidas no sentido colonizatório só se deram a partir de 1713 com a Concessão da sesmaria de Marcos de Castro Rocha. Sesmaria essa, que viria posteriormente formar a Fazenda Marcos de Castro de Matinadas, que Passaria no século XIX a posse do Cel. José da Silva Pessoa e seus descendentes em linha reta, posteriormente a fazenda teve seu nome alterado para Fazenda Prosperidade de Umbuzeiro, em face da mudança da sede para propriedade para as proximidades do lugar onde hoje está edificada a cidade[10].

A partir de meados do século XIX, com o grande desenvolvimento algodoeiro da região de Campina Grande, Umbuzeiro tona-se ponto de parada e descanso dos tropeiros que seguiam a caminho de Recife, afim de escoarem a produção de Algodão pelo Porto do Recife. Nesse contexto algumas pessoas atraídas pelo comércio construíram as pequenas casas no local confiantes que os tropeiros poderiam ser um bom negócio. E por volta de 1870 se construía a primeira Igreja da localidade em honra a Nossa Senhora do Livramento, com a ajuda do Padre Ibiapina, grande propulsor das obras religiosas pelo interior do nordeste. A referida Igreja era parte da antiga Freguesia de Nossa Senhora da Conceição da Barra de Natuba, esta extinta em 21 de outubro de 1902, quando da transferência da sede da paroquial para a Vila de Umbuzeiro, formando assim, a atual Paróquia de Nossa Senhora do Livramento, instalada em 26 de outubro de 1902[11].

Em 2 de maio de 1890, pelo Decreto nº 15 do Governo Provisório do Estado da Parahyba do Norte foi criado o município de Umbuzeiro, com sede na Vila de mesmo nome e com território desmembrado do então município do Ingá, cabe ressaltar que era então secretário do governo provisório o grande jurista e filho da terra, o Dr. Epitácio Pessoa. Sendo formado pela Vila de Umbuzeiro e pelas localidades da Barra de Natuba, Mata Virgem, Aroeiras, Pedro Velho, Aguapaba, Natuba, Matinadas, Oratório, Pirauá, entre outras localidades[12].

Tendo em 1892 a sede municipal transferida para a Vila da Barra de Natuba, situada no encontro do Rio Paraíba com o Riacho de Natuba, ato esse, revogado em 1904, com a volta da sede municipal para Umbuzeiro, face a completa decadência e falta de estrutura na Barra. Hoje a antiga Vila da Barra de Natuba é uma fazenda no município de Natuba.

Em 1938 é elevado a condição de cidade, status esse que mantém até hoje[13].

Outro acontecimento importante na história de Umbuzeiro é a inauguração em 17 de março de 1941 da Nova Matriz de Nossa Senhora do Livramento, situada na Praça Cel. Antônio Pessoa. Com altares em mármore carrara, sendo o Altar-Mor oferta do Ex-Presidente da República Epitácio Pessoa[14].

GeografiaEditar

 
Vista da Igreja de Nossa Senhora da Conceição (1872), também construída com a ajuda do Padre Ibiapina no Distrito de Mata Virgem, município de Umbuzeiro.

A sede do município situa-se no planalto do Borborema, em uma região de superfície de ondulações suaves e médias, com altitudes em torno de 541 metros acima no nível do mar.

Quanto a sua hidrografia é cortado ao norte pelo Rio Paraíba, esse que desenha sua fronteira como os municípios de Gado Bravo e Aroeiras. Possui também alguns riachos intermitentes, entre eles o Riacho da Balança que faz a divisa com o município de Santa Cecília, e os Riachos Umbuzeiro, Sipaúba, Alecrim, Grotão, Quixaba, Conquista, Sonhoróm e Gurtas (Matinadas).

Administrativamente o município encontra dividido em três distritos. Todos eles no limiar com o Estado de Pernambuco

ClimaEditar

Situado no Planalto da Borborema, Umbuzeiro está incluído na área geográfica de abrangência do semiárido brasileiro, definida pelo Ministério da Integração Nacional em 2005, cuja delimitação tem como critérios o índice pluviométrico, o índice de aridez e o risco de seca.[15] Com temperatura média de 23 °C e umidade variando entre 75% e 90% durante o dia. Os meses mais quentes são de outubro a março e as maiores pluviosidades ocorrem no período de março a agosto.

Segundo dados do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), referentes ao período de 1961 a 1968 (até 31 de maio), a temperatura mínima absoluta registrada em Umbuzeiro foi de 15 °C nos dias 10 de agosto de 1962, 19 de julho de 1963, 5 de agosto de 1963, 26 de julho de 1965 e 22 de julho de 1967,[16] enquanto a máxima absoluta atingiu 34,2 °C em 9 de abril de 1966.[17] O maior acumulado de precipitação em 24 horas foi de 113 milímetros em 22 de janeiro de 1961,[18] e o menor índice de umidade relativa do ar de 32%, em 19 de dezembro de 1967.[19]

Dados climatológicos para Umbuzeiro
Mês Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Ano
Temperatura máxima recorde (°C) 33,6 32,4 32,4 34,2 29,8 27,8 27,4 27,4 29,6 31,2 32 32,6 34,2
Temperatura máxima média (°C) 30,2 30,1 29,5 28,3 26,7 25,2 24,7 25,2 26,8 28,6 29,6 29,5 27,9
Temperatura média (°C) 24,9 24,9 24,7 24 23,2 21,6 20,9 21 22,3 23,5 24,2 24,3 23,3
Temperatura mínima média (°C) 19,6 19,8 19,9 19,7 19,8 18 17,2 16,9 17,8 18,4 18,9 19,2 18,8
Temperatura mínima recorde (°C) 16,8 17,8 17,2 17,6 16,2 15,8 15 15 15,2 16 16,2 16,8 16
Precipitação (mm) 33,9 51,8 97,6 111,3 130,6 200,8 195,3 84,8 63 14,3 7,6 20,4 1 011,4
Dias com precipitação (≥ 1 mm) 4 5 9 11 11 17 16 11 9 3 1 3 100
Umidade relativa (%) 78 80 82,6 84,3 87,3 89,5 88,8 86,2 83,3 78,9 77,5 77,2 82,8
Fonte: Climate Data (médias de temperatura)[20] e Instituto Nacional de Meteorologia (precipitação, dias com precipitação e umidade: normal climatológica de 1961-1990; recordes de temperatura de 01/01/1961 a 31/05/1968).[16][17]

DemografiaEditar

 
Fonte: IBGE

DistritosEditar

Existem atualmente os seguintes distritos em Umbuzeiro:

EsporteEditar

Possui alguns clubes de futebol como o U.F.C., o Estrela, o Juventude e o Cruzeiro. Com maior destaque para o U.F.C. que é o maior clube deste município.

Ver tambémEditar

Referências

  1. Editores do VOLP (2009). «Busca no vocabulário ortográfico». Academia Brasileira de Letras. Consultado em 1 de maio de 2013 
  2. a b Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (2017). «Base de dados por municípios das Regiões Geográficas Imediatas e Intermediárias do Brasil». Consultado em 10 de fevereiro de 2018 
  3. «Lei Estadual 10.110/2013, Redefine os Limites do Município de Umbuzeiro, altera as Leis de nºs. 9.526/2011, 6.176/1995, 2.601/1961 e dá outras providências». Assembleia Legislativa da Paraíba. Consultado em 15 de fevereiro de 2017 
  4. Eleições 2016. «Prefeito Eleito». Consultado em 8 de janeiro de 2017 
  5. IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  6. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  7. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  8. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  9. http://www.emepa.org.br/empresa/ee/eexp_umbuzeiro.pdf
  10. GOMES, J. Eduardo. Umbuzeiro 100 anos: Nossa Terra, Nossa História, Nossa Gente. Umbuzeiro: Gráfica Offset Marcone, 1995.
  11. GOMES, J. Eduardo. Umbuzeiro: 100 Anos de Fé. Umbuzeiro: Sem Editora, 2002.
  12. TAVARES, João Lyra. A Parahyba: Volume II. Parahyba: Imprensa Official, 1909.
  13. http://cod.ibge.gov.br/1V7Z
  14. PARÓQUIA DE NOSSA SENHORA DO LIVRAMENTO. Vida de Igreja. Umbuzeiro: 1ª Ed., Ano 1, Dez. 2003.
  15. «Ministério da Integração Nacional, 2005. Nova delimitação do semiárido brasileiro». Consultado em 29 de setembro de 2009. Arquivado do original em 15 de julho de 2010 .
  16. a b «BDMEP - Série Histórica - Dados Diários - Temperatura Mínima (°C) - Umbuzeiro». Instituto Nacional de Meteorologia. Consultado em 22 de junho de 2015 
  17. a b «BDMEP - Série Histórica - Dados Diários - Temperatura Máxima (°C) - Umbuzeiro». Instituto Nacional de Meteorologia. Consultado em 22 de junho de 2015 
  18. «BDMEP - Série Histórica - Dados Diários - Precipitação (mm) - Umbuzeiro». Instituto Nacional de Meteorologia. Consultado em 22 de junho de 2015 
  19. «BDMEP - Série Histórica - Dados Horários - Umidade Relativa (%) - Umbuzeiro». Instituto Nacional de Meteorologia. Consultado em 22 de junho de 2015 
  20. «Clima: Umbuzeiro». Climate Data. Consultado em 22 de junho de 2015. Cópia arquivada em 22 de junho de 2015 

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre municípios da Paraíba é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.