Abrir menu principal

Una familia con suerte

Una familia con suerte
Informação geral
Formato Telenovela
Duração 45 min. (aprox.)
Criador(es) Jorge Fons
País de origem México
Idioma original (em castelhano)
Produção
Produtor(es) Juan Osorio
Elenco Arath de la Torre
Mayrín Villanueva
Luz Elena González
Daniela Castro
Sergio Sendel
Alicia Machado
ver todos
Tema de abertura «Dia de suerte» por (Alejandra Guzmán)
Tema de encerramento «Suerte» por (Ana Bárbara)
Exibição
Transmissão original 14 de fevereiro de 2011 - 19 de fevereiro de 2012
N.º de episódios 265
Cronologia
Programas relacionados Los Roldán

Una familia con suerte é uma telenovela mexicana produzida por Juan Osorio para a Televisa e exibida pelo Las Estrellas entre 14 de fevereiro de 2011 e 19 de fevereiro de 2012, substituindo Llena de amor e sendo substituída por Por ella soy Eva, em 265 capítulos.[1]

É uma versão da telenovela argentina Los Roldán, produzida pela Telefe em 2004.

Foi protagonizada por Arath de la Torre, Mayrín Villanueva e Luz Elena González e antagonizada por Daniela Castro, Sergio Sendel e Cecilia Galliano.

SinopseEditar

Fernanda Peñaloza (Alicia Rodríguez) recebe a notícia que tem câncer e toma a decisão de se suicidar. Quando está a ponto de atirar-se de uma ponte, Pancho López (Arath de la Torre), um vendedor de verduras, lhe diz que a vida é bela e há que lutar por ela todos os dias. A convence e a convida a subir em sua caminhonete, que chama de "A Burra".

Pancho López é um homem humilde, cheio de valores e com uma inteligência natural para os negócios, ajuda a quem o necessita e acredita na família. Pensa que ter muito dinheiro acarreta muitos problemas.

Fernanda conhece os quatro filhos de Pancho: Lupita (Alejandra García) é a filha consentida, uma jovem amorosa que herdou de seu pai o amor pelo serviço social. Ana Isabel (Sherlyn) é amante da música e não toma consciência de que é bonita; às vezes sente que seu pai gosta mais de Lupita do que dela. Temo (Daniel Arévalo) é o pequeno da família. Quando ele nasceu, Laurita (Ana Bárbara), a esposa de Pancho, morreu ao dar a luz; o criou Chela (Luz Elena González), cunhada de Pancho; ela se fez cargo da família quando sua irmã faleceu. Chela guarda um segredo: seu único amor na vida tem sido Pancho.

Pepe López (Pablo Lyle) é o filho mais velho de Pancho. É audaz, aprendiz de mecânico e gosta de pilotar automóveis, por isto se relaciona com pessoas de diferentes estatutos sociais. Conhece Mónica Rinaldi (Violeta Isfel), uma jovem rica, que é namorada de Freddy Irabién (Juan Diego Covarrubias). Eles se convertem em rivais, não só nas corridas, e sim também no amor por Mónica.

Candy (Alicia Machado) é irmã de Pancho. É bonita e se sente uma diva; expõe sua beleza exuberante para que todos os homens do bairro a admirem.

Pancho e sua família enfrenta um grave problema: o vencimento da hipoteca. Eles não tem dinheiro para pagar a dívida, e o que mais dói a ele é não poder proteger sua família.

Fernanda valoriza a honestidade e a responsabilidade de Pancho, tudo ao contrário de seu sobrinho Vicente Irabién (Sergio Sendel), um homem convencido e ambicioso, a quem anseia que sua tia morra para ficar com sua fortuna e a presidência da empresa.

Enzzo Rinaldi (Pedro Moreno) quer despejar a família López e aos seus amigos de sua vizinhança. Pancho se vê encurralado, sofre humilhações junto com sua família e não tem mais remédio que aceitar a proposta de Fernanda e converter-se em presidente da empresa de cosméticos.

Rebeca Treviño (Mayrín Villanueva) é uma mulher bonita e inteligente. É ela que assessora Pancho como presidente da empresa. Ela o educará, o ensinará a comportar-se e a tomar determinações no mundo das finanças, e se converterá na rival de Chela.

A família López se muda para a mansão de Fernanda e serão vizinhos da família Irabién: Vicente, Pina (Daniela Castro) e Freddy. Esta mudança trará divertidas situações entre os pobres e os ricos. Pina é uma mulher hipocondríaca, pois seu marido, Vicente, não presta atenção nela e tampouco com seu filho. Ela tem um programa de rádio: "Pina Opina", que serve como terapia. Ela só é acompanhada por sua cadelinha Abelha, a mascota da família. Porém, mais tarde, Popeye, o cachorro dos López, seduz a fina cachorrinha, o qual provoca um conflito entre as famílias. E seguindo os passos de Abelha, Vicente fica encantado da beleza sensual de Candy, e entre eles se dá um tórrido romance cheio de situações engraçadas.

As duas famílias se cruzam em uma série de situações cômicas e emocionantes onde Ana, que odeia a superficialidade, se apaixona de um rapaz superficial, Freddy. E Pina conhecerá a paixão em Tomás (Osvaldo de León), namorado de Lupita, com quem desatará situações excitantes, dando a Pina um fogo novo a sua vida.

Como enfrentarão Pancho e sua família esta mudança de vida sem perder a unidade e os valores? Chegará Pancho solucionar sua vida sentimental? Quem será a eleita de seu coração? Uma família com sorte oferece situações divertidas e românticas que farão rir e viver o sentimento mais belo: o amor.

ElencoEditar

AudiênciaEditar

Estreou com uma média de 24.9 pontos. Sua maior audiência é de 27,3 pontos, alcançada em 17 de fevereiro de 2011, e repetida 1 ano depois, em 17 de fevereiro de 2012. Já sua menor audiência é 14.4 pontos, alcançada em 24 de maio de 2011. Seu último capítulo teve média de 26.1 pontos. Teve média geral de 21 pontos. [2]

VersõesEditar

Referências

  1. Televisa. «Estreia de Una familia con suerte» (em espanhol). Consultado em 1 de julho de 2012 
  2. Fórum Univision (14 de julho de 2014). «Reporte de rating "Una familia con suerte"». Consultado em 27 de julho de 2015 

Ligações externasEditar