Una storia moderna - L'ape regina

filme de 1963 dirigido por Marco Ferreri

Una storia moderna - L'ape regina (bra O Leito Conjugal[1]) é um filme italiano de 1963 dirigido por Marco Ferreri.[1]

Una storia moderna: l'ape regina
Cartaz promocional
No Brasil O Leito Conjugal
 Itália
1963 •  p&b •  90 min 
Direção Marco Ferreri
Roteiro Marco Ferreri
Rafael Azcona
Elenco Ugo Tognazzi
Marina Vlady
Gênero comédia dramática
Música Teo Usuelli
Idioma italiano

ElencoEditar

  • Ugo Tognazzi .... Alfonso
  • Marina Vlady .... Regina
  • Walter Giller .... padre Mariano
  • Linda Sini .... madre superiora
  • Riccardo Fellini .... Riccardo
  • Gian Luigi Polidoro .... Igi
  • Nino Vingelli .... homem no cemitério
  • Achille Majeroni .... tia Mafalda

Prêmios e indicaçõesEditar

Prêmio/evento Categoria Recipiente Resultado
Cannes 1963 Prêmio de interpretação feminina Marina Vlady Venceu[2]
Palma de Ouro (melhor filme) Marco Ferreri (dir.) Indicado[2]
Globo de Ouro 1964 Melhor atriz - drama Marina Vlady Indicado[3]

SinopseEditar

Homem de meia idade escolhe uma virgem para se casar. Porém ela quer engravidar antes do casamento, e tanto insiste que acaba conseguindo, desprezando-o depois.

Referências

  1. a b Alex Viany (13 de novembro de 1964). «O filme é... 'O leito conjugal'». Ultima Hora (Ano XIV, n.º  1423). Rio de Janeiro. p. 9 
  2. a b «L'APE REGINA». Festival de Cannes. Consultado em 6 de março de 2021 
  3. «The Conjugal Bed». GoldenGlobes.com. Consultado em 6 de março de 2021 
  Este artigo sobre um filme do cinema italiano é um esboço relacionado ao Projeto Entretenimento. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.