Abrir menu principal

Unidade Popular (Grécia)

Unidade Popular
Λαϊκή Ενότητα, Laïkí Enótita
Líder Panagiotis Lafazanis
Fundação 21 de agosto de 2015
Ideologia Comunismo
Socialismo
Marxismo
Nacionalismo de esquerda
Eurocepticismo
Espectro político Esquerda[1]
Publicação Iskra
Antecessor SYRIZA (cisão)
Grupo no Parlamento Europeu Esquerda Unitária Europeia/Esquerda Nórdica Verde
Parlamento Helénico
0 / 300
Parlamento Europeu
1 / 21
Cores Vermelho
Página oficial
http://laiki-enotita.gr
Política da Grécia



A Unidade Popular (em grego: Λαϊκή Ενότητα, Laïkí Enótita) é um partido grego criado no dia 21 de agosto de 2015 por 25 deputados, até então representantes do Syriza[2] que racharam com o seu antigo partido, opostos ao acordo do primeiro-ministro Alexis Tsipras com a troika. É liderado pelo antigo Ministro da Energia, Panagiotis Lafazanis, e inclui mais outros dois ex-ministros de Tsipras, Dimitris Stratoulis and Konstantinos Isyhos, assim como sua ex-presidente do parlamenta grego, principal responsável pela auditoria da dívida grega, Zoe Konstantopoulou.[3]

Referências

  1. «New Greek political party to be called Popular Unity». ITV (em inglês). 21 de agosto de 2015. Consultado em 21 de agosto de 2015. Far-left rebels in Greece's Syriza party have broken away to form a new party... 
  2. «Greece crisis: Syriza rebels form new Popular Unity party». BBC News (em inglês) 
  3. ««Λαϊκή Ενότητα» το κόμμα Λαφαζάνη με 25 βουλευτές ΒΙΝΤΕΟ» (em grego)