Abrir menu principal
Unidos Podemos
Unidas Podemos
Líder Pablo Iglesias Turrión
Fundação 9 de Maio de 2016
Sede Madrid, Flag of Spain.svg Espanha
Ideologia Socialismo
Socialismo democrático
Republicanismo
Ecologismo
Justiça Social
Democracia participativa
Populismo de esquerda
Espectro político Esquerda a extrema-esquerda[1]
Afiliação nacional Podemos
Esquerda Unida
Equo
Outros partidos de esquerda

Unidas Podemos é o nome da coligação eleitoral formado por Podemos, Esquerda Unida e outros diversos partidos de esquerda para concorrer às Eleições gerais na Espanha em 2016[2].

Em meados de Abril de 2016, negociações entre o Podemos e a Unidade Popular, liderada pela Esquerda Unida, foram iniciadas de forma a unirem forças e conseguiram ultrapassar o PSOE, como o maior partido da esquerda espanhola[3][4].

Em Maio de 2016, as negociações foram concluídas com sucesso, com a coligação de Podemos com a Esquerda Unida, graças à aprovação em consultas internas, em ambos os partidos[5][6]. Ambos os partidos, marcaram o Partido Popular como maior rival, procurando marginalizar o PSOE e, afirmar-se como o maior partido de esquerda[7].

A coligação liderada por Podemos e Esquerda Unida voltará a ser reedita para as eleições gerais e europeias de 2019 com o nome de Unidas Podemos[8].

Partidos membrosEditar

Resultados eleitoraisEditar

Eleições legislativasEditar

Data Líder CI. Votos % +/- Deputados +/- Status
2016 Pablo Iglesias Turrión 3.º 5 049 734
21,1 / 100,0
71 / 350
Oposição
04/2019 Pablo Iglesias Turrión 4.º 3 732 929
14,3 / 100,0
 6,8
42 / 350
 29 Oposição
11/2019 Pablo Iglesias Turrión 4.º 3 097 185
12,8 / 100,0
 1,5
35 / 350
 7

Eleições europeiasEditar

Data CI. Votos % Deputados
2019 4.º 2 252 378
10,1 / 100,0
6 / 54

Referências

  1. https://24.sapo.pt/atualidade/artigos/psoe-tem-124-deputados-eleitos-com-5981-dos-votos-escrutinados-nas-legislativas-espanholas
  2. «Unidos Podemos, el nombre de la coalición de Podemos e IU». EL PAÍS (em espanhol). 16 de maio de 2016. Consultado em 16 de maio de 2016 
  3. «Podemos e IU ultiman un pacto para ir juntos si se repiten las elecciones». El Periódico. 20 de abril de 2016. Consultado em 16 de maio de 2016 
  4. «Podemos e IU avanzan en un pacto para superar al PSOE tras el 26-J». www.larazon.es. Consultado em 16 de maio de 2016 
  5. «Las bases de IU aprueban por un 87,8% la coalición con Podemos». ELMUNDO. Consultado em 16 de maio de 2016 
  6. «Las bases de Podemos respaldan por un 98% la alianza con IU». ELMUNDO. Consultado em 16 de maio de 2016 
  7. «Garzón augura que la alianza entre Podemos e Izquierda Unida podría disputar el primer puesto el 26-J». www.publico.es (em espanhol). Consultado em 16 de maio de 2016 
  8. Marcos, Ana (27 de fevereiro de 2019). «Podemos e IU revalidan su acuerdo para las generales y europeas». Madrid. El País (em espanhol). ISSN 1134-6582