Abrir menu principal
Unidos Podemos
Unidas Podemos
Líder Pablo Iglesias Turrión
Fundação 9 de Maio de 2016
Sede Madrid, Flag of Spain.svg Espanha
Ideologia Socialismo
Socialismo democrático
Republicanismo
Ecologismo
Justiça Social
Democracia participativa
Populismo de esquerda
Espectro político Esquerda
Afiliação nacional Podemos
Esquerda Unida
Equo
Outros partidos de esquerda

Unidas Podemos é o nome da coligação eleitoral formado por Podemos, Esquerda Unida e outros diversos partidos de esquerda para concorrer às Eleições gerais na Espanha em 2016[1].

Em meados de Abril de 2016, negociações entre o Podemos e a Unidade Popular, liderada pela Esquerda Unida, foram iniciadas de forma a unirem forças e conseguiram ultrapassar o PSOE, como o maior partido da esquerda espanhola[2][3].

Em Maio de 2016, as negociações foram concluídas com sucesso, com a coligação de Podemos com a Esquerda Unida, graças à aprovação em consultas internas, em ambos os partidos[4][5]. Ambos os partidos, marcaram o Partido Popular como maior rival, procurando marginalizar o PSOE e, afirmar-se como o maior partido de esquerda[6].

A coligação liderada por Podemos e Esquerda Unida voltará a ser reedita para as eleições gerais e europeias de 2019 com o nome de Unidas Podemos[7].

Índice

Partidos membrosEditar

Resultados eleitoraisEditar

Eleições legislativasEditar

Data Líder CI. Votos % +/- Deputados +/- Status
2016 Pablo Iglesias Turrión 3.º 5 049 734
21,1 / 100,0
71 / 350
Oposição
2019 Pablo Iglesias Turrión 4.º 3 732 929
14,3 / 100,0
 6,8
42 / 350
 29

Eleições europeiasEditar

Data CI. Votos % Deputados
2019 4.º 2 252 378
10,1 / 100,0
6 / 54

Referências

  1. «Unidos Podemos, el nombre de la coalición de Podemos e IU». EL PAÍS (em espanhol). 16 de maio de 2016. Consultado em 16 de maio de 2016 
  2. «Podemos e IU ultiman un pacto para ir juntos si se repiten las elecciones». El Periódico. 20 de abril de 2016. Consultado em 16 de maio de 2016 
  3. «Podemos e IU avanzan en un pacto para superar al PSOE tras el 26-J». www.larazon.es. Consultado em 16 de maio de 2016 
  4. «Las bases de IU aprueban por un 87,8% la coalición con Podemos». ELMUNDO. Consultado em 16 de maio de 2016 
  5. «Las bases de Podemos respaldan por un 98% la alianza con IU». ELMUNDO. Consultado em 16 de maio de 2016 
  6. «Garzón augura que la alianza entre Podemos e Izquierda Unida podría disputar el primer puesto el 26-J». www.publico.es (em espanhol). Consultado em 16 de maio de 2016 
  7. Marcos, Ana (27 de fevereiro de 2019). «Podemos e IU revalidan su acuerdo para las generales y europeas». Madrid. El País (em espanhol). ISSN 1134-6582