Abrir menu principal
Unidos do Sacramento
GRES UNIDOS DO SACRAMENTO.jpg
Fundação 16 de março de 1996 (23 anos)
Escola-madrinha Viradouro
Cores
Vermelho
Branco
Símbolo Pégasus
Bairro Sacramento
Presidente Paulo Brandão
Desfile de 2019
Enredo Lapa: Berço da malandragem, a boemia carioca pede passagem

O Grêmio Recreativo Escola de Samba Unidos do Sacramento é uma escola de samba do município de São Gonçalo, que foi fundada a 16 de março de 1996, sendo oriunda do bloco de mesmo nome.[1]

Índice

HistóriaEditar

A Unidos do Sacramento foi pentacampeã em São Gonçalo entre 1999 e 2003. Por determinação da prefeitura, não houve desfiles em 2004. Assim, a escola estreava no carnaval carioca em 2005, quando recebeu um convite da Riotur pelas boas colocações que obteve em sua cidade, ocupando a vaga deixada pela Foliões de Botafogo no Grupo de acesso C. Posteriormente caiu duas divisões.

Para 2009, a escola preparou uma homenagem à cantora Maysa,[2] porém teve diversos problemas. Primeiro, trocou a Comissão de Carnaval pelo carnavalesco Almir Jhunior. No dia do desfile, o presidente Almir Brandão, ainda na concentração, declarou que a escola havia sido prejudicada pelo que chamou de falta de compromisso de um secretário municipal de São Gonçalo, que prometera fornecer determinada quantidade de ônibus, mas não teria, segundo ele, cumprido tal promessa, fazendo com que a escola tivesse que alugar alguns ônibus em cima da hora, sem no entanto conseguir levar todos os seus integrantes para o Campinho, onde o desfile estava sendo realizado.

Metade dos integrantes da escola não conseguiu desfilar, muitas fantasias não puderam ser levadas, o que fez com que inclusive a comissão de frente desfilasse com roupas comuns. A escola demorou cerca de 10 minutos na concentração, cantando sambas de quadra, para poder evoluir normalmente e passar dentro do tempo mínimo. Além disso, a escola também não conseguiu entrar com o carro abre-alas, que ficou parado na entrada da concentração, próximo ao supermercado Prezunic.

Muito aplaudida apesar de tudo, seus integrantes, já na concentração, pareciam já conformados com o resultado, até pelas declarações do presidente que antes de mais nada, ao pegar o microfone, já havia dito que "esse não é o carnaval que gostaríamos de apresentar".[3] Ao fim da apuração, pelos pontos perdidos em enredo e fantasias, o Sacramento foi uma das quatro escolas que caiu para o Grupo Rio de Janeiro 4 ao ficar em 15ºlugar, última colocada, com 148,2 pontos.[4]

Após ter desfilado no Rio de Janeiro algumas vezes, sem no entanto obter resultados expressivos, a Sacramento retirou-se do carnaval carioca deixando sua vaga para a recém criada Império da Praça Seca. A partir do ano seguinte, passou a desfilar em Niterói, no grupo único do carnaval que estava em seus primeiros anos de reestruturação. Logo no primeiro ano, foi rebaixada para o recém-criado grupo de acesso, onde se encontra desde então.

SegmentosEditar

PresidentesEditar

Nome Mandato Ref.
Almir Brandão 1996-2011 [5]
Paulo Brandão 2011-2016
Inês Brandão 2016-atualidade


CoreógrafoEditar

Ano Nome Ref.
2014 Kássia Barcelos [6]
2015

CarnavaisEditar

Unidos do Sacramento
Ano Colocação Grupo Enredo Carnavalesco Intérprete Ref.
1997 Vice-Campeã São Gonçalo O mundo encantado do circo [7]
1998 Vice-Campeã São Gonçalo O homem e sua poluição [7]
1999 Campeã São Gonçalo O homem e sua poluição [7]
2000 Campeã São Gonçalo Que Terra é essa? [7]
2001 Campeã São Gonçalo Uma viagem em busca do reino encantado [7]
2002 Campeã São Gonçalo O prazer do cheiro [7]
2003 Campeã São Gonçalo Os meninos de São Gonçalo que encantaram o mundo, Claudinho e Buchecha [7]
Não desfilou em 2004.
2005 14º lugar C Do barro ao jarro, uma história feita a mão Luiz Freire [8]
2006 13° lugar D O prazer do cheiro e a infância do aroma na sedução Paulo Chaffin e Beto Reis [9]
2007 14º lugar D Sacramento exalta o lendário Mano Décio da Viola Comissão de Carnaval

(Paulo Chaffin, Carlos Antonio Souza e Almir Brandão)

[10]
2008 4º lugar E Por Ser um Dia de Sábado Comissão de Carnaval

Almir Brandão, Beto Reis, Marines Dil e Antônio

[11]
2009 15º lugar RJ-3 Se todos fossem iguais a você" Maysa... Eternamente, Maysa! Almir Jhunior [12]
2010 8º lugar ÚNICO-Niterói Em Busca do Reino Encantado. Que Rei Sou Eu?

Compositores: Alcino, Flavinho Machado e Lima de Andrade. Intérpretes: Fabrício Santos, Bruno e Carlinhos

Alex Jacinto [13][14]
2011 4° lugar Acesso-Niterói A natureza e sua reconstrução [15]
2012 8° lugar Acesso-Niterói [16]
2013 4º lugar Acesso-Niterói
2014 6º lugar Acesso-Niterói
2015 Acesso-Niterói
2019 2º lugar GRUPO B - Niterói

(Segunda divisão)

Lapa: Berço da malandragem, a boemia carioca pede passagem

Compositores: César Sá, Saulo, João Perigo, Barulho, Lelê e Português. Intérprete: Alessandro Português

Índio Alessandro Português


Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
  Categoria no Commons

PremiaçõesEditar

  • Troféu Jorge Lafond - 2008 - Melhor bateria do Grupo E. [17]
  • Troféu RADAR Niterói - 2019 - Melhor Desfile da Série B
  • Troféu RADAR Niterói - 2019 - Melhor Samba Enredo da Série B


Referências

  1. Academia do Samba - Unidos do Sacramento
  2. Unidos do Sacramento define enredo 2009
  3. Unidos do Sacramento: alegorias simples[ligação inativa]
  4. Ana Cristina Victória (25 de fevereiro de 2009). «Carnaval 2009 - Descaso e confusão prejudicam desfile da Unidos do Sacramento». Cópia arquivada em 30 de abril de 2013 
  5. Academia do Samba. «Diretoria». Consultado em 7 de setembro de 2013 
  6. http://www.webcitation.org/6SPuMfLtx
  7. a b c d e f g Academia do Samba. «Sacramento - Enredos e Colocações». Consultado em 5 de abril de 2014 
  8. Academia do Samba. «Sacramento 2005». Consultado em 5 de abril de 2014 
  9. Academia do Samba. «Sacramento 2006». Consultado em 5 de abril de 2014 
  10. Academia do Samba. «Sacramento 2007». Consultado em 5 de abril de 2014 
  11. Academia do Samba. «Sacramento 2008». Consultado em 5 de abril de 2014 
  12. Academia do Samba. «Sacramento 2009». Consultado em 5 de abril de 2014 
  13. O SÃO GONÇALO (8 de janeiro de 2010). «Enredo do Sacramento». 02:23:04. Consultado em 5 de abril de 2014 
  14. O São Gonçalo (14 de fevereiro de 2010). «O 'couro vai comer' em Niterói». Consultado em 7 de setembro de 2014. Cópia arquivada em 7 de setembro de 2014 
  15. Elaine Chistofori, para O Fluminense (10 de março de 2011). «Sabiá quebra jejum e vence o Grupo Especial de Niterói». Consultado em 14 de março de 2011 
  16. Na Cadência. «Resultados 2012». Consultado em 17 de julho de 2012. Cópia arquivada em 17 de julho de 2012 
  17. SRZD (10 de fevereiro de 2008). «Relação dos premiados do Troféu Jorge Lafond»