Abrir menu principal

Universidade Federal do Rio Grande

universidade pública federal em Rio Grande, Rio Grande do Sul
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde janeiro de 2019). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Universidade Federal do Rio Grande
FURG
Nomes anteriores Fundação Universidade Federal do Rio Grande, Fundação Universidade do Rio Grande
Fundação 20 de agosto de 1969
Tipo de instituição Pública Federal
Localização Rio Grande, Rio Grande do Sul
Funcionários técnico-administrativos 1.040
Reitor(a) Cleuza Maria Sobral Dias
Vice-reitor(a) Danilo Giroldo
Docentes 721
Total de estudantes 12.432
Graduação 9.016
Pós-graduação 2.400
Campus Rio Grande, Santo Antônio da Patrulha, São Lourenço do Sul e Santa Vitória do Palmar.
Afiliações CRUB, RENEX [1]
Orçamento anual 267.461.654,00 (2011) [2]
Página oficial https://www.furg.br

A Universidade Federal do Rio Grande (FURG)[3] foi fundada em 20 de agosto de 1969, a partir da "Fundação Cidade do Rio Grande", criada no dia 8 de julho de 1953, na cidade gaúcha do Rio Grande.

No início da segunda metade do século XX, havia carência total de escolas de nível superior na cidade de Rio Grande, o que propiciava a evasão de significativo número de estudantes, os quais se dirigiam a outros centros em busca de continuidade para seus estudos. Essa força jovem, concluídos os cursos, raramente retornava.

A percepção dessa realidade, aliada ao propósito de modificá-la, resultou em um movimento cultural, cuja finalidade precípua era a criação de uma Escola de Engenharia em Rio Grande, justificada pelo elevado número de profissionais na área e pelo parque industrial ali existente, sendo que a referida escola deveria ter uma entidade mantenedora, aos moldes exigidos pelo Ministério da Educação e Cultura.

A Universidade tem cerca de 500 professores e destaca-se nos cursos ligados à área dos ecossistemas costeiros e oceânicos, como Oceanologia e Ciências Biológicas, cursos que atuam por exemplo o Museu Oceanográfico.

Pinguim tratado no CRAM, parte integrante do Museu Oceanográfico.

A universidade também promove apoio as espécies que são afetadas pelo desequilibrio ambiental, ou que estão em rota de migração. Os animais que são recolhidos para tratamento, são levados ao Centro de Recuperação de Animais Marinhos, o CRAM, que é parte integrante do Museu Oceanográfico.

Reitores da FURGEditar

Reitores da FURG [4]
Reitor(a) Início do Mandato Fim do Mandato
Adolpho Gundlach Pradel 18 de Abril 1969 1º de Dezembro de 1972
Eurípedes Falcão Vieira 2 Dezembro de 1972 17 Abril de 1977
Fernando Lopes Pedone 18 de Abril de 1977 29 de Março de 1981
Fernando Lopes Pedone 30 de Março de 1981 2 Dezembro de 1984
Jomar Bessoaut Laurino 3 de Dezembro de 1984 16 de Dezembro 1988
Orlando Macedo Fernandes 17 de Dezembro de 1988 8 de Janeiro de 1993
Carlos Rodolfo Brandão Harttmann 9 de Janeiro de 1993 8 de Janeiro de 1997
Carlos Alberto Eiras Garcia 9 de Janeiro de 1997 8 de Janeiro de 2001
Carlos Rodolfo Brandão Harttmann 9 de Janeiro de 2001 8 de Janeiro de 2005
João Carlos Brahm Cousin 9 de Janeiro de 2005 8 de Janeiro de 2009
João Carlos Brahm Cousin 9 de Janeiro de 2009 8 de Janeiro de 2013
Cleuza Maria Sobral Dias 9 de Janeiro de 2013 Atualmente

Ligações externasEditar

Referências

  1. http://www.renex.org.br/proreitores.php
  2. Portal da Transparência
  3. Desde 2008, a sua denominação oficial passou a ser “Universidade Federal do Rio Grande – FURG”, sem a palavra "Fundação", mas mantendo a sigla histórica (FURG), conforme Portaria Nº 653/2008 [1]
  4. Reitores da FURG nestes 40 anos