Abrir menu principal

Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul

universidade privada sem fins lucrativos em Ijui, Rio Grande do Sul
Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul
UNIJUÍ
Lema "Viver, Aprender Transformar."
Fundação 1985
Tipo de instituição Privada/Pública Não-Estatal
Localização Ijuí, Brasão do Rio Grande do Sul.svg Rio Grande do Sul
Funcionários técnico-administrativos 1.500
Reitor(a) Catia Maria Nehring
Vice-reitor(a) Vice-Reitora de Graduação: Cristina Eliza Pozzobon

Vice-Reitora de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão: Fernando Jaime González

Vice-Reitor de Administração: Dieter Rugard Siedenberg

Docentes 750
Total de estudantes 11.000 (2005)
Campus
Cores da escola Azul e Branco         
Página oficial http://www.unijui.edu.br

A Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (UNIJUÍ) é uma instituição privada[1]/pública não-estatal[2] e multicampi localizada na região Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul. A universidade é atualmente administrada pela Fundação de Integração, Desenvolvimento e Educação do Noroeste do Estado (FIDENE)[3]. A reitoria se localiza em Ijuí.

Os campi e núcleo universitário são os seguintes:

É uma universidade comunitária, privada sem fins lucrativos segundo o e-MEC,[2] pública não-estatal segundo ela mesma.[4] Convencionou-se, de maneira informal, que o presidente da FIDENE seja o reitor da UNIJUÍ.[5]

HistóriaEditar

Em 28 de junho de 1985 a UNIJUÍ iniciava suas atividades como Instituição de Ensino Superior, chamada Universidade de Ijuí. A portaria publicada no Diário Oficial da União nessa data, pelo então ministro da Educação, Marco Maciel, reconhecia o caráter de Universidade à UNIJUÍ, batizada por Tancredo Neves como ‘primeira universidade da Nova República’. Em 20 de outubro do mesmo ano, acontecia a solenidade oficial de instalação da UNIJUÍ, realizada na Sociedade Ginástica de Ijuí, com a presença do ministro.

A trajetória pioneira da UNIJUÍ é marcada pelo compromisso com a realidade regional, princípio herdado dos Frades Menores Capuchinhos, que junto de lideranças regionais buscaram alternativas para a oferta de Ensino Superior na região. A instalação da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ijuí (FAFI), em 16 de março de 1957, consolida o empenho e compromisso do grupo instituidor. Em 1969, por meio de escritura pública, o patrimônio da FAFI passa à Fundação de Integração, Desenvolvimento e Educação do Noroeste do Estado (FIDENE), que hoje mantém a UNIJUÍ, o Museu Antropológico Diretor Pestana (MADP), a Escola de Educação Básica Francisco de Assis (EFA), o Instituto de Políticas Públicas e Desenvolvimento Regional (IPD) e a Rádio Televisão Educativa UNIJUÍ (RTVE).

Em 1993, mais um fato marcante na história da UNIJUÍ. Após a formalização do caráter regional e multicampi, transforma-se na Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul, ampliando posteriormente seu reconhecimento regional com os campi de Ijuí, Panambi, Santa Rosa e Três Passos, e por meio dos Núcleos Universitários de Santo Augusto e Tenente Portela. Sua área de atuação compreende 60 municípios das regiões Noroeste Colonial e Fronteira Noroeste. De pouco mais de 4 mil alunos, hoje são cerca de 12 mil acadêmicos (2005) dispondo do compromisso da UNIJUÍ de produzir, transmitir e difundir o conhecimento.

Referências

Ligações externasEditar