Abrir menu principal

Universidade Yale

(Redirecionado de Universidade de Yale)
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde setembro de 2016).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
Question book.svg
Este artigo ou secção necessita de referências de fontes secundárias fiáveis publicadas por terceiros (desde Novembro de 2016).
Por favor, melhore-o, incluindo referências mais apropriadas vindas de fontes fiáveis e independentes.
Fontes primárias, ou que possuem conflito de interesse geralmente não são suficientes para se escrever um artigo em uma enciclopédia.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Universidade Yale
Yale University
Latim:'Universitas Yalensis'
Lema אורים ותמים (em hebreu)
Urim e Tumim
Nomes anteriores Collegiate School (1701–1718)
Yale College (1718–1887)
Fundação 9 de outubro de 1701
Tipo de instituição Privada
Localização New Haven, Connecticut,  Estados Unidos
Presidente Peter Salovey
Docentes 4 410
Total de estudantes 12 312
Graduação 5 453
Pós-graduação 6 859
Campus Urbano/cidade universitária (411 hectares)
Apelido Bulldogs
Cores da escola      Azul
Mascote Handsome Dan
Afiliações Ivy League
AAU
IARU
Página oficial www.yale.edu

A Universidade Yale é uma instituição de ensino superior privada norte-americana situada em New Haven, Connecticut. Fundada em 1701 sob o nome de Collegiate School, Yale é a terceira instituição de ensino superior mais antiga dos Estados Unidos.

Yale formou numerosos laureados dos Prémios Nobel, juízes do Supremo Tribunal norte-americano e presidentes dos Estados Unidos, incluindo William Howard Taft, Gerald Ford, George H. W. Bush, Bill Clinton e George W. Bush.

As posses de Yale, que incluem 27,2 bilhões de dólares de fundos[1] (o segundo maior entre todas as instituições acadêmicas) e mais de uma dúzia de bibliotecas que contêm 11 milhões de volumes escritos, suportam uma capacidade 5.200 estudantes a completar a licenciatura e 6.000 o mestrado. Das 70 licenciaturas oferecidas por Yale todas são orientadas de modo liberal e poucas são as de natureza pré-profissional (até os departamentos de engenharia encorajam e requerem que os alunos explorem disciplinas académicas fora das engenharias). 20 por cento em Yale licencia-se em ciências, 35 em ciências sociais e 50 em artes e humanidades. Todos os professores mais experientes ensinam a licenciantes e mais de 75% dos 2.000 cursos disponíveis a estes captam menos de 20 alunos.

A universidade disponibiliza cursos considerados distintos, como sobre clássicos escritos, teatro, arte, arquitetura, história, medicina e direito. No total, Yale tem mais de 3.200 profissionais empregados, entre os quais os com a designação de Sterling Professor são considerados de estatuto superior.

O sistema dos edifícios residenciais de Yale, baseado nos de Oxford e Cambridge, é único entre as universidades dos Estados Unidos. Cada um dos 14 residential colleges abriga um grupo representativo do corpo estudantil e dispõe de várias instalações técnicas, seminários acadêmicos, bem como um Head of College e um Dean, professores que moram nos residential colleges com suas famílias e são responsáveis pelas atividades sociais do college e acompanhamento acadêmico de seus alunos. Até 2017, Yale tinha somente 12 residential colleges.

Personalidades proeminentes em ramos diferentes foram servidas pela Universidade Yale. O número de presidentes dos Estados Unidos formados aqui recentemente é maior do que em qualquer outra universidade e começando pelo fundador do Peace Corps, Robert Shrivers, pelo menos um licenciado foi nomeado presidente ou vice-presidente democrático ou republicano desde 1972; Seis ganharam o Prémio Nobel desde 1994; De acordo com a revista Fortune, Yale formou o maior número CEOs Fortune 500 que qualquer outro colégio; E vários actores como Paul Newman, Meryl Streep, Jodie Foster e Edward Norton também vieram de Yale. O neurocirurgião Ben Carson (mundialmente conhecido por separar gêmeos ligados pela cabeça sem problemas) também estudou em Yale.

Yale é bastante seletiva nos estudantes que aceita. Em 2018, Yale admitiu 6.31% de um total de mais de 30 mil candidatos para graduação[2] e aproximadamente três quartos escolhe matricular-se todo ano. A taxa de admissão baixa é ainda mais surpreendente dado o aumento no número de vagas em 2017 após a abertura de dois novos Residential Colleges, que abrigam alunos de graduação. A Escola de Direito, considerada pós-graduação nos EUA, escolhe menos de 10% dos seus quase 3.000 inscritos (o mais exigente do país)[3]. Hillary e Bill Clinton se conheceram estudando na Escola de Direito de Yale.

A rivalidade entre Yale e Harvard é longa e bem documentada; de longe a mais antiga e intensa na Liga Ivy (Ivy League); de sucesso acadêmico até canoagem e futebol americano, a sua histórica competição é semelhante a entre Oxford e Cambridge. Outras universidades ligadas a Yale incluem Princeton, Stanford e o Instituto de Tecnologia de Massachussets (MIT em inglês).

O ex-presidente da Universidade Yale, Richard C. Levin, sumarizou os objectivos institucionais de Yale para o novo século durante a sua celebração tricentenária do seguinte modo: "Ao olharmos para o futuro, Yale permanece empenhada na educação superior e numa determinação em educar líderes. Os líderes do século XXI operarão num ambiente global. Por conseguinte, o currículo de Yale está a aumentar o foco nos dilemas internacionais e a ter representação internacional forte entre a população estudantil."

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Universidade Yale
  1. «Yale Investments Office». Yale Investments Office (em inglês). Consultado em 14 de setembro de 2018 
  2. «Yale College admits 2,229 students; second year of expanded class size». YaleNews (em inglês). 28 de março de 2018 
  3. «Yale Law School | Law School Numbers». yale.lawschoolnumbers.com. Consultado em 14 de setembro de 2018