Abrir menu principal

Universidade do Estado do Rio Grande do Norte

Universidade do Estado do Rio Grande do Norte
UERN
Lema Liber VI Spiritus
(Liberdade pela Força do Espírito)
Fundação 28 de setembro de 1968
Tipo de instituição Pública Estadual
Localização Mossoró, Rio Grande do Norte
Reitor(a) Dr. Pedro Fernandes Ribeiro Neto
Vice-reitor(a) Dra Fátima Raquel Rosado Morais
Docentes 1254 [1] (08/2013)
Total de estudantes 10.408 graduação (08/2013)
Campus Mossoró, Patu, Pau dos Ferros, Assu, Natal e Caicó
Afiliações CRUB, RENEX[2] e ABRUEM
Página oficial www.uern.br

A Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) é uma instituição pública brasileira de ensino superior mantida pelo governo do estado do Rio Grande do Norte. Fundada no ano de 1968, está sediada na cidade de Mossoró. Segunda maior universidade estadual da região Nordeste,[3] a instituição possui campi avançados em Natal (capital do estado), Assu, Pau dos Ferros, Patu e Caicó. Possui também núcleos avançados nas cidades de Alexandria, Areia Branca, Apodi, Caraúbas, João Câmara, Macau, Nova Cruz, Santa Cruz, São Miguel, Touros, e Umarizal.

Índice

HistóriaEditar

 
Mapa do estado do Rio Grande do Norte mostrando os municípios com campus da UERN.
  Cidade-sede (Mossoró);
  Municípios com campus universitário (Assu, Caicó, Natal, Patu e Pau dos Ferros);

A Fundação Universidade Regional do Rio Grande do Norte (FURRN) foi criada pela Lei Municipal Nº 20/68, de 28 de setembro de 1968, assinada pelo prefeito Raimundo Soares de Souza, com o objetivo de implantar progressivamente e manter a Universidade Regional do Rio Grande do Norte (URRN).

Entretanto, o sonho de dotar Mossoró de uma instituição de ensino superior é mais antigo. Seu marco inicial é a Faculdade de Ciências Econômicas de Mossoró (FACEM), instituída através da Resolução n.º 01/43, de 18 de agosto de 1943, por iniciativa da Sociedade União Caixeiral, mantenedora da Escola Técnica de Comércio União Caixeiral.

À luta do grupo de idealistas da União Caixeiral, somou–se a União Universitária Mossoroense, entidade fundada em 9 de julho de 1955, composta por universitários de Mossoró que estudavam em outras cidades. A entidade foi presidida por João Batista Cascudo Rodrigues que veio a ser o primeiro reitor da URRN.

Como resultado desses esforços, surgiu, com a Lei Municipal n.º 41/63, de 5 de dezembro de 1963, sancionada pelo prefeito Antônio Rodrigues de Carvalho, a Fundação para o Desenvolvimento da Ciência e da Técnica (FUNCITEC) que, em 1968, foi transformada em FURRN pelo então prefeito Raimundo Soares de Souza. Após a transformação da FUNCITEC em FURRN, Monsenhor Walfredo Gurgel, então governador do Rio Grande do Norte, autorizou o seu funcionamento como instituição superior, através do Decreto Estadual n.º 5.025, de 14 de novembro de 1968.

Integravam, inicialmente, a URRN, nos termos da Lei n.º 20/68, a Faculdade de Ciências Econômicas de Mossoró, a Faculdade de Serviço Social de Mossoró, a Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Mossoró e a Escola Superior de Enfermagem de Mossoró.

Em 19 de fevereiro de 1973, o prefeito Jerônimo Dix-huit Rosado Maia segmentou a administração da Instituição. Assim, a FURRN passou a ser gerida por um presidente, a quem cabia as atividades burocráticas e a captação de recursos financeiros, e a URRN, por um reitor, incumbido das ações acadêmicas. Esse modelo administrativo vigorou por alguns anos, voltando mais tarde uma só pessoa a gerir, juntamente com os conselhos superiores, a mantenedora (FURRN) e a mantida (URRN).

Um dos passos mais importantes para a continuidade da Instituição foi dado no dia 8 de janeiro de 1987. Naquela data, o governador Radir Pereira, através da Lei nº 5.546, estadualizou a FURRN, que já contava com o Campus Universitário Central e os Campi Avançados de Assu, Patu e Pau dos Ferros.

A luta pela estadualização uniu todos os segmentos acadêmicos e vários setores da comunidade. Duas pessoas aí se destacaram: Jerônimo Dix-huit Rosado Maia, que fez, em seu segundo mandato como prefeito, a doação do patrimônio da FURRN ao Estado, e o reitor Sátiro Cavalcanti Dantas, que comandou o processo em um momento de grave crise.

Outro passo importante na história da URRN foi o seu reconhecimento pelo Conselho Federal de Educação, em sessão realizada no dia 4 de maio de 1993, conforme Portaria Ministerial n.º 874, de 17 de junho de 1993, e Decreto n.º 83.857, de 15 de agosto de 1993, do ministro Murílio de Avellar Hingel.

Em 29 de setembro de 1997, o governador Garibaldi Alves Filho, através da Lei Estadual n.º 7.063, transformou a Universidade Regional do Rio Grande do Norte em Universidade Estadual do Rio Grande do Norte, mantendo, no entanto, a sigla URRN.

Em 15 de dezembro de 1999, o Governo do Estado, através da lei n.º 7.761, alterou a denominação de Universidade Estadual do Rio Grande do Norte para Universidade do Estado do Rio Grande do Norte-UERN, o que implicou na alteração, também, da denominação da matenedora, passando de Fundação Universidade Regional do Rio Grande do Norte para Fundação Universidade do Estado do Rio Grande do Norte-FUERN, através do decreto nº 14.831, de 28 de março de 2000.

Cursos de graduaçãoEditar

CampusEditar

Campus Avançado de   Assu

  • Ciências Econômicas
  • Geografia
  • História
  • Letras (Habilitação em Língua Portuguesa)
  • Letras (Habilitação em Língua Inglesa)
  • Pedagogia

Campus Avançado de   Caicó

Campus Avançado de   Natal

Campus Central   Mossoró

Campus Avançado de   Patu

 
Câmpus Avançado Professor João Ismar de Moura (UERN/CAJIM), Patu
 
Câmpus Avançado Professora Maria Elisa de Albuquerque Maia (CAMEAM), Pau dos Ferros
  • Ciências Contábeis
  • Matemática
  • Letras (Habilitação em Língua Portuguesa)
  • Pedagogia

Campus Avançado de   Pau dos Ferros

  • Administração
  • Ciências Econômicas
  • Educação Física
  • Enfermagem
  • Geografia
  • Letras (Habilitação em Língua Portuguesa)
  • Letras (Habilitação em Língua Inglesa)
  • Letras (Habilitação em Língua Espanhola)
  • Pedagogia

NúcleosEditar

Núcleo de   Alexandria

  • Ciências Contábeis
  • História
  • Pedagogia

Núcleo   Apodi

  • Letras (Habilitação em Língua Espanhola)
  • Educação Física
  • Matemática

Núcleo de   Areia Branca

  • Turismo

Núcleo de   Caraúbas

  • Geografia
  • Pedagogia
  • Administração

Núcleo de   João Câmara

  • Educação Física
  • Ciências Contábeis
  • História

Núcleo de   Macau

  • Administração
  • Ciências Contábeis
  • Letras (Habilitação em Língua Inglesa)

Núcleo de   Nova Cruz

  • Ciências da Computação
  • Direito

Núcleo de   Santa Cruz

  • Ciências da Computação

Núcleo de   São Miguel

  • Ciências Biológicas
  • Química
  • Matemática
  • Ciências Contábeis

Núcleo de   Touros

  • Matemática
  • Química
  • Turismo

Núcleo de  Umarizal

  • Letras (Habilitação em Língua Portuguesa)
  • Letras (Habilitação em Língua Inglesa)
  • Ciências Econômicas

Cursos de Pós-GraduaçãoEditar

Cursos de DoutoradoEditar

Campus Avançado de Pau dos Ferros

Cursos de MestradoEditar

Campus Central MossoróEditar

Campus Avançado de Pau dos FerrosEditar

Cursos InterinstitucionaisEditar

Cursos de EspecializaçãoEditar

  • Especialização em Administração de Sistema da Qualidade
  • Especialização em Atividade Física, Saúde e Qualidade de vida
  • Especialização em Auditoria Contábil
  • Especialização em Desenvolvimento Infantil
  • Especialização em Educação
  • Especialização em Ensino-Aprendizagem de Línguas Estrangeiras
  • Especialização em Estudos Literários
  • Especialização em Finanças e Planejamento Empresarial
  • Especialização em Geografia do Nordeste
  • Especialização em Gestão Ambiental
  • Especialização em Gestão de Recursos Humanos
  • Especialização em História da Região Nordeste
  • Especialização em Metodologia do Ensino da Música
  • Especialização em Mídias na Educação
  • Especialização em Residência Médica

Cursos EspeciaisEditar

Unidades de EnsinoEditar

Ver tambémEditar

Referências

Ligações externasEditar