Teoria do estado estacionário

(Redirecionado de Universo estacionário)

A Teoria do estado estacionário (SS Cosmology, do inglês Steady-state) ou modelo do estado estacionário foi elaborada em 1948 por Fred Hoyle, Thomas Gold e Hermann Bondi como alternativa ao modelo do Big Bang. É um modelo amplamente desacreditado em Cosmologia que descreve um universo que se dilata (expande) e no qual matéria nova se cria nos intervalos crescentes entre as galáxias, mantendo a densidade de matéria no universo constante e propiciando permanentemente prótons para as estrelas produzirem seus processos de fusão, na nucleossíntese. O universo conservaria assim uma densidade idêntica a todo momento, e duraria eternamente, o que apresenta-se como uma ideia até filosoficamente "bela", como classificam-na alguns cosmólogos, físicos e pensadores diversos,[1] mas que mostrou-se insustentável pelas evidências astronômicas.[2] l.

Cosmologia
WMAP 2008.png
Universo · Big Bang
Idade do universo
Cronologia do Universo
Portal da Cosmologia

Posteriormente, foi reapresentada na forma de outra teorização, chamada de Teoria do Universo Quase Estacionário, ou "CEQE".

Estado quase estacionárioEditar

Cosmologia Estado Quase Estacionário (CEQE) foi proposta em 1993 por Fred Hoyle, Geoffrey Burbidge e Jayant V. Narlikar como uma nova encarnação das idéias de estado estacionário significou para explicar características adicionais desaparecidas na proposta inicial. A teoria sugere bolsões de criação que ocorre ao longo do tempo dentro do universo, por vezes referido como minibangs, eventos mini-criação, ou pequenos golpes. Após a observação da expansão acelerada do universo, mais modificações do modelo foram feitas.[3]

Ver tambémEditar

Referências

  1. Milan M. Ćirković; Cosmological Forecast and Its Practical Significance; Journal of Evolution and Technology Vol. 12 - setembro 2002 - jetpress.org (em inglês)
  2. M. Heller, M. Ostrowski and A. Wosczyna; Steady-state versus viscous cosmology; Astrophysics and Space Science; Volume 87, Numbers 1-2 / outubro, 1982; DOI 10.1007/BF00648934 - www.springerlink.com (em inglês)
  3. Narlikar, J.V.; R.G. Vishwakarma, G. Burbidge (5 de Maio de 2002). «Interpretations of the Accelerating Universe». Astronomical Society of the Pacific (em inglês). 114 (800): 1092-1096. Bibcode:2002PASP..114.1092N. doi:10.1086/342374 

BibliografiaEditar

  1. Jamal N. Islam, The ultimate fate of the universe , Cambridge University Press Online ISBN 978-051-173-574-5 Livro ISBN 978-052-124-814-3 Paperback ISBN 978-052-111-312-0 doi:10.1017/CBO9780511735745.016 (em inglês)
  2. Helge Kragh, Cosmology and Controversy: The Historical Development of Two Theories of the Universe , Princeton University Press ISBN 978-069-100-546-1 (em inglês)
  1. JORGE HORVATH, GERMAN LUGONES, MARCELO PORTO ALLEN, Cosmologia física: do micro ao macro cosmos e vice-versa , Editora Livraria da Fisica, 2007 ISBN 8-588-32567-5
  2. Ronaldo E. De Souza, Introdução à Cosmologia, EdUSP, 2004 ISBN 8-531-40843-1
  3. Ilya Prigogine, ROBERTO LEAL FERREIRA, O fim das certezas, UNESP, 1996 ISBN 8-571-39131-9
  4. Romildo Póvoa Faria, Fundamentos de Astronomia , Papirus Editora, 1987 ISBN 8-530-80491-0
  5. Paul Strathern, Hawking e os Buracos Negros em 90 Minutos, Zahar, 1998 ISBN 8-571-10467-0
  6. Fred Heeren, Mostre-me Deus , Clio Editora, 2009 ISBN 8-578-31009-8
  7. PAUL DAVIES, QUINTO MILAGRE, O: EM BUSCA DA ORIGEM DA VIDA, Companhia Das Letras, 2000 ISBN 8-571-64993-6
  8. KITTY FERGUSON. Stephen Hawking Aventuras de uma vida. Leya, 2012. ISBN 9-722-05002-8.
  1. Norriss S. Hetherington, Cosmology: Historical, Literary,Philosophical, Religous and Scientific Perspectives , CRC Press, 1993 ISBN 0-815-30934-1 (em inglês)
  2. Norriss S. Hetherington, Encyclopedia of Cosmology: Historical, Philosophical, and Scientific Foundations of Modern Cosmology , Routledge, 2014 ISBN 1-317-67766-8 (em inglês)
  3. B. Bertotti, Modern Cosmology in Retrospect , Cambridge University Press, 1990 ISBN 0-521-37213-5 (em inglês)

Ligações externasEditar

  A Wikipédia possui o:
Portal da Astronomia


  Este artigo sobre astronomia é um esboço relacionado ao Projeto Astronomia. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.